O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Casas
  4. Reino Unido
  5. Stephenson ISA Studio
  6. 2007
  7. Casa 784 / Stephenson ISA Studio

Casa 784 / Stephenson ISA Studio

Casa 784 / Stephenson ISA Studio
Casa 784 / Stephenson ISA Studio, Cortesia de Stephenson ISA Studio
Cortesia de Stephenson ISA Studio

Cortesia de Stephenson ISA Studio Cortesia de Stephenson ISA Studio Cortesia de Stephenson ISA Studio Cortesia de Stephenson ISA Studio + 14

  • Arquitetos

  • Localização

  • Arquiteto Responsável

    Stephenson ISA Studio
  • Diretor de Projeto

    Mr John Gray
  • Engenheiro Estrutural

    Mr Christopher Munro
  • Área

    486.0 m²
  • Ano do projeto

    2007

Descrição enviada pela equipe de projeto. A casa foi projetada para um jovem casal e situa-se em uma rua arborizada no subúrbio de Cheshire - em meio a casas conservadoras, sem graça e falsamente tradicionais. "Nossa abordagem foi a de criar uma nova versão do tipo casa de subúrbio, uma que reaja ao seu contexto e seja feita sob medida para atender às necessidades específicas do cliente."

A família pediu o projeto de uma residência de quatro dormitórios com uma garagem para três carros e um apartamento independente para a avó (que mais tarde foi adaptado para se tornar uma sala de brinquedos). Uma preocupação primordial foi a privacidade das salas de estar e jardim. Também queriam que os espaços internos fossem claros e abertos -  com cômodos fluindo de um para o outro. Não gostariam, porém, que toda casa fosse visível da porta de entrada, mas sim que novos lugares e diferentes vistas fossem descobertas na medida que se adentrasse. Durante todo o processo de concepção e construção, os clientes estiveram muito aberto a sugestões, permitindo uma grande liberdade na hora de projetar.

Cortesia de Stephenson ISA Studio
Cortesia de Stephenson ISA Studio

Ao iniciar o projeto, primeiro procurou-se relacionar o jardim com os espaços internos. Na frente da casa, havia um grande quintal virado para o sul, que nas propriedades vizinhas era mal utilizado, devido à sua exposição visual para a via pública. O ponto de partida foi, portanto, criar uma cobertura extra ao longo de seu perímetro para que esta área se tornasse um espaço ao ar livre e com privacidade - o que permitiu colocar as áreas de estar no piso térreo, permitindo o acesso direto do interior para o exterior. A privacidade do jardim frontal também permitiu criar grandes aberturas de janelas, proporcionando vistas para o jardim, sem a necessidade de telas, durante o dia ou à noite. A casa foi projetada de tal maneira que os houvesse uma fluidez entre os cômodos, e que cada um tivesse uma relação individual com o exterior, criando assim uma sequência espacial dramática.

A fim de dividir a entrada de veículos e a de pedestres, foi erguido um muro de concreto desde a casa até a frente, dividindo-as. Este muro também serve para ancorar fisicamente a casa no terreno e seu contexto.

Cortesia de Stephenson ISA Studio
Cortesia de Stephenson ISA Studio

A forma da construção é expressada como o encontro de dois volumes, o volume principal contém a casa, enquanto o menor volume contém o apartamento da avó e a garagem. O bloco sólido de pedra situa-se alinhado com seus vizinhos, enquanto o outro escora-se sobre ele na fachada sul, criando uma entrada dramática. De certa forma, todo o projeto é baseado no drama da entrada, até mesmo enquanto move-se através da casa, o visitante está continuamente descobrindo cada espaço em seqüência.

"Nós tivemos bastante oposição do departamento de planejamento e lutamos muito para conseguir que a obra fosse aprovada. O diretor de planejamento levou o projeto ao comitê, pois disse não entender a arquitetura moderna! Também tínhamos originalmente projetado um portal de entrada com uma cobertura, mas nos pediram para removê-lo. Mais tarde, submetemos um pedido separado para este item, já que sentíamos que era de grande importância para o projeto, mas que também foi rejeitado."

Cortesia de Stephenson ISA Studio
Cortesia de Stephenson ISA Studio

"Como tivemos de trabalhar dentro de um orçamento apertado, passamos muito tempo procurando por materiais de boa qualidade a preços baixos; conversando com as empresas para obter melhores preços. Uma das alegrias de trabalhar neste projeto foi investigar as qualidades dos diferentes materiais e montar com o cliente uma paleta de materiais aceitáveis." Externamente, foi utilizada uma pintura branca e painéis de calcário jateado (que havia sido utilizada em outro projeto. Esta pedra pode ser fornecida a um custo baixo e, ao jateá-la, fica com aparência de pedra de Portland.) Para os pavimentos internos, primeiramente usou-se a mesma pedra calcária de Jura no piso térreo (mas a partir de uma junção e acabamento diferentes). No primeiro pavimento, utilizou-se um piso de carvalho marrom claro tratado quimicamente. Dentro dos banheiros, pedras de granito preto foram utilizadas, que foram compradas a um custo extremamente baixo, uma vez que originalmente tinham sido concebidas para serem utilizadas na pavimentação de ruas.

A estrutura da casa foi feita de lajes de concreto pré-moldado. Ela foi inicialmente concebida e detalhada ​​como uma estrutura de aço, mas descobriu-se mais tarde que uma grande economia podeira ser feita mediante a simplificação do processo de construção. Mais uma vez, por razões orçamentais, foi utilizado uma cobertura metálica. "Um dos prazeres deste projeto foi trabalhar com os artesãos, como os pedreiros e carpinteiros que realmente entendiam seus materiais e foram capazes de transmitir seus conhecimentos e contribuir para a construção do edifício."

Cortesia de Stephenson ISA Studio
Cortesia de Stephenson ISA Studio

"O empreiteiro acabou por ser muito bom. Embora nunca tivesse construído um edifício moderno antes, eles trabalharam com um alto nível de entusiasmo, compreensão e orgulho. Mas por causa do grau de inovação, eles não foram capazes de manter o programa sob controle, se estendendo muito além da data de conclusão prevista."

Planta Baixa - 1° Pavimento
Planta Baixa - 1° Pavimento

Ver a galeria completa

Sobre este escritório
Stephenson ISA Studio
Escritório
Cita: "Casa 784 / Stephenson ISA Studio" [House 784 / Stephenson ISA Studio] 28 Jul 2013. ArchDaily Brasil. (Trad. Souza, Eduardo) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/130475/casa-784-slash-stephenson-isa-studio> ISSN 0719-8906