O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Casas
  4. Portugal
  5. spaceworkers
  6. 2013
  7. Casa BE / spaceworkers

Casa BE / spaceworkers

  • 10:00 - 8 Abril, 2014
Casa BE / spaceworkers
Casa BE / spaceworkers, © Fernando Guerra | FG+SG
© Fernando Guerra | FG+SG

© Fernando Guerra | FG+SG © Fernando Guerra | FG+SG © Fernando Guerra | FG+SG © Fernando Guerra | FG+SG + 31

  • Arquitetos

  • Localização

    Paredes, Portugal
  • Arquitetos Responsáveis

    Henrique Marques e Rui Dinis
  • Equipe de Projeto

    Rui Rodrigues, Sérgio Rocha, Daniel Neto, Vasco Giesta e José Carlos
  • Área

    800.0 m2
  • Ano do projeto

    2013
  • Fotografias

Dos arquitetos. A ideia de uma arquitectura vernácula (esquecida) e da forma como ela procura formar um discurso claro entre a paisagem e as necessidades programáticas é algo que sempre admiramos. 

© Fernando Guerra | FG+SG
© Fernando Guerra | FG+SG

Um bom exemplo deste discurso, são as estruturas de apoio à agricultura (normalmente com função de celeiros/espigueiros), que de uma forma mais ou menos aleatória iam pontuando a paisagem rural, como blocos de aparência efémera que levitavam sobre o solo. 

© Fernando Guerra | FG+SG
© Fernando Guerra | FG+SG

É precisamente esta ideia de “leveza gravítica”que nos fascina e na qual assenta o conceito deste projecto.

© Fernando Guerra | FG+SG
© Fernando Guerra | FG+SG

Genericamente, a proposta apresenta uma tripartição segundo os elementos vernáculos, a Base, com uma imagem de monobloco estático e megalítico, onde se encerram as funções de serviço da casa. 

© Fernando Guerra | FG+SG
© Fernando Guerra | FG+SG

A zona de Pilotis, identificado com os programas mais públicos da habitação, que explora a relação visual e física com o exterior, através dos enormes vãos de vidro que transmitem a ideia de leveza e fraqueza estrutural pretendidas. e por fim o Bloco geométrico que parece “gravitar”, onde se situam os espaços privados da habitação.

© Fernando Guerra | FG+SG
© Fernando Guerra | FG+SG

O conceito da tripartição é ainda complementado com uma escolha de materiais que procura explorar a fragilidade aparente da madeira em contraste com os blocos de pedra negra (na base) e o bloco de betão (no piso superior).

© Fernando Guerra | FG+SG
© Fernando Guerra | FG+SG

Ver a galeria completa

Sobre este escritório
spaceworkers
Escritório
Cita: "Casa BE / spaceworkers" 08 Abr 2014. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/188086/casa-be-slash-spaceworkers> ISSN 0719-8906