Casa Mat / Mutar

Casa Mat / Mutar

© Marcos Guiponi© Marcos Guiponi© Marcos Guiponi© Marcos Guiponi+ 26

Garzón, Uruguai
  • Arquitetos: Mutar
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área:  120
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano:  2020
  • Fotógrafo Fotografias:  Marcos Guiponi
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes: Anibal ABBATE, AutoDesk, Baldosas La Virgen, Bosch & Cia, Coin vert, Maguinor Maderas, Mileto Piscinas Spa Saunas, Sanitarios Ferrum, Trimble Sketchup
  • Equipe De Projeto:Natalia Kahanoff, Lucila Ottolenghi, Luciana Casoy
  • Gestão De Obra:Pedro Luro
  • Colaboradora:Marina Di Fonzo
  • Cidade:Garzón
  • País:Uruguai
Mais informaçõesMenos informações
© Marcos Guiponi
© Marcos Guiponi

Descrição enviada pela equipe de projeto. Orientação - território
A casa está localizada em um terreno plano com uma paisagem aberta e frondosa. Ela está implantada de modo que sua vista mais ampla esteja de frente para um reservatório de água natural pré-existente. Esta decisão cria a dificuldade de abrir as vistas para o sul. É por isso que a grande cobertura que costura a maior parte dos espaços, tem uma grande inclinação gerando uma pé direito duplo ao norte para garantir uma melhor incidência solar e uma altura mínima ao sul enquadrando a paisagem.

© Marcos Guiponi
© Marcos Guiponi
Situação
Situação
© Marcos Guiponi
© Marcos Guiponi

Materialidade construtiva
A casa foi projetada a partir de uma lógica construtiva e uma variação de 5 seções. Em relação ao sistema construtivo, se configura uma combinação entre dois sistemas autoportantes que respondem às diversas situações e experiências domésticas.

© Marcos Guiponi
© Marcos Guiponi
© Marcos Guiponi
© Marcos Guiponi
Planta
Planta
Cortes
Cortes
© Marcos Guiponi
© Marcos Guiponi

Por um lado, uma estrutura de madeira composta de elementos pontuais forma um esqueleto no exterior que permite diferentes situações (pergolado - plataforma do deque - canteiros de flores). Esta mesma estrutura se desdobra para formar o plano do teto inclinado para acomodar programas mais flexíveis (quarto satélite - acesso à galeria - sala de escritório - sala de estar - área para churrasco).

© Marcos Guiponi
© Marcos Guiponi

Por outro lado, o sistema úmido de blocos de concreto com cobertura plana para conter um pacote programático mais específico (banheiros - depósito - sala - pavilhão - cozinha).

© Marcos Guiponi
© Marcos Guiponi

Sequência através das seções
A primeira seção configura a sala satélite representando o mínimo possível de célula habitável. Sua forma corresponde a um espaço com um teto de madeira inclinado e sua conexão com o banheiro se dá através do depósito.

© Marcos Guiponi
© Marcos Guiponi

A segunda seção permite duas entradas possíveis através de uma rota semi-coberta com o objetivo de gerar espaços de transição. Uma passagem estreita com paredes cegas enquadra a paisagem enquanto o teto de policarbonato nervurado transparente permite a entrada de luz zenital.

© Marcos Guiponi
© Marcos Guiponi

A próxima seção é a de maior profundidade. Nela, a galeria aparece como um espaço intermediário e está conectada ao pavilhão através de uma janela. Este ambiente tem painéis dobráveis que permitem que seja integrado ao resto da casa ou fechado para gerar maior intimidade e também para funcionar como quarto de hóspedes. Em seu final, através do banheiro, o pavilhão aparece como o único espaço com visuais diferentes das demais da casa. Ele contém uma extensa plataforma de madeira que permite que os colchões sejam dispostos sobre ela de diferentes maneiras.

© Marcos Guiponi
© Marcos Guiponi

A quarta seção contém as áreas comuns da casa: sala de estar, sala de jantar e cozinha. Ao sul, há um banco de madeira que emoldura a paisagem. Na outra extremidade, a cozinha é integrada como um bar contido na espessura da parede com teto plano. Os pilares de madeira delimitam este espaço enquanto distribuem os 3 módulos funcionais necessários para suas atividades.

© Marcos Guiponi
© Marcos Guiponi

A última variação repete a estrutura do telhado com um teto transparente para criar o espaço semi-coberto do churrasco. O pavilhão se expande em direção à paisagem aberta contida pela estrutura que serve como suporte para possíveis ampliações futuras.

© Marcos Guiponi
© Marcos Guiponi

Galeria do Projeto

Ver tudoMostrar menos
Sobre este escritório
Escritório
Cita: "Casa Mat / Mutar " [Casa Mat / Mutar ] 21 Jul 2021. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/965418/casa-mat-mutar> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.