O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Crematório
  4. Espanha
  5. Sixto Marin Gavin
  6. 2011
  7. Funerária de Almudévar / Sixto Marin Gavin

Funerária de Almudévar / Sixto Marin Gavin

  • 15:00 - 30 Março, 2013
  • Traduzido por Gica Fernandes
Funerária de Almudévar / Sixto Marin Gavin
© Pedro Pegenaute
© Pedro Pegenaute

© Pedro Pegenaute © Pedro Pegenaute © Pedro Pegenaute © Pedro Pegenaute + 19

  • Colaboradores

    Alejandro Navarro Planas
  • Estrutura

    Pablo Choliz
  • Inspetor de Quantidade

    Jose Luis Olacia
  • Engenharia Mecânica

    Oscaproyecta
  • Construtora

    Copre S.L
  • Cliente

    Bernues 5 S.L
  • Superfície do terreno

    1003 m2
  • Orçamento

    410.000 €
© Pedro Pegenaute
© Pedro Pegenaute

Descrição enviada pela equipe de projeto. A cidade de Almudévar está na região de Huesca, 18 km a sudoeste da capital, e está assentada sobre uma montanha isolada.
O terreno do edifício ocupa uma esquina de uma área industrial (Polígono del Canal) na parte baixa da cidade, onde não há referências urbanas muito claras, e é cercado por instalações industriais. Esse local é bastante desconcertante para uma casa funerária, visitar este tipo de edifício é sempre difícil. Assim, o projeto teve que colocar uma atenção especial no caminho a pé que os visitantes fazem da rua para a funerária, para dizer adeus a seus entes queridos, a fim de permitir-lhes manter suas mentes desligadas de um contexto tão inadequado.

© Pedro Pegenaute
© Pedro Pegenaute

Com estas premissas, o prédio é projetado como um quadrado, como um objeto abstrato com um desenho e execução precisos, de modo que se destaca em silêncio entre os edifícios industriais pré-moldados da área.

© Pedro Pegenaute
© Pedro Pegenaute

O edifício foi colocado próximo às paredes do terreno, a fim de ampliar o espaço que separa as calçadas, colocando distância entre o próprio ambiente da casa funerária e a área industrial. A praça de entrada no canto nordeste do terreno foi concebida como uma continuação da urbanização existente. A vegetação e os móveis levam à entrada do edifício, colocando uma ordem de chegada aos visitantes através da criação de pontos de encontro diferentes, adequados para o reencontro de parentes e amigos. Mais uma vez, o objetivo do projeto é permitir uma transição tranquila entre o mundo exterior e o interior.

© Pedro Pegenaute
© Pedro Pegenaute

Da mesma forma, a funerária funciona como uma boneca Matryoshka, cada aposento contendo os outros, permitindo aos visitantes isolarem-se progressivamente do exterior, ao entrarem no edifício.

A entrada principal é colocada no vértice do quadrado, sob a projeção do edifício. O salão leva para a recepção, a sala de espera e a circulação de serviço. Ao longo de todo o caminho para a funerária, cada aposento dispõe de um nível maior de intimidade, graças à luz do dia, os materiais mais quentes e diminuindo o seu tamanho. Não há mudanças drásticas nas condições de atmosfera, como entendemos a sua continuidade como um elemento crucial para trazer serenidade para o interior da casa funerária.

© Pedro Pegenaute
© Pedro Pegenaute

Além disso, a disposição dos diferentes usos do edifício foi projetada para garantir que nunca o público e os passeios privados se encontrem.

Durante a noite, a iluminação artificial repete o efeito da luz do dia, de modo que a atmosfera permanece tão estável quanto possível. Assim, a iluminação da praça de entrada é exibida como parte do mobiliário e do próprio edifício.

Planta 01
Planta 01

Ver a galeria completa

Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato. Cita: "Funerária de Almudévar / Sixto Marin Gavin" [Tanatorio de Almudevar / Sixto Marin Gavin] 30 Mar 2013. ArchDaily Brasil. (Trad. Fernandes, Gica) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/105954/funeraria-de-almudevar-slash-sixto-marin-gavin> ISSN 0719-8906