Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Museu Da Imagem E Do Som

Museu Da Imagem E Do Som: O mais recente de arquitetura e notícia

Metrópole Arquitetos vence o concurso nacional para a requalificação do MIS PRO no Rio de Janeiro

O trabalho de Silvio Oksman, Beatriz Vicino, Marjorie Nasser Prandini e Vito Macchione, do escritório Metrópole Arquitetos, de São Paulo, venceu o concurso nacional de projeto para a sede do Museu da Imagem e do Som (MIS PRO) na Lapa, no Rio de Janeiro. O resultado foi anunciado hoje, 5 de dezembro, em cerimônia realizada na sede do Departamento Rio de Janeiro do Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB-RJ). O autor do estudo preliminar vencedor será contratado, como consta no edital, para desenvolver os projetos executivo e complementares.

Promovido pela Secretaria de Estado de Cultura (SEC), com organização do IAB-RJ, o Concurso MIS PRO foi lançado no dia 23 de setembro e contou com 54 equipes inscritas.

Concurso de projeto para a requalificação do MIS do Rio de Janeiro

O Museu da Imagem e do Som (MIS) do Rio de Janeiro traçou para os próximos anos a meta de tornar-se referência mundial em cultura brasileira. O primeiro passo nessa direção foi dado com o anúncio da construção da nova sede do museu, em Copacabana, prevista para ser inaugurada no primeiro semestre de 2015.

A Secretaria de Estado da Cultura, à qual o MIS é vinculado, avançou em seus planos e lançou concurso nacional de arquitetura, organizado pelo IAB-RJ, para selecionar a melhor proposta de requalificação do prédio do MIS na Lapa. As bases do concurso estão disponíveis na página oficial e as inscrições já estão abertas.

O vencedor, além de receber o prêmio de R$ 50 mil, será contratado para desenvolver os projetos executivos e complementares.

Exposição do artista Ai Weiwei apresentada pelo MIS chega pela primeira vez ao Brasil

Intitulada “Ai Weiwei – Interlacing”, a mostra do artista chinês inédita em toda a América chega ao MIS - Museu da Imagem e do Som em São Paulo,a partir de fevereiro de 2013. Composta por centenas de fotografias e vídeos, a exposição tem entrada Catraca Livre.

O artista contemporâneo Ai Weiwei oi preso pelo regime comunista e libertado em junho do ano passado.Organizou como publicamos anteriormente em conjunto com Herzog & De Meuron o projeto do Serpentine Gallery Pavilion de 2012.

Conhecido por utilizar esculturas, fotografias e instalações para chamar atenção para supostas injustiças cometidas pelo regime chinês, em seus perfis em redes sociais, Ai Weiwei também costuma clamar por mais democracia e transparência em seu país, a China. Manteremos vocês informados!