O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Remodelação do Porto de Malpica / CREUSeCARRASCO arquitectos

Remodelação do Porto de Malpica / CREUSeCARRASCO arquitectos

Remodelação do Porto de Malpica / CREUSeCARRASCO arquitectos
Remodelação do Porto de Malpica / CREUSeCARRASCO arquitectos, © Xoan Piñón
© Xoan Piñón

Intervém-se, junto com a Autoridade Portuária, naqueles pontos nos quais existe a possibilidade de criar espaço público, explorando suas condições como lugar de relação e acolhida.

© Xoan Piñón

O porto de Malpica se destaca tanto por seu potencial pesqueiro quanto turístico, mantendo viva sua estreita relação com o núcleo urbano, com interferências contínuas entre atividades.

Proposta Geral

O âmbito do projeto se corresponde com uma importante trama entre o acesso Norte ao porto e o extremo Sudeste, que forma a saliência geográfica conhecida como Punta da Plancha.

© Xoan Piñón

Ainda que o espaço portuário seja um terreno plano, os pontos de enlace com as ruas da vila, mais elevadas, obrigam a intervenção nos espaços em desnível e em elementos chaves: muros e escadas existentes, buscando uma correta delimitação e convivência entre circulação rodada e pedonal.

© Xoan Piñón

Estabelecem-se como intervenções prioritárias a construção de um grande espaço no entorno da doca para depósito e reparação de embarcações, melhora das instalações dos banheiros e a renovação de pavimentos, mobiliário e integração da fachada marítima portuária dentro do núcleo urbano.

© Xoan Piñón

O projeto explora ao máximo a condição de linearidade de um porto disposto em arco, mediante um passeio na cota intermediária que percorre a escarpa em ressaltos e coroações de muros que, de certo modo, o habita. Do nada aparece ante os cidadãos o espaço dos escaladores, ninho de gaivotas e rochas ocultas, capa que contempla, sem interferir, a atividade portuária. A recuperação dos muros sobre os que se assentam as casas, muitos deles de pedra, permite a leitura da escarpa, sua imagem. Insiste-se nas possibilidades de melhora de um caso recorrente em muitas vilas marítimas da Galícia que, dada sua extensão, não admite respostas de tabula rasa: o feito de que com o tratamento dos escassos elementos que se repetem, isto é, daquelas pautas organizativas, muitas vezes ocultas e de presença descuidadas e em si mesmo não atrativas, pode-se conseguir uma beleza distinta, talvez desestruturada, mas reflexo de uma intenção direta, popular.

© CREUSeCARRASCO

De um dos lugares mais emblemáticos da vila, o mirante do Murallón, se vê o arranque do novo passeio até Punta da Plancha, apoiando-se no próprio muro de pedra e a uma cota de uns 4,5 metros sobre a plataforma portuária. A Plancha se converte também em mirante e rampa de conexão com o solo. A margem da esplanada – laje para embarcações – bem orientada, passa a ser uma área de descanso e observação.

© CREUSeCARRASCO

Na memória da intervenção: os muros e os cais de pedra, plataformas inclinadas, planas, lisas, sofridas e roçadas pelos barcos. Na criação de novos espaços e usos: elemento e sistema construtivo contemporâneo, o pré-fabricado de concreto, peça-espaço e superfície-linha, com os quais, em diferentes situações e em cotas distintas se intervêm, desde o solo (estrutura, pavimento, proteção), a forma e o espaço.

Ficha técnica:

Equipe:

  1. Arquitetos: Juan Creus, Covadonga Carrasco
  2. Colaboradores: Francisco Rosell, Estefanía Vázquez, Roi Feijoo, Belén Salgado, Laura Coladas, Bárbara Mesquita, Alexandre Antunes, Marta Carro

Informação Complementar:

  1. Estrutura: TEMHA, José A. González, Jesús Corbal
  2. Engenheiros: Juan A. Rodríguez, Antonio Martín
  3. Construtora: OYS NOROESTE

Projeto: 2005-2009

Sobre este escritório
CREUSeCARRASCO arquitectos
Escritório
Cita: Lara Gomes. "Remodelação do Porto de Malpica / CREUSeCARRASCO arquitectos" 23 Jan 2012. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/22852/remodelacao-do-porto-de-malpica-creusecarrasco-arquitectos> ISSN 0719-8906