Lançamento do livro: Praça das Artes

Lançamento do livro: Praça das Artes
Courtesy of Brasil Arquitetura
Courtesy of Brasil Arquitetura

Livro idealizado e realizado pela Brasil Arquitetura sobre a importante obra Praça das Artes que acaba de ser inaugurada no centro da cidade de São Paulo. O livro reúne imagens da região que datam do final do século XIX, fotografias de Nelson Kon e depoimentos de profissionais envolvidos no projeto e sua leitura.

"Desde a inauguração do Memorial da América Latina de Oscar Niemeyer em 1989, que São Paulo não tinha um edifício importante e com uma escala razoável acrescido ao seu património edificado. E lá se vão, portanto, mais de vinte anos". Com essa frase e considerações sobre o papel agregador do Sesc Pompéia, obra de Lina Bo Bardi que recém completou 30 anos, Guilherme Wisnik apresenta o conjunto arquitetônico Praça das Artes em livro homônimo que será lançado dia 18 de março (segunda-feira), às 19h30, na Praça.

O livro foi editado por Luciana Dornellas, Francisco Fanucci e Marcelo Ferraz - arquitetos da Brasil Arquitetura, empresa responsável pela execução do projeto, com pesquisa histórica, organização e design de Victor Nosek, fotografias de Nelson Kon e depoimentos de Nosek, do ex-Secretário Municipal da Cultura Carlos Augusto Calil, do jornalista Raul Juste Lores, do arquiteto e crítico Luis Antonio Jorge e dos autores do projeto Francisco Fanucci, Marcelo Ferraz e Marcos Cartum.

"Praça das Artes" conta uma história que começou em 1892, em torno do Teatro Polytheama, um barracão de zinco, madeira e chão de terra que chegou a ser palco para estrelas como Sarah Bernhardt, e hoje abre passagem para constelações inteiras de músicos, atores e bailarinos. O livro discorre também sobre os desafios do projeto, da execução da obra contemporânea e das expectativas sobre seu papel em um centro "doente".

"As situações às vezes se oferecem muito evidentes, às vezes não. A Praça das Artes é um projeto que nasce de uma situação muito intrincada, quase um desacerto da própria urbanização de São Paulo: é sobra do lote, o que não vingou, ou ficou obsoleto com as mudanças da vida urbana através dos anos. Neste caso a arquitetura foi se amoldando, colocando o conservatório como uma estrela, patrimônio - uma riqueza de quase cem anos atrás, branquinho e cercado de um concreto quase terra", lembra Marcelo Ferraz. E Francisco Fanucci conclui: "Muita coisa ali foi isso mesmo, uma arquitetura intestina que vai entrando pelas entranhas e se apropria dos vazios. A Praça das Artes foi uma apropriação de um lugar como ele estava e se ofereceu, mas ao mesmo tempo foi uma provocação de novas situações urbanas, uma preparação para futuras transformações naquele espaço urbano."

O arquiteto Marcos Cartum conta enfatiza que o projeto da Praça das Artes foi concebido não apenas para abrigar os Corpos Artísticos, as Escolas de Música e de Dança, o Museu e a administração do Teatro Municipal de São Paulo, mas mirou, a partir desse amplo e complexo programa, um objetivo muito maior: "criar um forte elemento transformador na área central da cidade – abandonada e desperdiçada desde os anos 1970." "O conjunto cultural foi projetado com a clara compreensão de que a demanda de construção do grande anexo do Teatro, a partir de uma quadra estrategicamente localizada, era de fato a oportunidade única para mudar a história do esquecido e maltratado centro novo paulistano", explica.

O lançamento do livro será no dia 18 de março de 2013, a partir das 19h30 no complexo Praça das Artes localizado na Avenida São Jjoão, 281, 1º andar, Centro, São Paulo.

Este evento foi enviado por um usuário de ArchDaily. Se você quiser, pode também colaborar utilizando "Enviar um evento". As opiniões expressas nos anúncios enviados pelos usuários archdaily não refletem necessariamente o ponto de vista de ArchDaily.

Cita: "Lançamento do livro: Praça das Artes" 07 Fev 2014. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/01-102344/lancamento-do-livro-praca-das-artes> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.