O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Casas
  4. Chile
  5. LAARQ
  6. 2012
  7. Casa L / LAARQ

Casa L / LAARQ

Casa L / LAARQ
Casa L / LAARQ, Cortesia de LAARQ
Cortesia de LAARQ

Cortesia de LAARQ Cortesia de LAARQ Cortesia de LAARQ Cortesia de LAARQ + 29

  • Arquitetos

  • Localização

    Pichilemu, Chile
  • Arquitetos Responsáveis

    José Ignacio Letelier O., Laura Aldea Dalidet
  • Calculista

    Sebastián Silva Vargas
  • Construção

    Construcciones Carreño
  • Área Construída

    150.0 m²
  • Ano Projeto

    2012
Cortesia de LAARQ
Cortesia de LAARQ

Descrição enviada pela equipe de projeto. Pichilemu é uma das principais atrações de hoje no país, pois traz muitos surfistas estrangeiros, que, muitas vezes, ficam para sempre. Pichilemu é caracterizada pelo vento sul habitual que não permite confortáveis ​​terraços e pátios ao ar livre. Por sua vez, a visão principal é o elemento marcante do lugar, os Morros de Punta de Lobos, duas pedras enormes que são ícone internacional de surf, localizada a sudoeste da casa, na mesma direção em que o vento sopra.

Cortesia de LAARQ
Cortesia de LAARQ

O projeto propõe dois volumes juntos em forma de "L", onde o público é o volume de meio piso superior ao volume privado, conseguindo atingir o máximo permitido pelas regras da propriedade, que é de 4 metros de altura, e isto foi necessário para promover vista para o mar. Na junção de ambos os volumes está o acesso que é protegido por uma estrutura de aço corta-vento revestida em madeira.

Cortesia de LAARQ
Cortesia de LAARQ

A casa está orientada de tal maneira que forma proteções aos pátios e terraços do vento sul constante, incorporando no volume público as janelas que permitem a transparência para continuar apreciando as vistas para o mar. No verão é possível controlar a ventilação da casa abrindo e fechando as janelas. Além disso, esta mesma orientação ajuda a melhor utilizar a luz ao longo do dia e a manter o aquecimento da casa e uma temperatura mais alta durante as primeiras horas da noite.

Cortesia de LAARQ
Cortesia de LAARQ

Aproveitando a altura do volume público, abaixo dele se localiza uma ducha e um local para guardar pranchas de surf, um ambiente para a chegada da praia. Este ambiente pode ser usado como uma extensão do pátio, onde existe um espaço para convivência com um fogareiro (típico de Pichilemu), também protegido do vento. O volume dos dormitórios está voltado para o leste para aproveitar o calor do sol da manhã e recarregar as energias para seus donos para todo o dia. 

Cortesia de LAARQ
Cortesia de LAARQ

O investidor deste projeto viu um grande potencial da área, baseado em um estereótipo típico de cliente desse lugar: pensando de um surfista chileno ou estrangeiro, de meia-idade, de qualquer maneira a casa está adaptada às necessidades de outros usuários também. Em seu interior se faz um jogo com os revestimentos, com madeira natural (verniz natural, sem brilho) e madeira pintada branca, para fazer a diferença entre paredes, pisos e teto.

Cortesia de LAARQ
Cortesia de LAARQ

As estruturas de pinho fazem o isolamento do teto, das paredes e dos pisos. As vigas são duplas para diminuir o movimento gerado pelo vento. No volume público a estrutura é resolvida com sete pilares de madeira alinhados em dois eixos, onde passam duas vigas de aço para vencer distâncias de 3 metros. A cobertura é composta por treliças de madeira estrutural e uma manta asfáltica. As calhas de chuva estão escondidas em paredes interiores.

Cortesia de LAARQ
Cortesia de LAARQ

Planta
Planta

Ver a galeria completa

Sobre este escritório
LAARQ
Escritório
Cita: "Casa L / LAARQ" [Casa L / LAARQ] 04 Jun 2013. ArchDaily Brasil. (Trad. Helm, Joanna) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/118106/casa-l-slash-laarq> ISSN 0719-8906