Coworking-Marechal 1551 / Nuno Valentim, Arquitectura e Reabilitação, Lda.

Coworking-Marechal 1551 / Nuno Valentim, Arquitectura e Reabilitação, Lda.
© João Ferrand
© João Ferrand

© João Ferrand© João Ferrand© João Ferrand© João Ferrand+ 25

  • Área Área deste projeto de arquitetura Área:  546
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano:  2020
  • Fotógrafo Fotografias:  João Ferrand
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes: Knauf, AutoDesk, CIN, Celenit, HEWI, Oli, Osmo, Roca, Sanitana, Sika, Technal, Wedi, https://www.sanitana.com/pt
  • Arquitetos Responsáveis:Nuno Valentim e Margarida Ramos
  • Equipe De Projeto:Nuno Valentim, Margarida Ramos, Maria Ana S. Coutinho, Juliano Ribas e Gonçalo Morgado
  • Paisagismo:Paisagem Ilimitada, Arq. Cristina Marques - Paisagem Ilimitada
  • Engenharia:Eng.º Rui Póvoas, Eng.ª Isa Ângelo, Prof. Eng.º Vasco Peixoto de Freitas, Eng.º Pedro Gonçalves, Eng.º Miguel Portela, Eng.º Raúl Serafim, Eng.º Vasco Sampaio, Eng.ª Maria da Luz Santiago
  • Cidade:Porto
  • País:Portugal
Mais informaçõesMenos informações
© João Ferrand
© João Ferrand

Descrição enviada pela equipe de projeto. O lote localizado na Av. Marechal Gomes da Costa com 535m2 é constituído por um edifício principal de 3 pisos, anexo, garagem e um logradouro de 370m2. O projecto pressupôs a reabilitação e adaptação do edifício principal e a ampliação dos anexos para espaço co-work a par da requalificação dos espaços exteriores.

© João Ferrand
© João Ferrand
Planta - Térreo
Planta - Térreo
© João Ferrand
© João Ferrand

A estratégia adoptada para o projecto e a obra passaram por duas fases – quer por uma questão financeira decorrente do plano de implementação do coworking (foi possível arrancar com o funcionamento da casa principal logo após a sua reabilitação), quer pela natureza distinta do tipo de intervenção na casa e no anexo.

© João Ferrand
© João Ferrand
Perfil longitudinal
Perfil longitudinal

A primeira fase dos trabalhos a realizar foi concretizada no edifício principal através de uma intervenção cirúrgica, mantendo a estrutura da compartimentação e preservando, sempre que possível, os elementos arquitectónicos existentes (paredes interiores, caixilharia, vãos exteriores e interiores, guarnições de vãos, entre outros). Realizaram-se na prática, as acções de reabilitação e infraestruturação necessária ao espaço coworking.

© João Ferrand
© João Ferrand
© João Ferrand
© João Ferrand

O edifício existente data dos anos 40 e pertence a um período de transição construtiva, ainda com traços Português Suave. A construção encontrava-se em bom estado de conservação, permitindo a recuperação de elementos originais e a reintegração/reconstrução das floreiras e da pérgola sobre a varanda a sul que vieram a conferir unidade e coerência ao conjunto.

© João Ferrand
© João Ferrand
© João Ferrand
© João Ferrand

A segunda fase da intervenção abrangeu o anexo (demolição parcial do existente e da garagem e ampliação com nova edificação) e os arranjos exteriores. Os materiais empregues na edificação do anexo encontram-se no seu estado natural: betão aparente em paredes e lajes, estrutura leve envidraçada em alumínio à cor natural, painéis de fibra de madeira também à cor natural.

© João Ferrand
© João Ferrand

O projecto procurou tirar partido do logradouro enquanto jardim, espaço verde de trabalho e de lazer. Rebaixou-se ainda o piso interior do anexo de modo a permitir um contacto próximo com o jardim, para quem está a trabalhar. A cobertura parcialmente ajardinada contribuiu para a integração do anexo na envolvente, prolongando a vegetação proposta para o jardim.

© João Ferrand
© João Ferrand
Alçado e Seções
Alçado e Seções
© João Ferrand
© João Ferrand

A este propósito assinale-se a floreira que “nasce” no jardim e continua no interior do Anexo, prolongando-se até ao limite do logradouro e sala de reuniões. Propôs-se ainda manter as árvores existentes, complementando e enriquecendo o jardim com a plantação de novas espécies arbóreas, promovendo uma utilização valorizada do jardim. A acessibilidade de pessoas de mobilidade condicionada aos espaços coworking foi resolvida no rés-do-chão do novo anexo.

© João Ferrand
© João Ferrand

Este projecto para o Anexo, desenvolvido na 2ª fase, veio complementar a função do edifício principal reabilitado, permitindo assim a sua actualização funcional e a preservação dos valores arquitectónicos inerentes à edificação existente de meados do séc.XX, conciliando-o com o objectivo de potenciação da ocupação por usos qualificadores e dinamizadores da vivência urbana.

© João Ferrand
© João Ferrand

Galeria do Projeto

Ver tudoMostrar menos
Sobre este escritório
Cita: "Coworking-Marechal 1551 / Nuno Valentim, Arquitectura e Reabilitação, Lda." 17 Ago 2021. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/966926/coworking-marechal-1551-nuno-valentim-arquitectura> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.