O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Casas
  4. México
  5. Hernández Silva Arquitectos
  6. 2012
  7. Casa Sete / Hernández Silva Arquitectos

Casa Sete / Hernández Silva Arquitectos

Casa Sete / Hernández Silva Arquitectos
Casa Sete / Hernández Silva Arquitectos, © Carlos Díaz Corona
© Carlos Díaz Corona

© Carlos Díaz Corona © Carlos Díaz Corona © Carlos Díaz Corona © Carlos Díaz Corona + 47

  • Arquitetos

  • Localização

    Zapopan, México
  • Arquiteto Responsável

    Jorge Luis Hernández Silva
  • Equipe de Projeto

    Alejandro Aponte Gómez, Andrea Assad Álvarez
  • Área

    953.0 m2
  • Ano do projeto

    2012
  • Fotografias

© Carlos Díaz Corona
© Carlos Díaz Corona

Descrição enviada pela equipe de projeto. O terreno é uma plataforma plana e elevada e a casa situa-se no eixo norte-sul, gerando uma vista extraordinária a oeste, para onde quase todos os pontos de vista são direcionados. Na parte frontal há uma rua íngreme, permitindo as entradas em dois níveis diferentes: o nível principal, onde a área social da casa está localizada e a outra no porão, para automóveis e serviços. O terceiro nível contém as áreas privadas da residência.

© Carlos Díaz Corona
© Carlos Díaz Corona

O conceito usa a forma irregular do terreno para desenvolver uma relação entre seus volumes. Inserimos dois corpos paralelos em cada uma das suas adjacências norte e sul, conformando um grande vazio em forma de diamante no centro, como o protagonista do projeto. Este vazio de pé direito duplo é apenas atravessado pela passarela a oeste e o volume dos dormitórios.

© Carlos Díaz Corona
© Carlos Díaz Corona

Os volumes expressam-se em si diferentemente para a frente e as costas. Ao norte fica um grande corpo elevado sobre uma parede de madeira que gera um saguão acolhendo o visitante. Este volume forma uma área verde atrás da parede de madeira e protege o espaço de estar do sol da tarde. Ao sul, encontra-se um volume vertical nascido do porão que encobre a parte mais alta da casa, desaparecendo na parte traseira e dando liberdade a um terceiro volume que se desdobra e contém o jardim. A fachada voltada à rua cria um jogo de blocos entre as árvores existentes, as copas das árvores do pátio e do jardim inclinado à frente.

© Carlos Díaz Corona
© Carlos Díaz Corona

A casa é aberta e transparente nas áreas social, mas, ao mesmo tempo, alcança uma privacidade muito forte na área privada. Espaços se entrelaçam de uma forma muito fluida, o vestíbulo na entrada principal, onde a escada principal emerge, faz fronteira com o pátio interno. Avançando, o espaço se abre completamente na sala de estar e jantar, que é limitada apenas por uma parede diagonal na frente da lareira que se destaca como um enorme monólito de concreto que cruza o pé-direito duplo e, além disso, faz uma conexão dramática ao pátio interior. No outro lado abre-se ao grande terraço que é o espaço mais generoso e importante da residência.

Planta Baixa - Térreo
Planta Baixa - Térreo

No volume sul, há uma área privada da casa, um estúdio com uma janela vertical, em direção ao pátio e outra longitudinal, para a rua. Este estúdio é separado da cozinha apenas por um bloco de madeira onde a despensa foi colocada, que separa os dois espaços e serve como um ponto visual final a partir do hall de entrada. Estas duas zonas se comunicam com a escada de serviço que liga o jardim, área de churrasqueira e serviços externos que levam até o terraço principal.

© Carlos Díaz Corona
© Carlos Díaz Corona

O terraço é um espaço muito generoso, em forma de bumerangue, contendo uma área de estar e uma de jantar conectada diretamente com a cozinha. Ela não tem colunas, é uma grande balanço formado pelo corpo do segundo andar e abrindo dramaticamente ao leste e ao sul.

Planta Baixa
Planta Baixa

Ao norte encontra-se a sala de jogos, que também se desdobra para o terraço e possui comunicação direta com o jardim, que é inclinado para cima na parte de trás para criar profundidade e dirigir os olhos para o horizonte, simultaneamente, conferindo privacidade à casa. A posicão da forma em "L" permite voltar-se ao sul, aproveitando que a casa vizinha é muito baixa e é possível orientar a vista acima, em direção à área arborizada, e a casa abraça a paisagem.

© Carlos Díaz Corona
© Carlos Díaz Corona

O piso superior é feito em dois corpos, destacando os dormitórios das crianças do dormitório principal e uma sala independente, que pode funcionar para os visitantes. O dormitório principal está localizado acima da sala de jogos como um braço que define sobre o jardim. Possui um espaço muito generoso no armário e área de banheiro separada. Os dormitórios das crianças comunicam-se com uma sala familiar que gira sobre o pé-direito duplo, mas também pode ser fechado para dar privacidade. Neste ponto, também há o ginásio que se abre para o pátio.

© Carlos Díaz Corona
© Carlos Díaz Corona
© Carlos Díaz Corona
© Carlos Díaz Corona

O condomínio fechado requer pelo menos 70% dos telhados inclinados. Por isso fez-se uma estrutura aparente de aço e madeira que na parte superior é coberta com cerâmica revestida com óxido de ferro.

Alguns materiais foram utilizados para enfatizar os volumes. No térreo os pisos são de madeira e com grandes peças de mármore. Algumas paredes são revestidas em madeira Cumaru na fachada, e tiras de calcário preto na parte traseira. A madeira utilizada em carpintaria é a nogueira. Há volumes específicos em concreto e as outras paredes receberam reboco.

Ver a galeria completa

Sobre este escritório
Hernández Silva Arquitectos
Escritório
Cita: "Casa Sete / Hernández Silva Arquitectos" [Seventh House / Hernández Silva Arquitectos] 23 Nov 2013. ArchDaily Brasil. (Trad. Souza, Eduardo) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/154321/casa-sete-slash-hernandez-silva-arquitectos> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.