Casa Jardim / Baracco+Wright Architects

Casa Jardim / Baracco+Wright Architects

© Rory Gardiner© Rory Gardiner© Rory Gardiner© Rory Gardiner+ 6

  • Equipe De Projeto:Louise Wright, Mauro Baracco, Catherine Horwill
  • Arquitetos:Baracco+Wright Architects
Mais informaçõesMenos informações
© Rory Gardiner
© Rory Gardiner

Descrição enviada pela equipe de projeto. Esta casa experimental de Boon Wurrung foi concebida por meio da sua inclusão na reparação do ecossistema do local. A sua arquitetura é uma das relações que revisitam uma teoria do espaço, desta vez nos termos do seu lugar físico e da vida local. Ela é feita com uma mistura de elementos industrializados (a estrutura de aço) e outros manufaturados (estrutura de madeira). O mais fino dos limites físicos, a folha de policarbonato, mantém a transparência normalmente negada por um edifício destinado à manutenção da vida.

Planta
Planta

Limites espaciais não são alcançados em termos arquitetônicos usuais (paredes, janelas e quartos, teto e piso), mas feitos pela vegetação em ambos os lados da camada de policarbonato, talvez não exatamente uma parede - mas junto com a vegetação, a parede definida começa no interior com o limite horizontal semelhante a um fosso alcançado através da forma como o piso elevado termina perto do policarbonato. O deck elevado é outro limite expandido, desta vez com o solo - permitindo que o solo não vedado e as águas na época das cheias continuem. A janela que emoldura a relação de um interior com a natureza está ausente. A ontologia é quase plana - a natureza não está confinada a contêineres ou trazida para dentro. Essa qualidade de espaço é evidente na técnica fotográfica de Rory Gardiner, onde os quadros são frequentemente substituídos por imagens que preenchem a vista sem bordas, de modo que às vezes não fica claro se você está olhando para dentro ou para fora.

© Rory Gardiner
© Rory Gardiner

A tenda tem sido frequentemente uma referência para Baracco + Wright e este edifício pode ser pensado como um pouco mais do que uma tenda: um deck e plataforma elevada, coberta por um 'galpão' transparente, o perímetro interior é um jardim de vegetação espontânea, enquanto o espaço e as áreas de convivência são dinâmicos, embora sutilmente definidos espacialmente. O solo e uma linha de terreno natural são mantidos. No clima temperado do sudeste australiano, é um pouco frio e um pouco quente às vezes, mas geralmente confortável. A capacidade de ouvir o exterior é algo surpreendente nesta casa. A natureza é barulhenta. Ouvir permite que a pessoa se localize no espaço fora de seu próprio corpo.

© Rory Gardiner
© Rory Gardiner

A história natural do local impulsionou a tomada de decisão. O local faz parte de um corredor com sobras de vegetação densa entre pastagens desmatadas. Uma anomalia histórica, dá um vislumbre do que costumava estar lá, embora agora também seja alterado principalmente por meio de jardins domésticos, atividade humana e animal (não nativa). Restam pequenas manchas de vegetação endêmica, principalmente melaleuca, entre gramíneas ceifadas, espécies introduzidas e plantas consideradas invasoras. O local se conecta com sua vegetação vizinha e Westernport - uma grande baía. A estrada agora ocupa a posição de um riacho efêmero e, sendo em declive, a área pode ficar seca e úmida sazonalmente e pode inundar. Ele atua como um corredor de vida selvagem comprometido para os animais que viajam da Reserva de Conservação da Natureza de Gurdies para a costa, e talvez sustente com mais sucesso os pássaros.

© Rory Gardiner
© Rory Gardiner

Galeria do Projeto

Ver tudoMostrar menos
Sobre este escritório
Cita: "Casa Jardim / Baracco+Wright Architects" [Garden House / Baracco+Wright Architects] 19 Set 2021. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/968648/casa-jardim-baracco-plus-wright-architects> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.