O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Sede da Metroquadrado / Metroquadrado

Sede da Metroquadrado / Metroquadrado

Sede da Metroquadrado / Metroquadrado
Sede da Metroquadrado / Metroquadrado, © Max Schwoelk
© Max Schwoelk

A atual sede da M² Arquitetura é um projeto de reforma, realizada em um antigo galpão da zona central da cidade, com características de arquitetura industrial: estruturas de madeira aparente e sistema de iluminação e ventilação em sheds.

© Max Schwoelk

A idéia principal que norteou o projeto foi a de preservar essas características originais do prédio e fazer deste um espaço o mais amplo, transparente e integrado possível. Por isso, no escritório quase não há paredes. As poucas portas existentes são de vidro. Todos os setores da empresa e as etapas do processo projetual estão à vista da equipe e dos clientes. Um sistema de vigas metálicas independente da estrutura de madeira do telhado atravessa o espaço longitudinalmente, servindo como suporte para grandes portas de correr de vidro, que ora servem para delimitar algumas salas, ora servem como portas do arquivo.

© Max Schwoelk

Antes de ser um escritório de arquitetura, o edifício já abrigou há muito tempo atrás uma marcenaria e, mais recentemente, uma loja de móveis. A vitrine utilizada pelos usos anteriores foi mantida no projeto, preservando a fachada, onde foi apenas descascado o reboco para deixar à mostra dos tijolos maciços originais. Ao entrar, o cliente logo se depara com a vitrine ao seu lado. Este espaço, voltado para a rua, é uma área multi-uso utilizada para exposições de artistas e lojistas convidados, instalações e trabalhos de arquitetura e design próprios. Ao redor está a recepção, sala para atendimento e sala de reuniões. Como uma forma de preparação para a área de produção, todos esses espaços apresentam um forro de gesso com pé-direito baixo, utilizando uma linguagem mais contemporânea, de linhas retas.

© Pablo Teixeira

Ao passar pela recepção o pé-direito aumenta, passando a ser o original do galpão. Enxerga-se o escritório por completo, em uma única e ampla área de trabalho. Percebe-se as duas grandes esquadrias dos sheds, formada por pequenos caixilhos quadriculados de madeira e que atravessam o espaço transversalmente. Em seu interior também existe uma parede descascada como na fachada, com seus os tijolos maciços aparentes. Para preservar a parede foi construída em frente uma parede falsa em gesso acartonado por onde circula toda fiação que deriva às mesas de trabalho.

© Pablo Teixeira

Durante o dia a iluminação é natural. As luzes são acesas apenas à noite e toda iluminação é indireta, voltada para o piso, paredes e forro. Para ajudar no isolamento térmico foi colocado forro de madeira, com manta aluminizada entre a telha e a estrutura de madeira. Ao lado da produção estão uma sala de estar e uma cozinha gourmet, para convívio da equipe e reuniões mais informais com clientes.

Como a implantação no terreno ocupa os recuos laterais não havia originalmente estacionamento próprio. Por isso, foi criado um acesso lateral de 3m de largura, coberto pela mesma estrutura em shed, levando ao pátio de estacionamento, onde além de encontrar os muros de divisa cobertos de vegetação é possível ver um deck de madeira que integra o pátio com a sala de estar e espaço gourmet.

© Pablo Teixeira

Para conciliar a tipologia arquitetônica do prédio com os acabamentos foi escolhido o cimento queimado para todas as áreas, inclusive banheiros e áreas de serviço. As paredes onde o reboco não foi descascado receberam pintura na cor branca. As estruturas de madeira, metálica e pilares de concreto foram pintados de preto.

O mobiliário foi inteiramente desenhado especialmente para o projeto. Todos os móveis apresentam as mesmas características: estrutura metálica e tampos de MDF, remetendo à própria estrutura do galpão.

© Pablo Teixeira

A iluminação é natural durante o dia, devido aos sheds. Para os trabalhos à noite, a iluminação é indireta, focada no piso, valorizando paredes ou direcionadas ao forro. Cada ilha de trabalho possui luz individual de mesa, preservando ainda mais o forro e tipologia da construção.

Planta

Para solucionar o problema do calor a ventilação é cruzada longitudinalmente, entre as esquadrias da fachada, as grandes portas de vidro que dão para o pátio e principalmente as esquadrias maximares dos sheds. Em cima do forro de madeira também foi colocada uma manta aluminizada para impedir a entrada de calor.

Corte

 

Ficha técnica:

Equipe:

  1. Arquitetos Responsáveis: Miguel Cañas Martins, Luís Eduardo Ribeiro de S.Thiago, Marcos Deretti Lopes
  2. Colaboradores: Anelise Werner Schimidit, Bernardo Medeiros, Cleonice Hermann, Fernanda Brito de Souza, Flaviano Luis Bonassa, Marlucy Santos, Catia Kock.

Informação Complementar:

  1. Iluminação: M² Arquitetura
  2. Móveis: M² Arquitetura
  1. Fotógrafos: Max Schwoelk, Pablo Teixeira

Sobre este escritório
Metroquadrado
Escritório
Cita: Gica Fernandes. "Sede da Metroquadrado / Metroquadrado" 10 Abr 2012. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/42258/sede-da-m2-arquitetura-m2-arquitetura> ISSN 0719-8906