O site de arquitetura mais visitado do mundo
Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Concursos
  3. Anunciados os vencedores do Prêmio Archiprix Portugal 2013

Anunciados os vencedores do Prêmio Archiprix Portugal 2013

Anunciados os vencedores do Prêmio Archiprix Portugal 2013
Anunciados os vencedores do Prêmio Archiprix Portugal 2013, Imagem do projeto de João Torres. Image Cortesia de Archiprix Portugal
Imagem do projeto de João Torres. Image Cortesia de Archiprix Portugal

Foram divulgados recentemente os vencedores do Prêmio Archiprix Portugal 2013 - um dos mais antigos e prestigiados prêmios acadêmicos de Arquitetura, laureando anualmente os melhores projetos de mestrado nas áreas de projeto arquitetônico, paisagístico e urbano.

O Archiprix Portugal tem como objetivos disponibilizar uma plataforma profissional e independente com dimensão internacional; promover o diálogo entre círculos acadêmicos, mercado profissional e uma nova geração de jovens arquitetos; e divulgar novas visões, conteúdos e a excelência do ensino de Arquitetura em Portugal.

Dos 49 trabalhos concorrentes, que variavam de propostas de grande escala com uma preocupação urbana bastante forte, a projetos de escala reduzida, cujo foco principal se detinha no projeto do edifício.

O júri, composto por Ana Rocha, Cristina Veríssimo, Filipe Afonso, João Rocha e Michel Toussaint, e assessorado pelos membros da Comissão Executiva, Pedro Ressano Garcia e Francisco Adão da Fonseca, decidiu, então, premiar ex aequo dois trabalhos:

O primeiro trabalho, da autoria de António Amado, apresenta-se como uma resposta projetual de grande escala que enfrenta um tema futuro: o aumento do nível das águas no estuário do Tejo. A solução apresentada busca uma articulação sensível entre a água, a margem e a terra em função das atividades humanas, possibilitando uma grande diversidade de situações, sem impor um padrão único, e prevendo interações hoje inexistentes. As qualidades formais e espaciais não impositivas constroem uma nova paisagem para uma vida futura no estuário. Para ver as pranchas do projeto, clique aqui.

Planta do projeto de António Amado. Image Cortesia de Archiprix Portugal
Planta do projeto de António Amado. Image Cortesia de Archiprix Portugal
Imagem do projeto de António Amado. Image Cortesia de Archiprix Portugal
Imagem do projeto de António Amado. Image Cortesia de Archiprix Portugal

O segundo trabalho, de João Torres, propõe um edifício híbrido, inspirado nas reflexões de Rem Koolhaas em Delirious New York. O projeto proporciona um conjunto de espaços para uma vasta gama de atividades concentradas junto a um nó de transportes, e propõe um ativo papel urbano para um edifício que faria com que o local deixasse de ser tão inóspito quanto o é agora. A coerência entre o projeto e o conceito trabalho é notável, sendo muito convincente o modo como é resolvida a especificidade de cada espaço neste edifício híbrido. Para ver as pranchas do projeto, clique aqui.

Imagem do projeto de João Torres. Image Cortesia de Archiprix Portugal
Imagem do projeto de João Torres. Image Cortesia de Archiprix Portugal
Imagem do projeto de João Torres. Image Cortesia de Archiprix Portugal
Imagem do projeto de João Torres. Image Cortesia de Archiprix Portugal


Ver a galeria completa

Sobre este autor
Cita: Romullo Baratto. "Anunciados os vencedores do Prêmio Archiprix Portugal 2013" 03 Out 2013. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/144321/anunciados-os-vencedores-do-premio-archiprix-portugal-2013> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.