Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos

Sede do SEBRAE / gruposp + Luciano Margotto

Sede do SEBRAE / gruposp + Luciano Margotto

© Nelson Kon © Nelson Kon © Nelson Kon © Nelson Kon + 74

  • Arquitetos Autores deste projeto de arquitetura Alvaro Puntoni, Luciano Margotto, João Sodré, Jonathan Davies
  • Área Área deste projeto de arquitetura
    25000.0 m2
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    AMF, Bradiv, Concrefit, Cummings, Deca, Denver, Docol, Enal, Engemix, Escriba, Fab Piso, Flexform, Gerdau Corsa, Ilux, Interface, Maisdesign, Medabil, Metalgrade, Original, Osram, Plaka, SH, Saint-Gobain, Schneider, Securit, Sintrex, Solotrat Engenharia Geotécnica, Systimax, Trane, Uniflex, VITRA, polimix, thyssenkrupp
  • Ano do projeto

    2010
  • Fotografias

  • Colaboradoress

    Amanda Spadotto, Cristina Tosta, Camila Obniski, Daniela Pochetto, Fabiana Cyon, Flavio Castro, João Carlos Yamamoto, José Paulo Gouvêa, Juliana Braga, Luis Cláudio Dias, Roberta Cevada
  • Luminotécnica

    Ricardo Heder
  • Estrutura

    Jorge Zaven Kurkdjian, Julio Fruchtengarten, Kurkdjian & Fruchtengarten Engenheiros Associados S/C Ltda.
  • Paisagismo

    Fernando Magalhães Chacel, Sidney Linhares, CAP Consultoria Ambiental Paisagística Ltda.
Mais informações Menos informações
© Nelson Kon
© Nelson Kon

Descrição enviada pela equipe de projeto. O partido adotado no projeto responde a um só tempo às condicionantes urbanísticas de Brasília – incluindo as características topográficas do terreno – e ao caráter da arquitetura que se pretende para a nova sede do SEBRAE NACIONAL. O que se propõe não é um edifício, mas um conjunto arquitetônico com: 1) ênfase na espacialidade interna, objetivando a integração dos usuários assim como da paisagem construída e natural; 2) máxima flexibilidade para a organização dos escritórios; 3) preocupação em se obter ótimo desempenho ambiental e econômico.

Planta Primeiro Pavimento Corte 1 Corte Detalhado Planta Térreo Inferior + 74

O PÁTIO

Todo o conjunto se desenvolve a partir de uma espacialidade interior. Desenvolvido em planta, o vazio adquire grande presença no interior do conjunto, na forma de pátio onde se localizam as atividades mais públicas. Ao redor desta praça interna, no térreo inferior encontra-se o espaço de formação e treinamento, salas multiuso, auditório, biblioteca e a cafeteria, enquanto no térreo superior estão os principais acessos do conjunto, com varandas abertas à cidade e ao lago Paranoá.

© Nelson Kon
© Nelson Kon

A TOPOGRAFIA E O SENTIDO ESPACIAL: O TÉRREO MULTIPLICADO

São dois os térreos. Optou-se por abrir um plano construído abaixo do nível da soleira, integrando-o verticalmente ao nível dos acessos, como térreos multiplicados, iluminados e ventilados pelo espaço livre que os circunscrevem, o que lhes concede expressão arquitetônica. O chão do edifício, público, é construído, portanto, distinto do terreno natural que o circunda, destinado às áreas verdes permeáveis.

Corte B
Corte B

A DISTRIBUIÇÃO DO PROGRAMA

O arranjo do programa está diretamente ligado com a disposição das peças edificadas no terreno. Na base do conjunto (térreo inferior e térreo superior) encontram-se as funções coletivas, as atividades que por vezes recebem colaboradores ou público externo. Estes espaços estão organizados e articulados pela Praça de Estar, marcada ainda pela presença do auditório. As funções administrativas e o corpo diretivo estão concentrados nos pavimentos superiores. Nos pavimentos inferiores está localizada a garagem e as atividades administrativas relacionadas à serviços e manutenção predial.

© Nelson Kon
© Nelson Kon

OS ESCRITÓRIOS: MODULARIDADE E FLEXIBILIDADE

O projeto dos espaços de trabalho admite alterações de arranjos, tanto para os espaços, quanto para os componentes de instalações prediais e de infra-estrutura – piso elevado, forro e ausência de pilares no meio dos pavimentos. A área disponível para os escritórios é, realmente, livre.

 ARTICULAÇÃO, CIRCULAÇÃO E INFRA-ESTRUTURA

Para conectar todos os setores, criou-se uma estrutura periférica dupla – dois castelos de circulação vertical, infra-estruturas e apoios diversos – com múltiplas possibilidades de ligação: escadas, varandas e elevadores coletivos ou privativos promovam a comunicação entre os diversos espaços. A circulação incorpora no desenho do percurso cotidiano o vazio central, acentuando sua presença. Todas as redes de infra-estrutura se distribuem para o conjunto a partir de lajes com instalações (forros e pisos elevados) e dutos verticais especializados (shafts).

Croquis
Croquis

ACABAMENTO E EXPRESSÃO ARQUITETÔNICA

A expressão arquitetônica do conjunto arquitetônico proposto está estreitamente vinculada às decisões de projeto que concorrem no sentido de proporcionar uma obra organizada e eficiente com redução estratégica das ações construtivas. As estruturas serão tratadas e permanecerão aparentes, evidenciando-se a plasticidade do aço e concreto. Os painéis metálicos quebra-sóis garantem a integridade do conjunto. Em linhas gerais o edifício contrastará a cor natural dos materiais utilizados, o branco da estrutura metálica, o azul do céu e o verde da paisagem envoltória.

© Nelson Kon
© Nelson Kon

O conjunto edificado, com o térreo aberto permitirá visuais alongadas, sublinhando a possibilidade de extensão do chão público sem comprometer o gabarito que resguarda o céu de Brasília e que estará presente no grande espaço central conformado. Finalmente, a delicada curva do castelo de serviços na face norte, além de ceder parte do terreno para cidade marca a singularidade desta construção, nem pretensamente palácio nem isolada, mas superfície convergente e multiplicadora da urbe, sua história, sua vida.

© Nelson Kon
© Nelson Kon

Galeria do Projeto

Ver tudo Mostrar menos

Localização do Projeto

Endereço: Brasília - Federal District, Brasil

Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato.
Sobre este escritório
Escritório
Cita: "Sede do SEBRAE / gruposp + Luciano Margotto" [Sebrae Headquarters / gruposp + Luciano Margotto] 02 Nov 2011. ArchDaily Brasil. (Trad. Sambiasi, Soledad) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/402/sede-do-sebrae-gruposp> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.