Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Manal Rachdi Oxo Architects

Manal Rachdi Oxo Architects: O mais recente de arquitetura e notícia

Equipe liderada por Sou Fujimoto é selecionada para projetar o Centro de Aprendizagem da École Polytechnique em Paris

21:00 - 14 Abril, 2015
Equipe liderada por Sou Fujimoto é selecionada para projetar o Centro de Aprendizagem da École Polytechnique em Paris, Cortesia de Sou Fujimoto Architects, Manal Rachdi OXO Architects e Nicolas Laisné Associates
Cortesia de Sou Fujimoto Architects, Manal Rachdi OXO Architects e Nicolas Laisné Associates

Com uma ideia baseada na "flexibilidade e abertura", Sou Fujimoto Architects, Manal Rachdi OXO Architects e Nicolas Laisné Associates foram selecionados como vencedores de um concurso para projetar o novo centro de aprendizagem da École Polytechnique na Université Paris-Saclay. A proposta vencedora, escolhida entre quatro finalistas, reunirá seis instituições no mesmo edifício: a École Polytechnique, o Institut Mines-Telecom, a AgroParisTech, o ENSTA ParisTech, o ENSAE ParisTech e o Institut d'Optique (IOGS).

Cortesia de Sou Fujimoto Architects, Manal Rachdi OXO Architects e Nicolas Laisné Associates Cortesia de Sou Fujimoto Architects, Manal Rachdi OXO Architects e Nicolas Laisné Associates Cortesia de Sou Fujimoto Architects, Manal Rachdi OXO Architects e Nicolas Laisné Associates Cortesia de Sou Fujimoto Architects, Manal Rachdi OXO Architects e Nicolas Laisné Associates + 16

"L'Arbre Blanc" - a torre multiuso de Sou Fujimoto em Montpellier

12:00 - 11 Novembro, 2014
"L'Arbre Blanc" - a torre multiuso de Sou Fujimoto em Montpellier, © RSI-studio
© RSI-studio

As autoridades de Montpellier escolheram o projeto "A Árvore Branca (L'Arbre Blanc) de Sou Fujimoto Architects, Nicolas Laisné Associés e Manal Rachdi Oxo architects como vencedor do concurso "Folie Arquitetônico do século 21". Inspirada na tradicional vida ao ar livre da cidade e nas propriedades eficientes de uma árvore, a torre de uso misto se "alimentará" dos recursos naturais encontrados no local a medida que se ergue à altura de 17 andares e conecta os novos e antigos distritos de Montpellier.