O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Desenho Urbano
  4. Taiwan
  5. KAMJZ Architects
  6. 2013
  7. Centro Cultural de Taichung / KAMJZ Architects

Centro Cultural de Taichung / KAMJZ Architects

  • 20:00 - 10 Julho, 2013
  • por
  • Traduzido por Maria Julia Martins
Centro Cultural de Taichung / KAMJZ Architects
Centro Cultural de Taichung / KAMJZ Architects, Cortesia de KAMJZ Architects
Cortesia de KAMJZ Architects

O Centro Cultural Municipal de Taichung, proposto pelo grupo KAMJZ Architects, apresenta uma possibilidade de utilização recursos locais para a proteção do edifício e da própria localidade, transformando fatores limitantes em interessantes recursos de projeto. Com uma precipitação média anual de 2.500 milímetros, com clima bastante influenciado pela temporada de monções, Taiwan é um país que recebe uma grande quantidade de chuva. Portanto, os arquitetos estão se concentrando em uma agenda local de gestão da água - "Water Damper Towers" - cujos edifícios servirão de vitrine deste processo. Mais imagens e descrição dos arquitetos abaixo.

Cortesia de KAMJZ Architects Diagrama Cortesia de KAMJZ Architects Cortesia de KAMJZ Architects + 52

Taiwan foi oficialmente classificado pela ONU como um "país de déficit hídrico" com a quantidade de águas pluviais por pessoa atingindo apenas 1/6 da média mundial, onde a escassez de água geralmente aparece anualmente, entre março e maio. Devido à sua elevada população, sua topografia com colinas íngremes que direcionam a água para o mar, e a distribuição das chuvas concentrada e irregular, apenas 20% da água é aproveitada para o consumo, tornando-a um recurso precioso na ilha. Se as fontes de água não forem bem localizadas, os problemas citados acima continuarão a crescer.

Cortesia de KAMJZ Architects
Cortesia de KAMJZ Architects

Terremotos, a grande questão em Taiwan. Taiwan está em uma zona sísmica ativa, sobre o Anel de Fogo do Pacífico, no extremo oeste da Placa Geológica do Mar das Filipinas, com 42 falhas ativas identificadas nas suas ilhas. Os terremotos acontecem principalmente na costa leste causando poucos danos, mas alguns terremotos menores já provaram historicamente ser mais destrutivos. Entre 1901 e 2000 houve 91 grandes terremotos em Taiwan, 48 deles resultando em mortes. O grande terremoto mais recente foi o 921, em 21 de setembro de 1999, que resultou em 2.415 mortes. Monitorar os desastres em potencial não basta. O baixo padrão normativo da construção civil tem causado vítimas a cada grande terremoto. Embora muitos edifícios e instalações modernas em Taiwan são construídas levando consideração os terremotos, toda uma nova estratégia de melhorias na resistência contra terremotos precisa ser desenvolvida.

Cortesia de KAMJZ Architects
Cortesia de KAMJZ Architects

Para atingir os padrões Carbono Zero e Energy Plus e garantir a segurança dos edifícios, uma série de novos dispositivos tecnológicos estão sendo colocados em uso. Entretanto, estes padrões são caros e, por vezes, insustentáveis. No Centro Cultural Municipal de Taichung, propomos um edifício que, através do seu desempenho, reúne recursos, produz energia e, por fazer isso, se mostra resistente às condições ambientais hostis. Todos os fatores limitantes, como o superaquecimento e a poluição, serão combatidos de forma natural, com o vento e a água.

Diagrama
Diagrama

Mitigando Desastres: Resistência aos terremotos através da captação de água. Através da captação de água, o edifício é protegido dos desastres locais. Esta grande camada de água atuará como um mecanismo de defesa, um amortecedor dos efeitos dos terremotos. As ondas e o peso da água em movimento em um tanque fechado servem de contrapeso para as forças sísmicas e ajudam a regular a oscilação da estrutura. 

Cortesia de KAMJZ Architects
Cortesia de KAMJZ Architects

Retenção de recursos. Sustentabilidade na arquitetura é sempre inserida dentro de uma abordagem de cima para baixo, em que os edifícios recebem correções sustentáveis ​​para atingir a produção de energia. Para gerar um sistema energético ideal, o projeto precisa ter uma abordagem de baixo para cima. Toda a área do terreno pode e deve ser usada para captar água, visto que a melhor situação quanto a captação pluvial seria não haver edifício. 

Cortesia de KAMJZ Architects
Cortesia de KAMJZ Architects

Terraços de Água: Uma nova tipologia. O edifício seria construído como uma compilação de piscinas de concreto armado em terraços, formando um sistema de coleta de água da chuva - uma cadeia de coletores de água cujo início é uma praça elevada. O térreo seria livre e aberto, maximizando o ganho de água. A praça principal teria uma série de aberturas que levaria a água em direção às camadas do piso térreo.

Cortesia de KAMJZ Architects
Cortesia de KAMJZ Architects

Disformidade Pragmática como Conceito -  O movimento da água como inspiração da forma. A fachada foi projetada para ser esteticamente atraente e prática, com um grande foco na coleta e melhoria da qualidade da água. Ela possui uma série de formas fluidas e esculturais que potencializam o movimento natural da água, canalizando-a em terraços, agindo como um conjunto de grandes calhas que captam a água da chuva na parte superior e como reservatórios na parte de baixo do edifício, recolhendo o escoamento da água em constante movimento. Com isso, cria-se um ambiente de cultivo para pequenas plantas. O movimento das fachadas ajuda a água a fluir de forma natural. De todos os níveis ela é armazenada e transferida para o núcleo central, onde é filtrada em grandes tanques. Quando há muita água a ser captada por uma única piscina, o excedente cai até o próximo terraço ou para a praça principal.

Cortesia de KAMJZ Architects
Cortesia de KAMJZ Architects

Série de Atividades + Circulação Simplificada. Queremos que as funções do edifício vivam em torno da água. As torres são organizadas como um conjunto de espaços públicos, ao invés de terem uma única função, o que gera uma planta mais dinâmica e uma organização vertical mais eficiente. O fluxo de pessoas e de água estão intimamente ligados. 

Fachada
Fachada

Resfriamento e Reutilização. A água da chuva será captada na cobertura e nos terraços, passando pela fachada, que age como um dispositivo de refrigeração e traz luz difusa aos ambientes internos. A água excedente armazenada é utilizada nos banheiros e no sistema de combate a incêndios.

Diagrama 05
Diagrama 05

Reservatórios que atraiam o público. Os tanques de água na parte superior do Centro Cultural estão visualmente expostos, reforçando seus papeis como dispositivos à mostra que protegem os edifícios durante os terremotos, o que faz deles elementos atrativos para o público.

Arquitetos: KAMJZ Architects Localização: Taichung, Taiwan Cliente: Taichung City Arquiteto Responsável: Maciej Jakub Zawadzki Parceria: Marek Kuryłowicz Colaboração: Buro Happold Consultoria de Projeto: Prof. Ewa Kuryłowicz Equipe: Bartosz Świniarski, Michał Polak, Łukasz Wenclewski, Bogusz Ostalski, Zuzanna Góra, Magdalena Mularzuk Área construída: 63.000 m²  

Ver a galeria completa

Sobre este escritório
KAMJZ Architects
Escritório
Cita: Furuto, Alison. "Centro Cultural de Taichung / KAMJZ Architects" [City Cultural Center Competition Entry / KAMJZ Architects] 10 Jul 2013. ArchDaily Brasil. (Trad. Martins, Maria Julia) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/126471/centro-cultural-de-taichung-slash-kamjz-architects> ISSN 0719-8906