O site de arquitetura mais visitado do mundo
Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Casa La Candela / zigzag arquitectura

Casa La Candela / zigzag arquitectura

Casa La Candela / zigzag arquitectura
Casa La Candela / zigzag arquitectura, © zigzag arquitectura
© zigzag arquitectura

Uma casa de reunião familiar

O ponto de partida foi a necessidade de uma casa de tamanho grande para a reunião variável e periódica de uma família composta por 6 subfamílias de 10 adultos e 8 crianças no total. Buscava-se um refúgio familiar, lugar de reencontros e de escape urbano, além do que se dispunha de um reduzido orçamento e dos escassos meios construtivos próprios de um lugar relativamente ilhado.

© zigzag arquitectura

O lugar / uma montanha com olhos

O terreno está em um local rodeado de montanhas. Aballe Dego, em contato com o rio Sella. O lugar sugeriu a idéia de uma montanha vazia internamente, com olhos dispostos estrategicamente para capturar a paisagem circundante, introduzindo-a nos cômodos da casa e evitando as vistas diretas às casas vizinhas que estão mais perto.

© zigzag arquitectura

Volumetria e pele externa

O volume dialoga com as montanhas circundantes, almejando parecer-se com elas. A coberta dobrada também é produto da aplicação das normas e o número mínimo de três águas indicada pela mesma.

Programa em perspectiva

O resultado é uma carcaça dura, térrea e perfurada, que permite a entrada da paisagem como quadros que mudam cada vez que se volta ao lugar. A pele perfurada da casa protege seus habitantes do exterior, uma vez que permite que eles se relacionem física e visualmente com a natureza, as estações e o clima.

© zigzag arquitectura

Espaço externo e interno

Há dois cômodos externos, com orientações sul e norte, que valorizam o uso do alpendre tradicional asturiano como espaço de extensão e relação com a natureza. Na escuridão da noite, a carcaça desaparece e, quando a casa está habitada, as aberturas se mostram como “fragmentos vivos” flutuando na paisagem.

© zigzag arquitectura

Capturar a paisagem

Capturar a paisagem é um dos objetivos do projeto.Pretende-se absorver o entorno de uma maneira precisa e controlada para que todos os cômodos aproveitem as qualidades paisagísticas do entorno.Para consegui-lo, a carcaça da casa é perfurada com aberturas de distintos tamanhos e posições associando a cada uma delas uma captura da paisagem circundante.

© zigzag arquitectura

Programa

O programa se organiza segundo a orientação dominante do terreno. O programa da área íntima, dormitórios e banheiros, localizam-se na zona norte, deixando a orientação sul para os espaços de reunião e o espaço com pé-direito duplo da sala de estar – jantar – cozinha.

Plantas

O alpendre sul funciona como conexão entre as áreas sociais do pavimento térreo, uma vez que diferencia o programa cozinha – sala de jantar e estar. O alpendre norte se vincula ao dormitório principal do pavimento térreo e contém a escada externa que comunica diretamente o primeiro pavimento com o jardim.

Cortes Longitudinais

Circulações e acessos

As circulações no interior da casa se desenvolvem em seu eixo longitudinal. Uma rampa serve de começo para uma “promenade” que enlaça os diferentes dormitórios de ambos os pavimentos, para finalizar em um sótão com vistas para o pé-direito duplo da sala de estar e desde onde se domina visualmente toda a casa.

Diagrama de Circulações

A entrada principal da habitação se realiza desde o alpendre de acesso, localizado na fachada norte, próximo à entrada da garagem. Ambos os acessos confluem no vestíbulo, desde o qual partem os percursos que conectam cada um dos cômodos da casa.

Fachadas Desdobradas

Material e sistema construtivo

O sistema construtivo se adapta aos meios disponíveis na zona: estrutura de lajes e pilares de concreto armado e paredes duplas de alvenaria. As fachadas da casa foram feitas com acabamento em textura hidrófuga de cor cinza escuro e tábuas de madeira de iroko.

© zigzag arquitectura

A coberta foi resolvida com telha plana de concreto, adaptando-se às normas da região.

Ficha técnica:

  • Arquitetos:zigzag arquitectura
  • Ano: 2009
  • Área construída: 298 m²
  • Tipo de projeto: Residencial
  • Status:Construído
  • Materialidade: Pedra e Vidro
  • Estrutura: Concreto
  • Localização: Soto de Dego, Concejo de Parres, Principado de Asturias, Espanha
  • Implantação no terreno: Isolado

Equipe:

  1. Arquiteto: zigzag arquitectura – David Casino, Bernardo Angelini
  2. Arquiteto técnico: Salvador López


Informação Complementar:

  1. Estruturas: Jesús Crespo
  2. Empresa construtora: Ricardo Cerdeira e outro CB

Sobre este escritório
Cita: Lara Gomes. "Casa La Candela / zigzag arquitectura" 07 Mai 2012. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/25263/casa-la-candela-zigzag-arquitectura> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.