O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Estação Ferroviária
  4. Austrália
  5. HASSELL
  6. 2013
  7. Proposta Vencedora para a Flinders Street Station / HASSELL + Herzog & de Meuron

Proposta Vencedora para a Flinders Street Station / HASSELL + Herzog & de Meuron

  • 21:00 - 15 Agosto, 2013
  • por
  • Traduzido por Isabela Costa
Proposta Vencedora para a Flinders Street Station / HASSELL + Herzog & de Meuron
Proposta Vencedora para a Flinders Street Station  / HASSELL + Herzog & de Meuron, cortesia de HASSELL + Herzog & de Meuron
cortesia de HASSELL + Herzog & de Meuron

A proposta vencedora da competição para a Flinders Street Station é de HASSELL + Herzog & de Meuron. O projeto integra a estação com o contexto urbano circundante, que evoluiu e modificou significantemente desde que o edifício foi projetado há 100 anos. O conceito da estação é retirado de muitos aspectos - o tecido do terreno histórico, localização, e natureza linear; o projeto original do século XIX e o tecido existente; a margem e o limite da cidade, as operações de transporte ferroviário, público e pluviais, bem como a situação da estação perante ao tecido da cidade e domínio público. Mais imagens e descrição dos arquitetos após o intervalo.

cortesia de HASSELL + Herzog & de Meuron
cortesia de HASSELL + Herzog & de Meuron

Do Arquiteto. Esta proposta atualiza a estação para o século XXI, transformando-a de um lugar de passagem a um destino. Os ganhos do design global da proposta são uma nova e importante galeria pública de arte, uma praça pública, um anfiteatro, um mercado, e uma casa permanente para organização de festivais culturais e artísticos. Mas também devolvemos a glória do primeiro projeto do século XIX para a Estação de Flanders Street.

cortesia de HASSELL + Herzog & de Meuron
cortesia de HASSELL + Herzog & de Meuron

A função do transporte é bastante melhorada com os novos ou melhorados percursos que facilitam a chegada e partida. A nova cobertura abobadada à prova de intempéries inunda as plataformas de luz natural e ventilação. Pontos de táxi foram realocados para a Rua Flanders e a parada de ônibus entre a estação e a Federation Square, redesenhada para melhorar a conexão com a St. Kilda Road. Uma ciclovia abaixo da estação atravessa o percurso ocidental que liga as pistas de ciclismo com o rio e com a Rua Elizabeth.

cortesia de HASSELL + Herzog & de Meuron
cortesia de HASSELL + Herzog & de Meuron

O patrimônio cultural e status de ícone da estação estão protegidos, juntamente com o tecido constituído já familiar aos usuários - o edifício da Rua Flanders e pavilhão de entrada na esquina - são ambos mantidos, e a pintura volta a ter as cores originais.

cortesia de HASSELL + Herzog & de Meuron
cortesia de HASSELL + Herzog & de Meuron

Os tetos abobadados que melhoram  consideravelmente a experiência do passageiro são inspirados no projeto original, que nunca foi realizado. Os novos elementos, particularmente o Oceanic e a Galeria de Arte Contemporânea, melhoram o status icônico da estação.

cortesia de HASSELL + Herzog & de Meuron
cortesia de HASSELL + Herzog & de Meuron

A proposta alivia bastante os estrangulamentos da estação existente. É também indicado para o impacto na estação em número de passageiros, mudando os padrões de intercambio que ocorrerão através de uma maior densificação urbana, o crescimento de Southbank e a introdução do novo Metro Link. As plataformas da estação serão realinhadas para permitir que estas sejam alargadas, mantendo as distâncias mínimas da pista. Isto fornecerá a largura necessária para acomodar novas escadas rolantes e elevadores nas plataformas.

cortesia de HASSELL + Herzog & de Meuron
cortesia de HASSELL + Herzog & de Meuron

