O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Edifícios De Escritórios
  4. Chile
  5. Alemparte -Morelli & Asociados Arquitectos
  6. 0
  7. Edificio Costanera Cosas / Alemparte -Morelli & Asociados Arquitectos

Edificio Costanera Cosas / Alemparte -Morelli & Asociados Arquitectos

  • 23:00 - 20 Março, 2014
  • Traduzido por Isabela Costa
Edificio Costanera Cosas / Alemparte -Morelli & Asociados Arquitectos
Edificio Costanera Cosas / Alemparte -Morelli & Asociados Arquitectos, © Marcos Mendizával
© Marcos Mendizával

© Marcos Mendizával © Marcos Mendizával © Marcos Mendizával © Marcos Mendizával + 21

  • Arquiteto Colaborador

    Juan Pablo Montes
  • Gerente

    Inmobiliaria Cosas
  • Certificado Leed

    Miranda&Nasi Consultores LTDA
  • Construtora

    DLP
  • Calculista

    B y B Ingeniería Estructural Limitada.
  • Mais informações Menos informações

O edifício Costaneras Cosas se destaca como um dos primeiros edifícios a ter o certificado LEED Cs (sistema de classificação Leed Cs v 2.0) categoria ouro, que permite oferecer uma construção sustentável em relação ao meio ambiente e sua capacidade de não perder valor nos processos deterioração tanto em suas instalações técnicas quanto em sua própria arquitetura. Ao mesmo tempo incorpora critérios de conservação e economia energética pioneiros em nosso país.

© Marcos Mendizával
© Marcos Mendizával

A localização de um edifício de escritórios (Costanera Coisas) na periferia de um centro de serviços consolidado como Providência e suas condições lugaridad, parques urbanos e viabilidade em escala urbana macro conferem um desafio ao modelo placa-torre como uma peça arquitetônica capaz de conformar o perfil da cidade e dos seus espaços públicos.

O edifício está localizado em um quarteirão que dá para três ruas, a sua frente, a mais relevante é a Avenida Andrés Bello (parque) e em sua fachada de maior dimensão (Almirante Pastene) e uma frente maior (Almirante Pastene) importa uma orientação predominante para o noroeste, conseqüentemente, o primeiro nível da construção se recolhe a partir da linha de edificação permitida esvaziando sua placa com a finalidade de beneficiar a cidade com um espaço público relevante em toda sua fachada, formando uma amplitude espacial em ruas de perfis menores como a Almirante Pastene, a placa funciona como um nível muito puro e transparente permitindo que o comércio seja definido em uma relação de continuidade entre interior-exterior que valoriza o espaço público.

Fachada Leste e Oeste
Fachada Leste e Oeste

Os 9 níveis sobre a placa se constituem como plantas livres suscetíveis a serem subdivididas em escritórios de médio porte (5 escritórios de 150 m²) servidos por um núcleo de elevadores e escada de segurança, suas respectivas instalações, que estão localizadas junto a fachada nordeste.

© Marcos Mendizával
© Marcos Mendizával

O invólucro do edifício foi concebido a partir da perspectiva da eficiência no uso de energia e da responsabilidade ambiental segundo seu impacto na cidade. Para tal, foi desenvolvida nas fachadas Norte e Oeste uma grade que funciona como uma cortina com 50% de opacidade, obtida por meio de revestimentos ventilados de granito cinza e vidros de alta performance, para alcançar um bom aproveitamento da luz natural. Tal 'cortina' somada a um sistema climático com base no sistema VRV (volume em refrigerante variável), que otimiza por meio de condensadores elétricos, refrigerantes e fluxo variável a operação do clima, podem reduzir a necessidade de funcionamento dos distintos condensadores.

© Marcos Mendizával
© Marcos Mendizával

O sistema climático está alojado em um piso mecânico que atua como coroamento do volume da torre.

O tratamento do invólucro do edifício e sua 'cortina' tentam diluir a identificação dos pisos, produzindo módulos verticais a cada dois níveis; uma lacuna no módulo vertical tenta produzir um vibrato contrastando opacidade / transparência para alcançar uma unidade de leitura na peça arquitetônica como elemento que se constitui por adição à cidade no modelo de torre isolada e cidade jardim.

Ver a galeria completa

Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato. Cita: "Edificio Costanera Cosas / Alemparte -Morelli & Asociados Arquitectos" [Edificio Costanera Cosas / Alemparte -Morelli & Asociados Arquitectos] 20 Mar 2014. ArchDaily Brasil. (Trad. Costa, Isabela) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/184099/edificio-costanera-cosas-slash-alemparte-morelli-and-asociados-arquitectos> ISSN 0719-8906