O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Centro De Diagnóstico
  4. Portugal
  5. Victor Neves Arquitectura e Urbanismo
  6. 2008
  7. Centro de Saúde de S.Domingos de Rana / Victor Neves Arquitectura e Urbanismo

Centro de Saúde de S.Domingos de Rana / Victor Neves Arquitectura e Urbanismo

  • 14:00 - 15 Janeiro, 2014
Centro de Saúde de S.Domingos de Rana / Victor Neves Arquitectura e Urbanismo
Centro de Saúde de S.Domingos de Rana  / Victor Neves Arquitectura e Urbanismo, © Fernando Guerra | FG+SG
© Fernando Guerra | FG+SG

© Fernando Guerra | FG+SG © Fernando Guerra | FG+SG © Fernando Guerra | FG+SG © Fernando Guerra | FG+SG + 8

Do arquiteto: Arquitetura em lugares comuns. Antes são sítios, depois lugares, pois são conferidos de sentido e memória. Mas são deficitários das mais-valias que a urbanidade pode conferir e são ausentes na qualificação plena dos lugares. Transformam-se em lugares, porque plenos de intenção, estes são parcos em deixar vontades de partilha comum coletiva. São lugares comuns. 

A arquitetura, que é plena de intenções, pode ambicionar e aspirar à sublimação desses lugares áridos e vagos. Sobretudo uma arquitetura que possa ser simples sem ser simplória e queira ser complexa sem ser complexada. E este era um lugar comum em São Domingos de Rana, sem ambição nem futuro, de relações ineficazes entre elementos passivos que povoam a paisagem.

© Fernando Guerra | FG+SG
© Fernando Guerra | FG+SG

A arquitetura em lugares comuns. Este é o pressuposto do centro de saúde. É em plenitude que se implanta, alvo e cândido, na circunstância de centralidade perante outros elementos construídos que enformam um cenário urbano de características amorfas. É de uma expressão arquitetônica que se afeiçoa aos princípios básicos da arquitetura, a forma e a massa, o grau de proximidade gravitacional com outras formas construídas, o grau de conformidade, de adequação e de conveniência da forma e da função, o grau de utilidade, a sombra sob a luz que o recorta e sublima. É um objeto curioso, face à materialidade sustentada em edifícios de carácter público, em que, sob a gravidade da função, sublima ironias e graus de surpresa diversos – o recorte das janelas e a sua falsa deslocação, os cheios que avançam e os vazios que se recolhem, o esqueleto que se descobre expondo a potência da estrutura.

© Fernando Guerra | FG+SG
© Fernando Guerra | FG+SG

Depois advém sob a luz a escada, revelando sombras dinâmicas e surpreendentes nas suas curvas e elementos oblíquos. O volume de acesso consiste em um grande portal no interior da forma que permite o exercício da função. Tem sido um erro na arquitetura contemporânea, desde a moderna, a ausência significativa da importância da porta, esse portal de acesso ao interior das formas projetadas. Tem sido portas acanhadas, envergonhadas, atípicas. Pelo contrário, esta exige direção, intencionalidade, formalidade. É uma entrada no pleno sentido do termo.

© Fernando Guerra | FG+SG
© Fernando Guerra | FG+SG

PROGRAMA

O local destinado à implantação do edifício situa-se numa zona já urbanizada do Bairro da Mata da Torre, bastante desinteressante do ponto de vista paisagístico, essencialmente pela presença da edifícios de origem clandestina ou de outros de promoção especulativa, comuns das zonas periféricas da região de Lisboa.

© Fernando Guerra | FG+SG
© Fernando Guerra | FG+SG

O programa funcional contempla a prestação de serviços de saúde Coordenação/Formação e apoios gerais, além de um parque que envolve o edifício.

O edifício apresenta 3 pavimentos acima do solo e um nível semi-enterrado. O último pavimento apresenta dois terraços abertos que constituirão, futuramente, áreas de expansão. Na fachada oeste foi criada uma nova escada de emergência, externa e metálica.

Modelo de estudo de insolação
Modelo de estudo de insolação

  • No pavimento 0 localizam-se a área de recepção, o módulo de Meios Complementares de Diagnóstico e Terapêutica e dois módulos base.
  • No pavimento 1 localizam-se 3 Módulos base.
  • No pavimento 2 localizam-se o Módulo Polivalente e o Módulo de direção, Coordenação e Formação, que inclui também as zonas de apoio administrativo. Neste pavimento localiza-se igualmente a área de cafetaria para funcionários do Centro e um terraço aberto.
  • No pavimento -1, semi-enterrado, localizam-se os Apoios Gerais e um segundo café.
  • Ver a galeria completa

    Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato.
    Sobre este escritório
    Victor Neves Arquitectura e Urbanismo
    Escritório
    Cita: "Centro de Saúde de S.Domingos de Rana / Victor Neves Arquitectura e Urbanismo" 15 Jan 2014. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/168401/centro-de-saude-de-sdomingos-de-rana-slash-victor-neves-arquitectura-e-urbanismo> ISSN 0719-8906

    ¡Você seguiu sua primeira conta!

    Você sabia?

    Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.