A porção ocidental será um novo hall de entrada principal para a Flinders Street Station, que equilibra e complementa o percurso reconfigurado a leste. Os percursos orientais e ocidentais são conectados por uma passarela elevada composta por lojas e cafeterias. A torre do relógio em frente a rua Elizabeth é enquadrada por dois arcos. O arco existente bloqueado a oeste da torre será aberto para fornecer um acesso por escada rolante até a porção ocidental. Os arcos da cobertura abobadada fluem sobre o curso, seguindo o alinhamento das pistas abaixo. A ordenação da grelha estrutural e direção de espaços abobadados ajudam os passageiros a descobertas intuitivas, orientando-os até o balcão de compra de passagens e através da circulação vertical para as plataformas no pavimento inferior.

cortesia de HASSELL + Herzog & de Meuron
cortesia de HASSELL + Herzog & de Meuron

Com a estação fortemente padronizada de ambos os lados, a praça complementa sua natureza de finais duplos e apresenta uma conexão direta com o rio. O espaço é abrangido para criar uma ambiência própria e única, abrindo e dobrando-se abaixo para ligar o rio às atividades urbanas. Esta combinação de programas públicos, culturais, cívicos e comerciais aderem diversidade, enriquecendo a borda da cidade e a frente do rio. As zona públicas da estação ao longo da margem do rio (tanto no nível da água quanto da praça) conectam a Federation Square, o mercado, a praça e a galeria ao CBD e ao sul do rio.

cortesia de HASSELL + Herzog & de Meuron
cortesia de HASSELL + Herzog & de Meuron

Bom desenho urbano e limites integrados insuflam nova vida a cidade, costurando-a. A estação restaurada e a nova galeria de arte preenchem o elo perdido entre o  recinto cultural, abrangendo a St. Kilda Road e a Federation Square, com o antigo edifício da Alfandega e o Museu da Imigração na Rua Flinders.

cortesia de HASSELL + Herzog & de Meuron
cortesia de HASSELL + Herzog & de Meuron

A estação em si está melhor integrada à cidade, ao rio e à Federation Square. Sua arquitetura distinta e memorável dotada de um significante espaço cívico e equipamento público de alta qualidade.

cortesia de HASSELL + Herzog & de Meuron
cortesia de HASSELL + Herzog & de Meuron

Nossa abordagem para a engenharia  de manutenção técnica e funcional tem sido desenvolver uma estratégia em consonância com o projeto arquitetônico para tirar o máximo de proveito de iniciativas de controle passivo para minimizar instalação, e operações em andamento e custos de manutenção. Nessa abordagem quádrupla de cenário para a reconstrução da estação e área limítrofe entregará um projeto capaz de fornecer à comunidade benefícios sociais, culturais, econômicos e sustentabilidade ambiental. Isso é demonstrado pela melhoria da experiência e da eficiência do transporte público, fornecimento de espaços para atividades culturais e comunitárias, eventos e performances e emprego de elementos arquitetônicos passivos.

cortesia de HASSELL + Herzog & de Meuron
cortesia de HASSELL + Herzog & de Meuron

Nossa estratégia é fornecer um investimento que produza o máximo de benefícios cívicos e públicos para a cidade por todo o terreno, além de enaltecer os aspectos históricos e contextuais e os costurar aos tecidos da cidade. O desenvolvimento pode ser dividido em vários estágios para retornar os benefícios do capital investido ao público rapidamente, melhorando a experiência do usuário da estação e suas imediações.

Cita: Furuto, Alison. "Proposta Vencedora para a Flinders Street Station / HASSELL + Herzog & de Meuron" [The Flinders Street Station Winning Proposal / HASSELL + Herzog & de Meuron] 15 Ago 2013. ArchDaily Brasil. (Trad. Costa, Isabela) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/134336/proposta-vencedora-para-a-flinders-street-station-slash-hassell-plus-herzog-and-de-meuron> ISSN 0719-8906