Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos

Sede do SEBRAE / gruposp + Luciano Margotto

Sede do SEBRAE / gruposp + Luciano Margotto

© Nelson Kon © Nelson Kon © Nelson Kon © Nelson Kon + 74

  • Arquitetos: Alvaro Puntoni, Luciano Margotto, João Sodré, Jonathan Davies
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área: 25000.0 m2
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano: 2010
  • Fotógrafo Fotografias: Nelson Kon
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes: AMF, Bradiv, Concrefit, Cummings, Deca, Denver, Docol, Enal, Engemix, Escriba, Fab Piso, Flexform, Gerdau Corsa, Ilux, Interface, Maisdesign, Medabil, Metalgrade, Original, Osram, Plaka, SH, Saint-Gobain, Schneider Electric, Securit, Sintrex, Solotrat Engenharia Geotécnica, Systimax, Trane, Uniflex, VITRA, polimix, thyssenkrupp
  • Colaboradoress

    Amanda Spadotto, Cristina Tosta, Camila Obniski, Daniela Pochetto, Fabiana Cyon, Flavio Castro, João Carlos Yamamoto, José Paulo Gouvêa, Juliana Braga, Luis Cláudio Dias, Roberta Cevada
  • Luminotécnica

    Ricardo Heder
  • Estrutura

    Jorge Zaven Kurkdjian, Julio Fruchtengarten, Kurkdjian & Fruchtengarten Engenheiros Associados S/C Ltda.
  • Paisagismo

    Fernando Magalhães Chacel, Sidney Linhares, CAP Consultoria Ambiental Paisagística Ltda.
Mais informações Menos informações
© Nelson Kon
© Nelson Kon

Descrição enviada pela equipe de projeto. O partido adotado no projeto responde a um só tempo às condicionantes urbanísticas de Brasília – incluindo as características topográficas do terreno – e ao caráter da arquitetura que se pretende para a nova sede do SEBRAE NACIONAL. O que se propõe não é um edifício, mas um conjunto arquitetônico com: 1) ênfase na espacialidade interna, objetivando a integração dos usuários assim como da paisagem construída e natural; 2) máxima flexibilidade para a organização dos escritórios; 3) preocupação em se obter ótimo desempenho ambiental e econômico.

Planta Primeiro Pavimento Corte 1 Corte Detalhado Planta Térreo Inferior + 74

O PÁTIO

Todo o conjunto se desenvolve a partir de uma espacialidade interior. Desenvolvido em planta, o vazio adquire grande presença no interior do conjunto, na forma de pátio onde se localizam as atividades mais públicas. Ao redor desta praça interna, no térreo inferior encontra-se o espaço de formação e treinamento, salas multiuso, auditório, biblioteca e a cafeteria, enquanto no térreo superior estão os principais acessos do conjunto, com varandas abertas à cidade e ao lago Paranoá.

© Nelson Kon
© Nelson Kon

A TOPOGRAFIA E O SENTIDO ESPACIAL: O TÉRREO MULTIPLICADO

São dois os térreos. Optou-se por abrir um plano construído abaixo do nível da soleira, integrando-o verticalmente ao nível dos acessos, como térreos multiplicados, iluminados e ventilados pelo espaço livre que os circunscrevem, o que lhes concede expressão arquitetônica. O chão do edifício, público, é construído, portanto, distinto do terreno natural que o circunda, destinado às áreas verdes permeáveis.

Corte B
Corte B

A DISTRIBUIÇÃO DO PROGRAMA

O arranjo do programa está diretamente ligado com a disposição das peças edificadas no terreno. Na base do conjunto (térreo inferior e térreo superior) encontram-se as funções coletivas, as atividades que por vezes recebem colaboradores ou público externo. Estes espaços estão organizados e articulados pela Praça de Estar, marcada ainda pela presença do auditório. As funções administrativas e o corpo diretivo estão concentrados nos pavimentos superiores. Nos pavimentos inferiores está localizada a garagem e as atividades administrativas relacionadas à serviços e manutenção predial.

© Nelson Kon
© Nelson Kon

OS ESCRITÓRIOS: MODULARIDADE E FLEXIBILIDADE

O projeto dos espaços de trabalho admite alterações de arranjos, tanto para os espaços, quanto para os componentes de instalações prediais e de infra-estrutura – piso elevado, forro e ausência de pilares no meio dos pavimentos. A área disponível para os escritórios é, realmente, livre.

 ARTICULAÇÃO, CIRCULAÇÃO E INFRA-ESTRUTURA

Para conectar todos os setores, criou-se uma estrutura periférica dupla – dois castelos de circulação vertical, infra-estruturas e apoios diversos – com múltiplas possibilidades de ligação: escadas, varandas e elevadores coletivos ou privativos promovam a comunicação entre os diversos espaços. A circulação incorpora no desenho do percurso cotidiano o vazio central, acentuando sua presença. Todas as redes de infra-estrutura se distribuem para o conjunto a partir de lajes com instalações (forros e pisos elevados) e dutos verticais especializados (shafts).

Croquis
Croquis

ACABAMENTO E EXPRESSÃO ARQUITETÔNICA

A expressão arquitetônica do conjunto arquitetônico proposto está estreitamente vinculada às decisões de projeto que concorrem no sentido de proporcionar uma obra organizada e eficiente com redução estratégica das ações construtivas. As estruturas serão tratadas e permanecerão aparentes, evidenciando-se a plasticidade do aço e concreto. Os painéis metálicos quebra-sóis garantem a integridade do conjunto. Em linhas gerais o edifício contrastará a cor natural dos materiais utilizados, o branco da estrutura metálica, o azul do céu e o verde da paisagem envoltória.

© Nelson Kon
© Nelson Kon

O conjunto edificado, com o térreo aberto permitirá visuais alongadas, sublinhando a possibilidade de extensão do chão público sem comprometer o gabarito que resguarda o céu de Brasília e que estará presente no grande espaço central conformado. Finalmente, a delicada curva do castelo de serviços na face norte, além de ceder parte do terreno para cidade marca a singularidade desta construção, nem pretensamente palácio nem isolada, mas superfície convergente e multiplicadora da urbe, sua história, sua vida.

© Nelson Kon
© Nelson Kon

Galeria do Projeto

Ver tudo Mostrar menos

Localização do Projeto

Endereço: Brasília - Federal District, Brasil

Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato.
Sobre este escritório
Escritório
Cita: "Sede do SEBRAE / gruposp + Luciano Margotto" [Sebrae Headquarters / gruposp + Luciano Margotto] 02 Nov 2011. ArchDaily Brasil. (Trad. Sambiasi, Soledad) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/402/sede-do-sebrae-gruposp> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.