O site de arquitetura mais visitado do mundo
Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Arquitetura Paisagística
  4. Portugal
  5. Álvaro Siza Vieira
  6. 1966
  7. Clássicos da Arquitetura: Leça Swimming Pools / Alvaro Siza

Clássicos da Arquitetura: Leça Swimming Pools / Alvaro Siza

Clássicos da Arquitetura: Leça Swimming Pools / Alvaro Siza
Clássicos da Arquitetura: Leça Swimming Pools / Alvaro Siza

Clássicos da Arquitetura: Leça Swimming Pools / Alvaro Siza Clássicos da Arquitetura: Leça Swimming Pools / Alvaro Siza Clássicos da Arquitetura: Leça Swimming Pools / Alvaro Siza Clássicos da Arquitetura: Leça Swimming Pools / Alvaro Siza + 18

  • Arquitetos

  • Localização

    Leça de Palmeira, Portugal
  • Arquiteto

    Alvaro Siza
  • Referências

    Galinsky, Architecture Projects
  • Ano do projeto

    1966

A praia Leça de Palmeira está no litoral de Matosinhos, uma pequena cidade a norte de Porto. Concluído em 1966, o Complexo de Piscinas de Leça é um dos mais reconhecidos projetos iniciais de Alvaro Siza, um projeto que se combina a uma formação natural sem ofusca-la.

O complexo de piscinas de Leça consiste em vestiários, um café e duas piscinas, uma para adultos e outra para crianças. Está localizado entre o Oceano Atlântico e o acesso da rodovia que segue a costa, mas está implantando quase que completamente fora de vista. Ao afundar o edifício atrás da rodovia, têm-se uma desconexão entre as piscinas e a infraestrutura da cidade. As piscinas chegam ao oceano e misturam-se com as piscinas naturais presente ao longo da costa.

Entra-se por uma suave rampa de concreto paralela à estrada. Ao andar pelo corredor, passando pelos vestiários e duchas, as paredes ásperas de concreto começam a obscurecer as vistas tanto do tráfego quanto do oceano à frente. Sem vistas, o oceano torna-se apenas audível, e essa transição entre a estrada e o mar é capturada em uma experiência sensorial dentro do edifício.

Ao sair dos vestiários, entra-se em uma série de plataformas. Olhando para trás, a primeira visão do edifício, agora abaixo do nível da rua. A cor das paredes de concreto é um tom mais claro que a pedra natural, marcando o que é construção e o que é natural.

Virando-se para o mar, a água torna-se novamente a visão dominante e as piscinas aparecem  entre o vasto oceano e o complexo. A piscina para crianças é ligada a uma parede curva de concreto em uma borda, e a uma ponte e grandes rochas em outra. Localizada mais para o interior. 

Já a piscina de adultos parece estar dentro do mar. Conformada por baixas paredes de concreto, formações rochosas naturais estão espalhadas ao longo de suas bordas. O nível da água da piscina parece sempre ser o mesmo que o do mar, ilusão que conecta e insere a piscina no mar. Essa indefinição intencional confunde a compreensão real do limite criado, e assim, aumenta visualmente a extensão do espaço. 

Nas piscinas de Leça, Siza demonstra uma conexão com o natural, mantendo a individualidade de sua intervenção. O projeto é internacionalmente reconhecido e ainda hoje mantém sua integridade e um popular local de retiro.





Ver a galeria completa

Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato.
Sobre este escritório
Cita: Balters, Sofia. "Clássicos da Arquitetura: Leça Swimming Pools / Alvaro Siza" [AD Classics: Leça Swimming Pools / Álvaro Siza Vieira] 22 Mai 2013. ArchDaily Brasil. (Trad. Holanda, Marina) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/115453/classicos-da-arquitetura-leca-swimming-pools-slash-alvaro-siza> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.