O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Instituto
  4. Estados Unidos
  5. SHW Group
  6. 2012
  7. Sangren Hall / SHW Group

Sangren Hall / SHW Group

Sangren Hall / SHW Group
© Justin Maconochie
© Justin Maconochie

© Justin Maconochie © Justin Maconochie © Justin Maconochie © Justin Maconochie + 31

Descrição enviada pela equipe de projeto. O novo Salão Sangren da Western Michigan University transformou literal e figurativamente o campus da universidade. Projetado pelo SHW Group, o novo edifício de 60 milhões de dólares é resultado de anos de campanha, arrecadação de fundos e planejamento. O projeto encabeçou a lista de pedidos de investimento de capital por mais de dez anos antes de receber do Estado de Michigan o financiamento de 30 milhões. 

Situado em 8.66 acres no centro desativado do campus, o novo Sangren Hall abriga a Faculdade de Educação e Desenvolvimento Humano e o Departamento de Sociologia, e substitui o Sangren Hall original, concluído em 1964. Com 30% mais lugares que o anterior, o novo prédio deve dar continuidade ao legado do original como um dos edifícios de salas de aula mais utilizados. A universidade prevê que quase todo estudante que se formar em quatro anos pela WMU terá tido pelo menos uma aula neste prédio.

© Justin Maconochie
© Justin Maconochie

Dentro do prédio de 21 000 m² e quatro pavimentos, há 50 salas de aula com 2 435 lugares, dois auditórios com capacidade para 200 pessoas, uma biblioteca, um centro de pesquisa, espaço para escritórios e clínicas para programas como o Center for Counseling and Psychological Services Clinic, o Kercher Center for Social Research e o Dorothy J. McGinnis Reading Center and Clinic

© Justin Maconochie
© Justin Maconochie

Parte do Novo Centro do Campus.

Apesar da Universidade originalmente ter a intenção de renovar o Sangren Hall existente, suas autoridades reconheceram rapidamente que as restrições do edifício não permitiriam os resultados que esperavam do projeto. Um fator central nessa decisão foi o desejo da universidade de garantir que a unidade estivesse de acordo com plano diretor do campus em vários níveis.

Um elemento principal do plano diretor é o desejo da universidade de criar uma área central convertendo Michigan Avenue de um estacionamento em um calçadão para pedestres. Trabalhando com este plano, concluído simultaneamente, SHW Group projetou o novo Sangren Hall para funcionar como uma barreira física, criando um limite forte e reforçando a ideia do calçadão. Um passeio no primeiro pavimento é paralelo ao calçadão e o local de várias salas multiuso e de palestras para uso de todo o campus, permitindo que estudantes de diversas áreas acadêmicas aproveitem as vistas para o novo calçadão

© Justin Maconochie
© Justin Maconochie

Como um edifício central altamente utilizado, o acesso era outro fator importante para os responsáveis pelo planejamento da universidade. Sendo assim, o SHW Group projetou o edifício aninhado em uma encosta para permitir acesso em diferentes níveis e a partir de diferentes direções.

Um Ambiente Moderno de Aprendizado

O prédio é projetado para atender as necessidades dos estudantes do século XXI enquanto acomoda diferentes formas de ensino. Por esta razão, uma variedade de espaços - desde salas de aula pequenas até grandes auditórios e áreas de descanso - é incorporada ao edifício. Além disso, salas especializadas, como o modelo K-12 de salas com áreas de observação anexadas, são incorporadas para atender as necessidades dos estudantes.

© Justin Maconochie
© Justin Maconochie

Em conversas iniciais, a universidade expressou um desejo de que o novo Sangrem Hall funcionasse como o centro social principal para o programa da Faculdade de Educação. Em resposta, o SHW Group projetou o centro do edifício em uma área de café no segundo pavimento com vista para um espaço de pé direito duplo, adjacente à biblioteca e ao escritório do reitor da Faculdade de Educação. Este espaço funciona como o coração da Faculdade, fornecendo aos estudantes um lugar para socializar e estudar.

