Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Nicolas Laisne Associes

Nicolas Laisne Associes: O mais recente de arquitetura e notícia

Sou Fujimoto e Laisné Roussel propõem torre de madeira em Bordeaux

19:00 - 17 Abril, 2016
Sou Fujimoto e Laisné Roussel propõem torre de madeira em Bordeaux, Vista Externa. Imagem © SOU FUJIMOTO ARCHITECTS + LAISNÉ ROUSSEL + RENDERING BY TÀMAS FISHER AND MORPH.
Vista Externa. Imagem © SOU FUJIMOTO ARCHITECTS + LAISNÉ ROUSSEL + RENDERING BY TÀMAS FISHER AND MORPH.

Atendendo a um convite feito pela cidade de Bordeaux em dezembro de 2015, Sou Fujimoto Architects e Laisné Roussel divulgaram sua proposta para “Canopia”: um complexo multifuncional que conta com uma torre residencial de madeira de 50 metros de altura e 199 residências, 3.770 m² de espaços para escritórios e 500 m² área comercial. A torre será uma das edificações de madeira mais altas do mundo.

Vista do apartamento. Imagem © SOU FUJIMOTO ARCHITECTS + LAISNÉ ROUSSEL + RENDERING BY TÀMAS FISHER AND MORPH. Vista da cobertura verde. Imagem © SOU FUJIMOTO ARCHITECTS + LAISNÉ ROUSSEL + RENDERING BY TÀMAS FISHER AND MORPH. Maquete. Imagem © Roberta Donatini Vista do terraço. Imagem © SOU FUJIMOTO ARCHITECTS + LAISNÉ ROUSSEL + RENDERING BY TÀMAS FISHER AND MORPH. + 21

NL*A divulga projeto de edifício corporativo ecológico na França

21:00 - 4 Dezembro, 2015
NL*A divulga projeto de edifício corporativo ecológico na França, Cortesia de Nicolas Laisné Associés
Cortesia de Nicolas Laisné Associés

O escritório Nicolas Laisné Associés (NL*A Paris) divulgou planos para seu novo Offices With Terraces, um edifício corporativo em Nice, França, que busca estabelecer um novo padrão de ambientes de trabalho bio-climáticos. O layout do edifício gira em torno da ideia de espaços de trabalho flexíveis que integram a paisagem dentro do edifício, mostrando uma abordagem ecologicamente consciente.

A organização do edifício foi invertida e as circulações e passagens - localizadas tipicamente no centro - deslocadas para as fachadas para liberar o espaço central. 

Cortesia de Nicolas Laisné Associés Cortesia de Nicolas Laisné Associés Cortesia de Nicolas Laisné Associés Cortesia de Nicolas Laisné Associés + 21

Equipe liderada por Sou Fujimoto é selecionada para projetar o Centro de Aprendizagem da École Polytechnique em Paris

21:00 - 14 Abril, 2015
Equipe liderada por Sou Fujimoto é selecionada para projetar o Centro de Aprendizagem da École Polytechnique em Paris, Cortesia de Sou Fujimoto Architects, Manal Rachdi OXO Architects e Nicolas Laisné Associates
Cortesia de Sou Fujimoto Architects, Manal Rachdi OXO Architects e Nicolas Laisné Associates

Com uma ideia baseada na "flexibilidade e abertura", Sou Fujimoto Architects, Manal Rachdi OXO Architects e Nicolas Laisné Associates foram selecionados como vencedores de um concurso para projetar o novo centro de aprendizagem da École Polytechnique na Université Paris-Saclay. A proposta vencedora, escolhida entre quatro finalistas, reunirá seis instituições no mesmo edifício: a École Polytechnique, o Institut Mines-Telecom, a AgroParisTech, o ENSTA ParisTech, o ENSAE ParisTech e o Institut d'Optique (IOGS).

Cortesia de Sou Fujimoto Architects, Manal Rachdi OXO Architects e Nicolas Laisné Associates Cortesia de Sou Fujimoto Architects, Manal Rachdi OXO Architects e Nicolas Laisné Associates Cortesia de Sou Fujimoto Architects, Manal Rachdi OXO Architects e Nicolas Laisné Associates Cortesia de Sou Fujimoto Architects, Manal Rachdi OXO Architects e Nicolas Laisné Associates + 16

"L'Arbre Blanc" - a torre multiuso de Sou Fujimoto em Montpellier

12:00 - 11 Novembro, 2014
"L'Arbre Blanc" - a torre multiuso de Sou Fujimoto em Montpellier, © RSI-studio
© RSI-studio

As autoridades de Montpellier escolheram o projeto "A Árvore Branca (L'Arbre Blanc) de Sou Fujimoto Architects, Nicolas Laisné Associés e Manal Rachdi Oxo architects como vencedor do concurso "Folie Arquitetônico do século 21". Inspirada na tradicional vida ao ar livre da cidade e nas propriedades eficientes de uma árvore, a torre de uso misto se "alimentará" dos recursos naturais encontrados no local a medida que se ergue à altura de 17 andares e conecta os novos e antigos distritos de Montpellier.