Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Laje Jardim

Laje Jardim: O mais recente de arquitetura e notícia

Como incorporar jardins e hortas em projetos residenciais

Os jardins internos podem contribuir com importantes benefícios para a vida doméstica, variando da beleza estética à melhoria da saúde e da produtividade. Pesquisas mostraram que plantas nos interiores das edificações ajudam a eliminar os poluentes do ar, os chamados de compostos orgânicos voláteis (COV), liberados de colas, móveis, roupas e solventes, conhecidos por causar doenças. Eles também aumentam as percepções subjetivas de concentração e satisfação, bem como medidas objetivas de produtividade. Jardins internos podem até reduzir o uso de energia e os custos devido à menor necessidade de circulação de ar. Esses benefícios complementam as óbvias vantagens estéticas de um jardim bem projetado, tornando o jardim interno um recurso residencial atraente em várias frentes.

Courtesy of TAA DESIGN © BK © Rafael Gamo Hydroponic gardening. Image © Needpix user naidokdin + 42

Quais materiais mantêm os edifícios frescos (substituindo o ar condicionado)?

O ar condicionado não é apenas algo caro; também é terrível para o meio ambiente. Contabilizando 10% do consumo global de energia atualmente, o resfriamento dos ambientes foi responsável, somente em 2016, pela emissão de 1.045 toneladas de CO2. Espera-se que este número aumente, com a Agência Internacional de Energia estimando que o resfriamento atingirá 37% da demanda total de energia do mundo até 2050.

Renzo Piano's California Academy of Sciences. Image © Tim Griffith A-cero's Concrete House II. Image © Luis H. Segovia Ambrosi I Etchegaray's Spa Querétaro é um exemplo contemporâneo de um recurso de água centralizado e pátio. Image © Luis Gordoa Cooper Scaife Architects' Leura Lane, que apresenta um telhado de habilidade refletivo e levemente colorido projetado para sombra de verão. Image © John Wilson + 10

Cobe projeta novo centro de visitantes e produção da cervejaria LERVIG da Noruega

Em breve, os moradores de Stavanger, Noruega, poderão o processo de fabricação da cerveja LERVIG em seu novo centro de visitantes e produção projetado pelo escritório dinamarquês COBE. Localizado em um antigo pier industrial, o edifício oferecerá uma série de novos serviços e espaços no centro de Stavanger, como jardins e um mercado de rua. Destes pontos, os visitantes poderão observar os tanques e o processo e fermentação acontecendo no interior do edifício.