O site de arquitetura mais visitado do mundo
Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Publicações
  3. Publicação da semana: “Guia de Arquitetura de Lisboa 1948-2013″

Publicação da semana: “Guia de Arquitetura de Lisboa 1948-2013″

Publicação da semana: “Guia de Arquitetura de Lisboa 1948-2013″
Publicação da semana: “Guia de Arquitetura de Lisboa 1948-2013″, Imagem via Plataforma Urbana
Imagem via Plataforma Urbana

“Guia de Arquitetura de Lisboa 1948-2013. Do movimento moderno ao contemporâneo”

Editado por: A+A Books
Idioma: Inglês e português
ISBN: 976-989-98462-0-3
Ano: 2013
Autor: Michel Toussaint, Patrícia Bento D’Almeida e Maria Daniela Alcantara
Onde encontrá-lo: através do e-mail da A+A guia@livrariaamaisa.pt

Sobre o livro

Cada capítulo do livro leva o nome de um bairro de Lisboa no qual é detalhada a história dos seus complexos arquitetônicos e urbanos fazendo com que os seus habitantes entendam o contexto histórico sob o qual foram formados e a funcionalidade das suas principais características de projeto. O primeiro guia arquitetônico de Lisboa foi lançado em 1987, e desde então, é publicado periodicamente para acompanhar as mudanças feitas em certas construções que passaram de industriais a residenciais, como isso repercutiu na paisagem e como as pessoas valorizam a sua cidade já que se tem a tendência de pensar que Lisboa é uma cidade que mantém construções do século XVIII e que não tem uma área moderna, como se pode ver no Parque Urbano das Quintas Conchas e dos Lilases, feito em 2006.

Imagem via Plataforma Urbana
Imagem via Plataforma Urbana

Conteúdo

Mapa dos Distritos Urbanos
A. Centro Tradicional
B. Santos / Lapa
C. Alcantara
D. Belém/Restelo
E. Monsanto
F. Campo de Ourique
G. Avenidas Novas
H. Campolide
I. Campo Grande / Cidade Universitária
J. Benfica/Luz
K. Telheiras / Alta de Lisboa
L. Alvalade
M. Almirante Reis/Alto de Sao Joao
N. Chelas/Marvila
O. Olivais
P. Parque das Nações

Imagem via Plataforma Urbana
Imagem via Plataforma Urbana

Trecho 

O Metrô de Lisboa. Proposto pela primeira vez em 1888, a sua primeira fase só foi inaugurada no dia 29 de dezembro de 1959. Ela consistia em apenas uma linha, ligando Restauradores a Rotunda (Marquês de Pombal), bifurcando então para Sete Rios e Entrecampos formando uma extensão total de 6 km. Se visualizarmos a rede de metrô como uma espécie de um enorme edifício subterrâneo em constante expansão e até mesmo transformação, assim como as mudanças da cidade, o crescimento da demanda de passageiros ou as inovações tecnológicas que introduzimos, nós poderíamos muito bem perceber que existem duas funcionalidades distintas: as máquinas e os passageiros. A primeira segue a regras altamente técnicas, como qualquer outra infraestrutura, enquanto a segunda implicar no habitar, ainda que apenas por um curto período de tempo, para maioria das pessoas”.

 Camilla Ghisleni. Equipe ArchDaily Brasil

Sobre este autor
Cita: Victor Delaqua. "Publicação da semana: “Guia de Arquitetura de Lisboa 1948-2013″" 22 Fev 2014. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/178943/publicacao-da-semana-guia-de-arquitetura-de-lisboa-1948-2013> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.