Escola Secundária Dr. Joaquim de Carvalho / Inês Lobo Arquitectos

Escola Secundária Dr. Joaquim de Carvalho / Inês Lobo Arquitectos

Escola Secundária Dr. Joaquim de Carvalho / Inês Lobo Arquitectos  - Imagem 2 de 13Escola Secundária Dr. Joaquim de Carvalho / Inês Lobo Arquitectos  - Imagem 3 de 13Escola Secundária Dr. Joaquim de Carvalho / Inês Lobo Arquitectos  - Imagem 4 de 13Escola Secundária Dr. Joaquim de Carvalho / Inês Lobo Arquitectos  - Imagem 5 de 13+ 13

  • Arquitetos: Inês Lobo Arquitectos
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área :  13000
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano :  2010
  • Fotógrafo
    Fotografias :Leonardo Finotti
  • Arquiteto Responsável : Inês Lobo Arquitectos
  • Equipe De Projeto : Inês Lobo, João Rosário, João Vaz, Gilberto Reis, Júlia Varela, Filipe Soares, Sérgio Silva, Sérgio Pereira, Henrieta Selcová, Vasco Lopes, Sónia Ribeiro, Job Morais, Pedro Coelho, Rafael Marques
  • Estruturas : ADF Engenheiros Consultores; Pedro Morujão
  • Instalações Hidráulicas : Fernanda Valente
  • Instalações Elétricas, De Telecomunicação E Segurança : GPIC Projectos Consultoria e Instalações; Fernando Aires, Alexandre Martins
  • Paisagismo : Global Arquitectura Paisagista Lda, João Gomes da Silva
  • Revisão Do Projeto : Rui Prata Ribeiro Lda; Rui Prata Ribeiro, Paula Balseiro
  • Companhia Construtora : Casais
  • Cidade : Figueira da Foz
  • País : Portugal
Mais informaçõesMenos informações

Descrição enviada pela equipe de projeto. Reutilizar: Reutilizar é usar mais de uma vez. Isto inclui a reutilização convencional, onde o item é usado novamente para a mesma função ou para uma função diferente. Reutilizar obriga a leitura daquilo que o tempo nos vai deixando, e que tem de ser feita em intervalos de tempo cada vez mais curtos, reconhecer uma estrutura reinventando um modo de habitá-la, revelar as suas qualidades, entender o seu propósito e decidir como transformar.

Programa: Adaptação do programa da escola ás exigências do ensino de hoje, em que os temas fundamentais são: a escola aberta à comunidade, a escola como espaço de permanência, a escola como espaço de liberdade das crianças.

Escola Secundária Dr. Joaquim de Carvalho / Inês Lobo Arquitectos  - Imagem 3 de 13
© Leonardo Finotti

Programa existente: Um edifício construído em 1969, em bom estado de conservação. Uma Escola que sempre ocupou o espaço com grande inteligência e cuidado.

Escola Secundária Dr. Joaquim de Carvalho / Inês Lobo Arquitectos  - Imagem 4 de 13
© Leonardo Finotti

Subtração: Decidir o que amputar em um corpo que aparentemente funciona, mas que não resiste à introdução do novo programa. Subtraem-se: construções anexas, o corpo central da escola que liga edifícios principais e polidesportivo e escava-se um pátio.

Escola Secundária Dr. Joaquim de Carvalho / Inês Lobo Arquitectos  - Imagem 6 de 13
© Leonardo Finotti

Adição: Adicionam-se um novo corpo que volte a ligar as construções existentes, três núcleos que resolvem os acessos e áreas técnicas. A construção nova, por contraste com a construção existente, éum edifício baixo que abriga sobretudo programas em que se pretende uma relação forte com o exterior, como sejam as salas para ensino das Artes, o Refeitório/Bar e a Biblioteca. Áreas de infraestrutura são ainda incluídas neste edifício, assim como todas as áreas de serviço do refeitório e dos laboratórios, além das oficinas de Artes Visuais. Formal e funcionalmente o edifício pretende, sobretudo, definir-se como espaço fortemente relacionado com os espaços exteriores adjacentes, articulando as duas cotas diferentes.

Escola Secundária Dr. Joaquim de Carvalho / Inês Lobo Arquitectos  - Imagem 7 de 13
© Leonardo Finotti

Estratégia: Reutilizar os edifícios originais recuperando sistemas e materiais construtivos. Desenhar os novos edifícios como peças dos vazios exteriores. A proposta na sua globalidade tem como pressuposto fundamental a não sobreposição da nova construção à construção existente, e a manutenção ou mesmo enfatização do esquema funcional e formal atual, em especial a relação das duas cotas exteriores associadas à construção.

Escola Secundária Dr. Joaquim de Carvalho / Inês Lobo Arquitectos  - Imagem 5 de 13
© Leonardo Finotti

Tornar as circulações mais claras. Ampliar as possibilidades de relação com o exterior. Da nova proposta resulta, então, um novo desenho dos espaços abertos em torno da escola, estabelecendo de forma clara duas tipologias de espaços.

Escola Secundária Dr. Joaquim de Carvalho / Inês Lobo Arquitectos  - Imagem 11 de 13
Planta do subsolo

Galeria do Projeto

Ver tudoMostrar menos

Localização do Projeto

Endereço:Figueira da Foz, Portugal

Clique para abrir o mapa
Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato.
Sobre este escritório
Cita: "Escola Secundária Dr. Joaquim de Carvalho / Inês Lobo Arquitectos " [Joaquim Carvalho Secondary School / Inês Lobo Arquitectos] 11 Jan 2014. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/01-166947/escola-secundaria-dr-joaquim-de-carvalho-slash-ines-lobo-arquitectos> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.