O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Arquitetura Paisagística
  4. Espanha
  5. EMF
  6. 2010
  7. Projeto de Restauro Tudela-Culip / EMF + Ardevol

Remodelaçao

Apresentado por the MINI Clubman

Projeto de Restauro Tudela-Culip / EMF + Ardevol

Projeto de Restauro Tudela-Culip / EMF + Ardevol
Projeto de Restauro Tudela-Culip / EMF + Ardevol, Cortesia de EMF
Cortesia de EMF

Cortesia de EMF Cortesia de EMF Cortesia de EMF Cortesia de EMF + 22

  • Arquitetos

    J/T ARDÉVOLS S.L. Ton Ardèvol
  • Localização

    Cadaqués, Girona, Espanha
  • Paisagismo

    Martí Franch
  • Ano do projeto

    2010
  • Colaboradores EMF

    Marta Bianchi, Monica Batalla, Adrià Alvarez, Gemma Batllori, , Claudia Gomes, Anna Lopez, Luis Ochoa, Emily Rivers, Mercè Solé, Céderic Paumier
  • Colaboradores Ardèvols

    Raul Álvarez, Cristina Carmona
  • Comissão

    Ministério de Me0io Ambiente, Meio Rural e Marinho. Generalitat de Catalunya.
  • Área Total

    90 ha
  • Mais informações Menos informações
Planta
Planta

Precedentes

Em 1960, Club Med foi construído na ponta leste da península Ibérica, em um dos cantos mais ventosos e mais expostos ao norte do país. Club Med foi construído como uma vila privada de férias com 400 apartamentos que acomodavam cerca de 900 visitantes no verão. A vida no Club Med era primitiva, e destinava-se a promover uma relação com a natureza. O projeto  é considerado um dos exemplos mais notórios do movimento moderno na costa do Mediterrâneo.

Estado Original
Estado Original
Estado Final
Estado Final

Com a ascensão da democracia e preservação ecológica, Cap de Creus foi declarado Parque Natural em 1998. O Cabo, incluindo os arredores do Club Med, recebeu o mais alto nível de proteção da terra por causa de seu excelente valor geológico e botânico. No verão de 2003 Club Med foi definitivamente fechado e, em 2005, os 200 hectare da propriedade foram adquiridos pelo Ministério do Meio Ambiente e um projeto de restauração foi realizado durante 2005 e 2007.

Cortesia de EMF
Cortesia de EMF

Em 2009-10, o Club Med foi "desconstruída", suas dinâmicas ecológicas reviveram e um uso inovador de projeto público foi iniciado para sua redescoberta. Por sua vez, o projeto tornou-se o maior projeto de desconstrução e restauração da costa do Mediterrâneo até hoje.

Cortesia de EMF
Cortesia de EMF

Aproximação

O projeto relaciona-se a um aspecto importante do que se trata a arquitetura da paisagem, que é identificar, revelar e, eventualmente, transformar um local, para se encaixar com o que já existe lá. Revelar e celebrar a paisagem "real" e suas especificidades.

Cortesia de EMF
Cortesia de EMF

Ao contrário do abstrato, que tenta neutralizar especificidade e estabelecer a universalidade do artefato, o literal, o real, conecta-se com a história, dando (elementos ou tecidos), a aura de autenticidade pela repetição, reflexão ou crítica. Ian McDougall.

Cortesia de EMF
Cortesia de EMF

Na verdade, o objetivo do projeto não era construir ou demolir a paisagem, mas de conceber as condições para sua apreensão. Para isso, o processo envolvido aprofundou-se no reconhecimento do local e em um novo levantamento topográfico preciso. Durante o processo de 5 anos, incluindo os 14 meses de trabalho, os projetistas andaram mais de 200 km no local, tiraram e estudaram mais de 15.000 fotografias, e receberam até 50 especialistas em diferentes áreas relacionadas com a restauração da natureza, buscando maneiras de otimizar a desconstrução, a recuperação da natureza dinâmica e a valorização social. A comissão foi aproximada como um processo aberto, permitindo a flexibilidade para integrar as descobertas seguindo as desconstruções. Por exemplo, a solução para melhorar um afloramento 'Pegmatite' na entrada foi encontrado e negociado com a construtora durante o trabalho.

Cortesia de EMF
Cortesia de EMF

Construtivamente uma abordagem minimalista foi tomada, reduzindo os materiais àqueles presentes no local, adicionando o aço corten por sua integração paisagística e sua resistência à exposição ao mar, utilizando apenas alguns detalhes de construção consistentes repetidos através do terreno. "Robustez" para uma paisagem que aceita pequenas intervenções.

Cortesia de EMF
Cortesia de EMF

Constructively a minimalist approach was taken, reducing materials to those on site plus Cor-ten steel, for its landscape integration and its resistance to sea exposure, and using only few consistent construction details repeated through the site. ‘Robustness’ for a landscape that accepts little domesticities.

Ver a galeria completa

Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato.
Sobre este escritório
EMF
Escritório
Ardevol
Escritório
Cita: "Projeto de Restauro Tudela-Culip / EMF + Ardevol" [Tudela-Culip Restoration Project / EMF + Ardevol] 21 Jun 2013. ArchDaily Brasil. (Trad. Souza, Eduardo) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/121414/projeto-de-restauro-tudela-culip-slash-emf> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.