© Justin Maconochie
© Justin Maconochie

O projeto leva espaços colaborativos a outro nível ao incorporar elementos flexíveis ao longo do projeto e integrando oportunidades de aprendizado informal à circulação do prédio. Espaços colaborativos de ensino se localizam do lado de fora de todas as salas de aula, e bancos com tecnologia embutida se espalham pelo edifício. Além disso, todos os corredores incorporam um conceito lúdico de estar com configurações para estudos em grupo, grandes ou pequenos, ou mesmo individuais. Para estudantes que preferem um ambiente mais silencioso, salas fechadas no primeiro e quarto pavimentos podem ser utilizadas por pequenos grupos ou individualmente. Além disso, salas de aula e auditórios têm configurações altamente eficientes e flexíveis para permitir que alunos e professores o ajustem com base em suas necessidades.

O edifício é também projetado para acomodar necessidades tecnológicas de estudantes do século XXI. Um laboratório de mídia possui uma grande tela onde é possível conectar equipamentos pessoais como laptops e exibir apresentações para toda a classe.

© Justin Maconochie
© Justin Maconochie

Sustentabilidade

Sangren Hall é também impressionante do ponto de vista ambiental. Projetado para obter o LEED Gold Certification, espera-se que o edifício economize 345.000 dólares por ano em custos energéticos em relação ao antigo Sangren Hall. Além disso, comparado à construção ASHRAE padrão, o edifício utiliza de 30 a 35% menos energia e 50% menos água.

© Justin Maconochie
© Justin Maconochie

Características sustentáveis ​​incluem:

- Teto verde com faixas de cores alternadas para coordenar com o edifício;

- Sistema de recuperação de energia;

- Edifício de alta performance;

- Motores de alta eficácia;

- Nova unidade de água refrigerada eficiente;

- Ventilação com controle por demanda;

© Justin Maconochie
© Justin Maconochie

- Encanamentos de água eficientes;

-  Coleta de luz solar;

- Iluminação energeticamente eficiente;

- Sensores de presença;

- Dispositivos de sombreamento solar;

- Materiais sustentáveis como pisos de mosaico em cortiça e paredes de bambu;

© Justin Maconochie
© Justin Maconochie

- Acabamentos interiores de baixo VOC;

- 78% dos resíduos de construção reciclados;

- Sistema de gestão de águas pluviais no local;

- Estacionamento preferencial para veículos mais eficientes;

- Bicicletários e instalação de chuveiros/vestiários;

- Painel fotovoltaico no telhado, sendo atualmente finalizado, fornecerá uma parte da eletricidade utilizada pelo edifício.;

© Justin Maconochie
© Justin Maconochie

Atingindo as Iniciativas do Campus

A colaboração de todas as partes ao longo do projeto e da construção foi essencial para o projeto do Sangren Hall. O SHW Group desenvolveu um projeto baseado não só nas necessidades expressas pela universidade, mas também pela cuidadosa interpretação do plano diretor do campus. Este plano forneceu objetivos claros nos quais basear suas decisões. Posicionar o edifício como o coração do campus, permitir acesso ao primeiro e segundo pavimentos e incorporar elementos sustentáveis no projeto são apenas alguns dos objetivos esboçados pelo plano diretor.

© Justin Maconochie
© Justin Maconochie

Outra iniciativa importante da WMU para qual a universidade esta trabalhando é ter todos os prédios do campus - novos e existentes - utilizando Building Information Modeling (BIM). BIM permite às equipes de projeto e engenharia capturar e analisar conceitos e manter coerência no projeto, documentação e construção. Além disso, BIM funciona como a base de um processo integrado de gestão de ciclo da construção, permitindo que os gerentes de instalações utilizem as informações armazenadas no modelo para o funcionamento contínuo de construção e manutenção.

Planta 1º Pavimento
Planta 1º Pavimento

Ver a galeria completa

Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato.
Sobre este escritório
SHW Group
Escritório
Cita: "Sangren Hall / SHW Group" [Sangren Hall / SHW Group] 29 Jul 2013. ArchDaily Brasil. (Trad. Delaqua, Victor) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/130741/sangren-hall-slash-shw-group> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.