O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Laboratório
  4. Espanha
  5. Taller Básico de Arquitectura
  6. 2010
  7. Laboratórios Biokilab / Taller Básico De Arquitectura

Laboratórios Biokilab / Taller Básico De Arquitectura

Laboratórios Biokilab / Taller Básico De Arquitectura
© José Manuel Cutillas
© José Manuel Cutillas
  • Arquitetos

  • Localização

    01510 Miñano Mayor, Álava, Espanha
  • Arquitetos Responsáveis

    Javier Pérez Herreras, Javier Quintana De Uña
  • Área

    3428.0 m²
  • Ano do projeto

    2010

© José Manuel Cutillas © José Manuel Cutillas © José Manuel Cutillas © José Manuel Cutillas + 20

  • Colaboradores

    Javier Pérez Herreras, Javier Quintana De Uña, Edurne Pérez Díaz De Arcaya, Xabier Ilundain Madurga, Leire Zaldua Amundarain, David Santamaria Ozcoidi, Laura Elvira Tejedor
  • Gerente de Construção

    Javier Pérez Herreras, Javier Quintana De Uña, Edurne Pérez Díaz De Arcaya
© José Manuel Cutillas
© José Manuel Cutillas

Dois volumes no ar e uma estrutura como arquitetura

O Parque Tecnológico de Vitoria está imerso na natureza. A qualidade do terreno e seu declive nos fazem questionar onde construir. O projeto é composto por duas caixas que ascendem ao declive existente e sua estrutura arquitetônica, suporte dessas caixas, origina um novo plano. Este novo local é assinado pela inovação deste centro de pesquisas. Ao investigarmos novas formas de acesso, determinamos nosso espaço a um novo nível, determinado por uma estrutura de quatro bases e colorida. Duas caixas ocas de concreto habitam este novo lugar na estrutura. Todo o complexo planando permanentemente revela uma nova gravidade. 

© José Manuel Cutillas
© José Manuel Cutillas

Anatomia Quadrúpede

A estrutura metálica que eleva as caixas é uma estrutura quadrúpede. Os dois elementos horizontais formam uma cruz inscrita no quadrado do inferior das caixas. Os lados destes pisos medem doze e treze metros, respectivamente. As vigas horizontais são duas IPE 500, onde repousam as caixas, evitando qualquer bloqueio. Por conseguinte, a estrutura é visível na sua totalidade. As extremidades das vigas juntam quatro elementos verticais, cada, que se tornam as pernas desta anatomia quadrúpede. Os pilares são tão largos quanto as vigas, conseguindo uma continuidade que faz com que todas as partes sejam entendidas como um único elemento. A variação de comprimentos das pernas é necessária devido à elevação das caixas sobre o declive, que permanece inalterado. Cada parte desta estrutura quadrúpede é pintada em vermelho escuro.

© José Manuel Cutillas
© José Manuel Cutillas

A estrutura da caixa

As caixas de concreto, que, como dito anteriormente, repousam sobre a estrutura quadrúpede tem a intenção de evitar a alteração da natureza. A caixa é pensada como uma segunda estrutura que substitui paredes com vigas e teto com lajes duplas. As faces verticais da caixa são vigas tão altas quanto o pé direito. Estas vigas-parede tem apenas uma abertura, definida pelas dimensões máximas que permitem que as vigas funcionem corretamente. A face horizontal da caixa é uma  laje dupla reforçada. Do lado de fora, a estrutura de concreto é visível em todas as faces da caixa. No interior, placas de gesso cobrem a estrutura. A moldura da janela, desenhada como uma única linha, fica escondida entre as duas folhas. Seu desaparecimento permite uma relação simultânea entre a face superior e posterior do volume. O vão entre as folhas, tanto em paredes quanto em lajes, contém todos os sistemas de construção, como encanamento, eletricidade, voz e dados. Esta rede de sistemas resolve a flexibilidade requerida pelo escritório para sua transformação contínua.

Planto Pavimento Térreo
Planto Pavimento Térreo

Ver a galeria completa

Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato.
Sobre este escritório
Taller Básico de Arquitectura
Escritório
Cita: "Laboratórios Biokilab / Taller Básico De Arquitectura" [Biokilab Laboratories / Taller Básico De Arquitectura] 07 Jun 2013. ArchDaily Brasil. (Trad. Delaqua, Victor) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/116971/laboratorios-biokilab-slash-taller-basico-de-arquitectura> ISSN 0719-8906