1. ArchDaily
  2. Zero Energy Design

Zero Energy Design: O mais recente de arquitetura e notícia

Architect Magazine lista os 50 melhores escritórios de arquitetura dos EUA de 2017

A Architect Magazine divulgou a edição de 2017 da Architect 50, sua lista dos 50 melhores escritórios de arquitetura dos Estados Unidos. Os rankings de 2017 baseiam-se em pontuações de três categorias: negócios, projeto e sustentabilidade. A lista deste ano conta com mais participantes do que nunca, com vários escritórios iniciantes no ranking atraindo muita atenção, incluindo o escritório classificado em primeiro lugar na categoria projeto, WORKac. O vencedor geral foi Skidmore, Owings & Merrill (SOM), que também se classificou entre os 10 melhores em design e sustentabilidade.

Veja os dez primeiros colocados em cada categoria, a seguir.

Harvard HouseZero - Um projeto que responde às mudanças climáticas

Como parte de um esforço global e interdisciplinar para combater as mudanças climáticas, os arquitetos estão dedicando recursos para otimizar a eficiência energética de edifícios antigos e novos. Este esforço é mais do que justificado, uma vez que os edifícios representam quase 40% das emissões do Reino Unido e dos EUA. Embora a sustentabilidade seja agora uma marca registrada de muitos novos projetos arquitetônicos, a ineficiência energética das estruturas dos séculos XVIII e XIX ainda contribui para as emissões globais de carbono em uma grande escala.

Para enfrentar o desafio da adaptação inteligente dos edifícios existentes, o Harvard Center for Green Buildings (CGBC) da Harvard University Graduate School of Design, em colaboração com Snøhetta e a Skanska Technology, está adaptando a sede do CGBC em uma fábrica de estrutura de madeira anterior a 1940, com o objetivo de criar um dos edifícios sustentáveis mais ambiciosos do mundo. HouseZero é conduzido por metas de desempenho intransigentes, como ventilação 100% natural, 100% de autonomia de luz natural e quase zero energia necessária para aquecimento e resfriamento. O resultado será um protótipo de ultra-eficiência, reduzindo a dependência de tecnologia intensiva em energia, criando simultaneamente um confortável ambiente interno.

Uma série de características incluem células fotovoltaicas, uma bomba de calor, lâminas de janela e um respiradouro solar. Image © SnøhettaA casa existente em madeira de 1940 se tornará a sede da CGBC. Image © SnøhettaApesar de suas disposições ambientais, a ZeroHouse também enfatiza o design amigável. Image Cortesia de Snøhetta/PlompmozesZeroHouse visa tornar-se completamente autônomo energeticamente. Image Cortesia de Snøhetta/Plompmozes+ 5

Solar Decathlon China 2013: Equipe de Israel apresenta casa solar inspirada em antigas tradições construtivas

O Solar Decathlon, também conhecido como “Olimpíadas de Arquitetura Sustentável,” é um concurso de projetos que acontece bienalmente e desafia 20 equipes acadêmicas a projetar, construir e operar casas solares independentes da rede de energia elétrica, acessíveis e atraentes. Os vencedores do concurso são aqueles que melhor combinam custo/benefício, apelo de mercado e qualidades de projeto com a otimização da energia de produção e máxima eficiência.

A edição de 2013 será a primeira a ter dentre os competidores uma equipe de Israel. A equipe pretende desenvolver e apresentar um método de planejamento e projeto no qual os edifícios respondam melhor à mudanças, com o potencial de serem desconstruídos, desmontados, transportados, modificados e reciclados. Valores relacionados ao meio ambiente, senso de comunidade e até da sociedade e cultura de Israel estão todos entrelaçados num projeto que tem como objetivo despertar a consciência destes quatro elementos e melhor incorporá-los na arquitetura Israelense.

Continue a leitura para informações sobre o projeto do Team Israel.