O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Estádios da Copa 2014: Arena Castelão / VIGLIECCA & ASSOC

Estádios da Copa 2014: Arena Castelão / VIGLIECCA & ASSOC

Estádios da Copa 2014: Arena Castelão / VIGLIECCA & ASSOC
Estádios da Copa 2014: Arena Castelão / VIGLIECCA & ASSOC, © Azul Serra
© Azul Serra

O novo edifício Fares Cândido Lopes, sede da Secretaria de Esporte do Estado do Ceará e do Departamento de Arquitetura e Engenharia, faz parte da primeira etapa do projeto da Arena Castelão. O complexo, localizado em Fortaleza no estado do Ceará, representa o nordeste do país como uma das sedes que receberá a Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014™. Recentemente o estádio também foi selecionado para sediar a Copa das Confederações da FIFA Brasil 2013™, ganhando destaque pela celeridade na condução das obras.

© Azul Serra

O estádio original passa por uma grande reforma de modernização, ampliação e adequação aos padrões da FIFA. Para isso receberá uma série de novas estruturas, como nova cobertura, novos camarotes, novas cabines de imprensa e remodelação completa das instalações sanitárias e de serviços. Outra importante demanda são os estacionamentos que nesta primeira etapa possuem cerca de 600 vagas cobertas. Para equacionar estas e todas as outras questões do programa, a solução se configura como uma contundente ação de projeto.

© Azul Serra

A ideia fundamental é a incorporação da geografia local na constituição da nova construção. Uma grande plataforma se desenvolve em cota única, evidenciando o desnível do terreno que existe desde as bordas do estádio até os limites do lote. Esta praça pública de escala urbana se configura como preâmbulo de acesso ao estádio e cria sob si um grande espaço coberto.

© Azul Serra

A maior parte desse espaço é aproveitada como estacionamento e sua porção final, dividida em dois pavimentos, é transformada no novo edifício institucional. A construção dá o arremate necessário ao complexo, criando uma frente urbana para a estrutura do embasamento que, por sua vez, sustenta e confere protagonismo ao volume do novo estádio.

© Azul Serra

Em sua esquina aguda, uma ausência se faz presente e define o átrio de acesso, também entendido como praça coberta. Daí o usuário é conduzido ao interior do edifício de onde pode seguir até os espaços de trabalho ou dirigir-se ao foyer e o auditório. No nível térreo ainda foi previsto um restaurante com acesso independente.

© Azul Serra

O deslocamento entre os dois pisos se resolve por meio de duas escadas e um elevador, complementados por mais duas escadas protegidas. Junto às escadas estão dois conjuntos sanitários que configuram os blocos de serviço e dão o suporte necessário às áreas de escritórios.

© Azul Serra

Cuidando do equilíbrio térmico e visual, a grande fachada envidraçada é recuada em relação à borda da praça elevada e recebe uma cortina de brises metálicos que controla a entrada da luz natural, ao passo que caracteriza externamente o prédio. Essa estrutura é complementada pela abertura de um pátio interno, de generosas proporções.

© Azul Serra

Compondo com os outros buracos desenhados na praça, este vazio está preenchido por uma vegetação nativa e faz a interface entre os espaços de trabalho e os estacionamentos, articulando os ambientes e definindo o limite da edificação.

© Azul Serra

Como consequência de um cuidadoso planejamento do projeto e da obra, todo o prédio já está em funcionamento desde o mês de setembro, abrigando cerca de 600 funcionários das duas secretarias e permitindo que se sigam as intervenções no estádio.

© Azul Serra

Ficha técnica:

Equipe:

  1. Equipe Arquitetura e Urbanismo: VIGLIECCA&ASSOC
  2. Hector Vigliecca, Luciene Quel, Ronald Werner, Neli Shimizu, Caroline Bertoldi, Bianca Riotto, Fernanda Trotti, Hernani Paiva, Kelly Bozzato, Luiz Marino, Mayara Christ, Pedro Ichimaru, Rafael Alcantara, Paulo Serra, Luci Maie, Renata Haring.

Informação Complementar:

  1. Construção: Galvão + Andrade Mendonça
  2. Estrutura de concreto: MD Engenharia
  3. Estrutura de aço: Pengec Engenharia e Consultoria
  4. Instalações elétricas e especiais: Techna Consultoria
  5. Instalações hidrossanitárias: Fase Engenharia
  6. Instalações de ar-condicionado: Comaru
  7. Instalações e consultoria acústica: Audium Áudio e Acústica
  8. Paisagismo: Rodolfo Geiser Paisagismo e Meio Ambiente
  9. Consultoria de fluxo de multidões: SDG
  10. Consultoria de esquadrias: Arqmate Consultoria
  11. Consultoria em conforto térmico: A. R. Frota Arquitetura
  12. Consultoria para LEED: Otec
  13. Perspectivas: Planomotor
  1. Cliente: Governo do Estado do Ceará / Secretaria Especial da Copa 2014 do Estado do Ceará
  2. Promotor: Secretaria Especial da Copa 2014 do Estado do Ceará
  3. Área total de intervenção: 215.000m²
  4. Área construída do edifício Fares Cândido Lopes: 6.500m²

Cita: Joanna Helm. "Estádios da Copa 2014: Arena Castelão / VIGLIECCA & ASSOC" 03 Jan 2012. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/18982/estadios-da-copa-2014-arena-castelao-vigliecca-e-assoc> ISSN 0719-8906