Museu Madinat Al Zahara / Nieto Sobejano Arquitectos

Museu Madinat Al Zahara / Nieto Sobejano Arquitectos

© Roland Halbe© Fernando Alda © Fernando Alda © Fernando Alda + 17

Córdoba, Espanha
  • Colaboradores:Carlos Ballesteros, Pedro Quero, Juan Carlos Redondo
  • Arquiteto Técnico:Miguel Mesas Izquierdo
  • Engenheiro Mecânico:Geasyt, S.A.
  • Modelos:Nieto Sobejano Arquitectos, S.L.P. Juan de Dios Hernández - Jesús Rey
  • Arquiteto Encarregado:Fuensanta Nieto, Enrique Sobejano
  • Arquiteto Do Projeto:Miguel Ubarrechena
  • Cidade:Córdoba
  • País:Espanha
Mais informaçõesMenos informações
© Fernando Alda 
© Fernando Alda 

Descrição enviada pela equipe de projeto. As ruínas da antiga cidade hispano-muçulmana sugerem um diálogo com aqueles que, mil anos atrás, a conceberam e construíram, mas também um diálogo com o paciente trabalho dos arqueologistas e com a paisagem agrária de seu entorno, para a qual a geometria das ruínas forneceu uma qualidade abstrata inesperada. O terreno do sítio arqueológico para o museu evoca, porém, sentimentos contrastantes. 

© Fernando Alda 
© Fernando Alda 

Por um lado, o desejo de descobrir um passado remoto permeia a paisagem e se estende por todo o caminho até as serras de Córdoba. Por outro lado, o crescimento desordenado das novas construções ocultou a antiga cidade. Nossa primeira reação quando chegamos ao local determinaria, à primeira vista, nossa proposta: não deveríamos construir naquela paisagem.

© Fernando Alda 
© Fernando Alda 

Em tamanha extensão de terra, ainda esperando por ser escavada, decidimos agir da mesma forma que um arqueologista: não construir nenhuma nova estrutura, mas encontrá-la abaixo do solo. Deste modo, o projeto revela o térreo de um museu subterrâneo que articula espaços em torno de uma seqüência de sólidos e espaços vazios, áreas cobertas e pátios que guiam os visitantes ao longo de seus itinerários. O hall principal leva a um amplo pátio quadrado que, assim como um claustro, organiza em torno de si os principais espaços públicos: cafeteria, loja, biblioteca e salas de exibição. Um longo e profundo pátio articula as áreas de uso privado: administração, oficinas de conservação e áreas de pesquisa. Um último pátio se estende para fora das áreas de exibição do museu. A concepção do projeto incorpora a possibilidade de uma futura expansão, possibilitando a criação de pavilhões como se fossem novas escavações. 

© Roland Halbe
© Roland Halbe

O novo museu estabelece quase imperceptivelmente um diálogo permanente com a arquitetura e a paisagem da antiga medina árabe. A planta do museu se assemelha à da cidade, os jardins evocam a geometria abandonada das escavações, os muros de concreto e os telhados de aço corten são reflexos do branco e vermelho das paredes da cidade secular. Luz, sombra, textura e matéria extraem a riqueza das ruínas arqueológicas. 

© Roland Halbe
© Roland Halbe

O Museu Madinal al-Zahra surge silenciosamente na paisagem, como se tivesse sido descoberto no subterrâneo, assim como acontece há séculos com a antiga cidade de Umayyad Caliphs.

Planta 01
Planta 01

Galeria do Projeto

Ver tudoMostrar menos

Localização do Projeto

Endereço:Córdoba, Espanha

Clique para abrir o mapa
Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato.
Sobre este escritório
Cita: "Museu Madinat Al Zahara / Nieto Sobejano Arquitectos" [Madinat Al Zahara Museum / Nieto Sobejano Arquitectos] 27 Abr 2013. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/01-110797/museu-madinat-al-zahara-slash-nieto-sobejano-arquitectos> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.