O site de arquitetura mais visitado do mundo
Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Arquitetura Esportiva
  4. Espanha
  5. Francisco Mangado
  6. 2006
  7. Estádio La Balastera / Francisco Mangado

Estádio La Balastera / Francisco Mangado

Estádio La Balastera / Francisco Mangado
Estádio La Balastera / Francisco Mangado, © Roland Halbe
© Roland Halbe

© Roland Halbe © Roland Halbe © Roland Halbe © Roland Halbe + 8

  • Gerenciamento de obras

    Francisco Mangado
  • Colaboradores

    José Gastaldo, Koldo Fernández, Francesca Fiorelli, Enrique Jerez, Hugo Mónica, Ibon Vicinay
  • Engenharia estrutural

    NB 35 SL Ingenieros
  • Instalações

    TEICON
  • Iluminação

    ALS Lighting arquitectos consultores de iluminación (Antón Amann).
  • Arquiteto técnico

    Jose Manuel Méndez, Leandro Sacristán, Jose Miguel Martín, Luis Ángel Pérez Peraita
  • Construção

    UTE Nueva Balastera
  • Mais informações Menos informações

Descrição enviada pela equipe de projeto. Um estádio de futebol tem um propósito fundamental e óbvio: receber partidas de futebol. Mas também apresenta duas outras funções menos óbvias, mas nem por isso menos importantes. Uma delas tem a ver com representação. Um estádio de futebol hoje é uma obra com certo potencial icônico para uma cidade; ele não tem apenas dimensões quantitativas, mas também qualitativas. A segunda tem a ver com o tamanho de um estádio em relação a seu uso apenas ocasional. Não seria um desperdício de espaço? Certamente é.

© Roland Halbe
© Roland Halbe

A ideia básica desta proposta se baseia na crença de que um estádio é mais um edifício que uma infraestrutura; um edifício que pode ser aproveitado para outros usos, mas que, sobretudo, pode e deve desempenhar um papel cívico. O projeto propõe escritórios e outros programas comuns no térreo - uma vitrine urbana com acesso direto e imediato a partir da rua. Internamente, o estádio é um "surpreendente vazio" onde, além das partidas esportivas, uma variedade de atividades públicas podem acontecer.

© Roland Halbe
© Roland Halbe

O entorno residencial também pede por um projeto de caráter urbano. A enorme escala do edifício, derivada de sua linguagem estrutural, é ocultada por seu perímetro, definido por um revestimento de alumínio perfurado que cria um rico diálogo repleto de nuances e transparências entre o interior e o exterior - reforçando a tentativa de transformar o estádio em apenas outro edifício na cidade, grande, mas ansioso por se misturar. 

© Roland Halbe
© Roland Halbe

As torres, necessárias para a iluminação do campo, têm o papel mais simbólico. Iluminadas como grandes esculturas, estas torres podem ser vistas a quilômetros de distância, estabelecendo um diálogo com a catedral de Palencia.

Ver a galeria completa

Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato.
Sobre este escritório
Cita: "Estádio La Balastera / Francisco Mangado" [Soccer Stadium La Balastera / Francisco Mangado] 23 Mar 2014. ArchDaily Brasil. (Trad. Baratto, Romullo) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/184176/estadio-la-balastera-slash-francisco-mangado> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.