O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Edifícios Institucionais
  4. Equador
  5. Diego Guayasamin
  6. 2010
  7. QBE Seguros Colonial / Diego Guayasamin

QBE Seguros Colonial / Diego Guayasamin

QBE Seguros Colonial / Diego Guayasamin
QBE Seguros Colonial / Diego Guayasamin, © Sebastián Crespo
© Sebastián Crespo

© Sebastián Crespo © Sebastián Crespo © Sebastián Crespo © Sebastián Crespo + 20

  • Arquitetos

  • Localização

    Eloy Alfaro, Quito 170121, Equador
  • Construção

    Ramiro Puente/TORADEINC
  • Cálculo Estrutural

    Luis Roggiero
  • Área

    18000.0 m2
  • Ano do Projeto

    2010
  • Fotografías

    Sebastián Crespo

Descrição enviada pela equipe de projeto. Ao noroeste da cidade capital do Equador, Quito, sobre um terreno de aproximadamente 4000 m2, em uma zona de pujante desenvolvimento imobiliário se levanta este novo ícone arquitetônico.

© Sebastián Crespo
© Sebastián Crespo

O projeto coloca conceitualmente como regentes, a ideia de Força, Segurança e Inovação, conceitos que são coerentes com a visão e a missão da corporação; gerando uma proposta constituída pela articulação dos volumes principais (um deles que fica voltado diretamente para o vulcão Pichincha) consolidando uma praça pública como aporte ao embelezamento e ornamento da cidade.

A extensão destes volumes para seus extremos gera sensorialmente um abraço de boas vindas aos usuários e visitantes devido a sia configuração espacial.

© Sebastián Crespo
© Sebastián Crespo

Os corpos se desenvolvem com o contraste da camada dupla do revestimento externo, uma leve de vidro que se assenta sobre pedra e uma sólida de muros cegos que se assenta sobre elementos de água. A grande superfície envidraçada se converte em um telão urbano de fundo, ao refletir a cidade e o perfil andino com o icônico vulcão Pichincha como protagonista. Os espelhos de água nas praças geram a reflexão dos envolventes sólidos, acentuando a edificação.

Cabe ressaltar que o edifício de 18000 m2 se implanta em apenas uns 30% da área do terreno, e em relação a sua altura máxima foram utilizados somente 5 dos oito andares construíveis neste setor; respeitando desta maneira a insersão e o impacto deste projeto no entorno imediato.

© Sebastián Crespo
© Sebastián Crespo

No interior o programa arquitetônico desenvolvido em cinco plantas altas e três em subsolo, constam, oficinas e espaços complementares (cafeteria e sala de capacitação) nas três primeiras plantas, ginásio, biblioteca e sala VIP na quarta planta e espaços destinados ao diretório na quinta planta.

Foram incorporados critérios de baixo consumo energético, reutilização de águas cinzas e seleção de materiais que tomam conta de aspectos ecológicos.

© Sebastián Crespo
© Sebastián Crespo

O projeto de interiores para as primeiras quatro plantas maneja uma linguagem coerente com o projeto externo e sua escala, através de espaços de transição com pé direito triplo como ante sala. Os espaços internos propõem áreas translúcidas e fluidas, graças a sua configuração e uso de materiais. a utilização de vidro (escuro de alta tecnologia para controle acústico e térmico) e painéis em metal (alumínio) como elementos de revestimento externo, se incorporam também no interior.

Planta Nivel 03
Planta Nivel 03

Mobiliários em superfícies envidraçadas escuras e acentos em aço inoxidável enfatizam esta ideia, em contraste com texturas e elementos decorativos quentes. Espelhos d`água, áreas verdes internas e vistas controladas complementam a proposta. O projeto de iluminação através de eixos definidos, que nascem da mesma arquitetura, aprofundam e projetam a forma da planta e se atam ao exterior gerando, à noite, uma leitura distinta da percebida de dia.

Corte Longitudinal
Corte Longitudinal

QBE Seguros Colonial levanta assim um projeto cuja limpeza e simplicidade definem uma tipologia com forte identidade e responsabilidade urbana.

Ver a galeria completa

Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato.
Sobre este escritório
Diego Guayasamin
Escritório
Cita: "QBE Seguros Colonial / Diego Guayasamin" [QBE Seguros Colonial / Diego Guayasamin] 21 Jul 2013. ArchDaily Brasil. (Trad. Márquez, Leonardo) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/128618/qbe-seguros-colonial-slash-diego-guayasamin> ISSN 0719-8906