O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Cubos Urbanos / KLab architects

Cubos Urbanos / KLab architects

Cubos Urbanos / KLab architects
Cubos Urbanos / KLab architects , © B. Louizidis
© B. Louizidis

© B. Louizidis

Em Cyclades, a cidade principal era “Chora”, que costumava estar principalmente sobre um morro ou uma montanha para se proteger dos piratas que dominavam os mares nos séculos passados. Os cubos brancos foram construídos um sobre os outros, permitindo que a ventilação e a iluminação natural atingisse cada parte da casa. As tradicionais moradias com caráter denso é que foram criando os muros de defesa de “Chora”.

© B. Louizidis

Até metade dos anos 1980, as construções atenienses possuíam uma determinada tipologia, ou pelo menos a grande maioria delas, que foram construídas entre os anos 1950, 1960 e 1970. Edifícios de múltiplos pavimentos com pisos de tamanho idêntico abrigavam diversos apartamentos com uma varanda estreita ao longo da fachada. Já os pisos superiores incorporavam dois ou três apartamentos cobertura que eram descolados do volume do núcleo estrutural do edifício, proporcionando grandes varandas para os moradores mais ricos dos últimos pisos.

© B. Louizidis

Pagrati é um distrito densamente povoado, localizado sobre os declives e morros e ocupado fisicamente através de um sistema em que o proprietário da terra transferia o lote ao empreiteiro que, em troca, fornecia um determinado número de unidades no edifício a ser construído naquele local. Esta prática foi chamada de “antiparochi” e foi criada em Atenas. Estava principalmente concentrado em áreas comerciais para que externo às zonas centrais edificadas do distrito também pudesse se apresentar construções de alturas e tamanhos menores, que normalmente abrigavam uma ou duas famílias. A situação de constante mudança dos Códigos de Construção que estima alturas permitidas e modos de contar as áreas dos edifícios resultou em um mosaico de estilos e construções de residências na área onde “cubos urbanos” edificados existem.

Croquis

Definimos nosso novo edifício de apartamento como um paradoxo. Ele relembra a imagem de uma vila urbana, similar àquelas em Cyclades, mas que, ainda que uma edificação vertical,é um antídoto urbano.

Cada edifício de apartamento é uma pequena cidade nele mesmo. É uma única sociedade onde cada morador é diferente do outro. Nos “cubos urbanos” cada pavimento reflete esta individualidade como um piso se difere do outro, mas ambos permanecem sob as mesmas regras da sociedade, tudo sendo significado por um cubo branco em balanço sustentado por paredes estruturais de concreto aparente. Estas paredes com poucas aberturas são aplicadas metaforicamente como os muros de defesa da cidade.

© B. Louizidis

Estávamos interessados em prover um novo edifício que refletisse um padrão elevado de habitação. Para responder às diferentes expectativas dos diversos usuários, escolhemos uma variedade de plantas para os pavimentos, apresentando diversos layouts representados através do uso de “caixas/cubos” que, com isso, proporcionaram a aparência de uma sofisticação escultural casual que interage com a cidade de modo novo.

© B. Louizidis

O terreno é longo e estreito, com sua frente formada por duas vias perpendiculares à rua Filolaou – a principal em Pagkrati. Assim, o lote é dividido em duas partes de habitação, duas unidades separadas de apartamento que são aproximadas por repartirem a mesma parede de concreto que, posicionada no centro, se torna a circulação do edifício – as escadas, os elevadores e os corredores. O pátio vertical formado proporciona luz natural para ambos os lados.

© B. Louizidis

A aparência austera do concreto coexiste com a caixa de escada curva que separa as duas paredes de concreto aparente. Pequenas aberturas que iluminam o os apartamentos são parte de uma planta elaborada que, conforme estas paredes deixam de ser cegas mesmo sendo desenhadas para serem consistentes e funcionar como a forma baseada nas fachadas invisíveis, porém interessantes, do fundo do edifício dos anos 1960 e 1970 que praticamente não foram projetadas, criadas ao acaso.

Planta pavimento 2

A planta possui formato de U com uma parte descoberta que divide o edifício em duas partes, permitindo a criação de 14 apartamentos abertos e iluminados. Visto das duas estradas Arryiu e Olympiadou, o edifício cria duas torres. A construção desprendeu-se da expansão urbana do entorno e rompe com a típica seção ateniense, originando uma fachada dinâmica divertida. O edifício em pilotis permite, desta forma, que o espaço sob o volume seja utilizado como estacionamento, mas principalmente permite a continuidade visual das duas estradas por dentro da construção.

Corte longitudinal

Ficha técnica:

  • Arquitetos:KLab architects
  • Ano:
  • Área construída: 285 m²
  • Área do terreno: 1200 m²
  • Endereço: Pagkrati Atenas Grécia
  • Tipo de projeto: Habitacional
  • Status:Construído
  • Materialidade: Concreto
  • Estrutura: Concreto
  • Localização: Pagkrati, Atenas, Grécia
  • Implantação no terreno: Adossado às 2 divisas

Equipe:

  1. Arquitetos: KLab architeture – Konstantinos Labrinopoulos
  2. Equipe de projeto: Konstantinos Labrinopoulos, Enrique Ramirez, Kostis Anagnostakis

Sobre este escritório
KLab architects
Escritório
Cita: Fernanda Britto. "Cubos Urbanos / KLab architects " 20 Abr 2012. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/44432/cubos-urbanos-klab-architects> ISSN 0719-8906