Jardim Botânico de Taiyuan / Delugan Meissl Associated Architects

Jardim Botânico de Taiyuan / Delugan Meissl Associated Architects

© CreatAR© CreatAR© CreatAR© CreatAR+ 39

  • Área Área deste projeto de arquitetura Área:  54
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano:  2021
  • Fotógrafo Fotografias:  CreatAR
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes: StructureCraft
  • Coordenador Do Projeto:Sebastian Brunke, Diogo Teixeira
  • Equipe De Projeto:Maria Dirnberger, Volker Gessendorfer, Bernd Heger, Tom Peter-Hindelang, Klara Jörg, Rangel Karaivanov, Leonard Kern, Kinga Kwasny, Toni Nachev, Martin Schneider, Petras Vestartas
  • Coordenação:Yiju Ding
  • Engenheiro Estrutural:Bollinger + Grohmann Ingenieure, StructureCraft
  • Instalações Elétricas E Hidráulicas:Cody Energy Design
  • Paisagismo:Valentien+Valentien Landschaftsarchitekten und Stadtplaner SRL
  • Cidade:Taiyuan
  • País:China
Mais informaçõesMenos informações
© CreatAR
© CreatAR

Descrição enviada pela equipe de projeto. O projeto foi lançado com o ambicioso objetivo de transformar uma antiga área de mineração de carvão em um jardim botânico, que não apenas configura um modelo de paisagismo essencial na China, mas também contém uma infraestrutura, que pode ser usada para pesquisas e oferecer às pessoas acesso a informações sobre os ecossistemas naturais. A necessidade politicamente declarada de criar áreas de lazer de alta qualidade dentro ou perto das cidades, e de encontrar formas de controlar o grande número de visitantes, configurou a base para a definição de um programa espacial. Isso previa não apenas a criação do jardim botânico, mas também a construção de um edifício de acolhimento central, que abriga um museu da natureza, instalações administrativas, três estufas, um restaurante, um museu de bonsai e um centro de pesquisa associado a uma biblioteca, além de acomodação para funcionários.

© CreatAR
© CreatAR
Vista Aérea
Vista Aérea
© CreatAR
© CreatAR

A peça central dos edifícios, inseridos com grande precisão na topografia modelada, consiste em três estufas, projetadas como três cúpulas de treliça hemisférica de madeira. A construção destas estufas exigiu a junção de um know-how técnico nas áreas de projeto energético, desempenho térmico, integridade estrutural e envidraçamento, bem como em sua montagem e logística. Com um vão livre de mais de 90 metros, a maior das três cúpulas é uma das maiores estruturas de treliça de madeira em todo o mundo. Os três volumes consistem em vigas de madeira laminada de curvatura dupla, sendo dispostas em duas ou três camadas que se cruzam. As cúpulas são envidraçadas com vidros duplos curvos, alguns dos quais incluem janelas que podem ser abertas. As vigas principais das estruturas de madeira que, vistas de cima, se assemelham a conchas, são fortemente prensadas no lado norte da base e se espalham para o sul, criando uma translucidez estruturalmente variada, que otimiza o ganho solar. O conhecimento detalhado das condições climáticas locais, as demandas térmicas no interior da estrutura, a eficiência estrutural e a disponibilidade de recursos de construção adequados foram parâmetros-chave para minimizar com sucesso a pegada ecológica.

© CreatAR
© CreatAR

A decisão precoce do escritório DMAA, de usar a madeira da forma mais ampla possível neste projeto, permitiu não apenas uma extensa pré-fabricação, mas também uma alta qualidade de execução, enquanto possibilitou uma linha rica de associações históricas potenciais.

© CreatAR
© CreatAR
© CreatAR
© CreatAR

O edifício de acolhimento, abordado a partir da rua de acesso, através de um grande pátio, conduz os visitantes por uma escada aberta. A escada cruza o volume principal através de uma abertura circular na laje, direcionando os visitantes para um enorme terraço, em que podem observar todo o parque e tomar consciência da dupla função do edifício, como interface entre arquitetura e a paisagem. A viga em balanço eleva-se acima dos trechos molhados, no coração do parque e direciona os visitantes para as três estufas nos jardins botânicos.

© CreatAR
© CreatAR
© CreatAR
© CreatAR
© CreatAR
© CreatAR

Os terraços do museu do bonsai, dispostos em círculos concêntricos, fornecem a estrutura de construção para a precisa apresentação de uma característica do Extremo Oriente. A promenade percorrida pelos visitantes reflete o princípio de uma paisagem natural domesticada. Assim como as poderosas cúpulas das estufas, a base do museu do bonsai também reage dinamicamente com a topografia modelada da paisagem e a superfície da piscina.

© CreatAR
© CreatAR
Planta Térrea - Museu Bonsai
Planta Térrea - Museu Bonsai

O centro de pesquisa abriga laboratórios, estúdios, prédios de escritórios, oficinas, salas de reuniões, salas de aula e uma biblioteca, sendo dividido em vários pavilhões de diferentes tamanhos, que estão ligados entre si por meio de um bloco comum de conexão ao nível do solo.

© CreatAR
© CreatAR

A articulação escultural do conceito geral é baseada em estruturas de cobertura de madeira tradicionais chinesas, às quais tentam fazer jus ao reinterpretar sua lógica estrutural e geométrica. O restaurante e a casa de chá são um exemplo perfeito da aplicação dos princípios de camadas de suporte de carga sobrepostas e entrelaçadas, através da criação de degraus e escala, adicionando ou removendo camadas próximas a suportes, ou bordas, de forma a brincar com as relações proporcionais entre estrutura e espaço.

© CreatAR
© CreatAR
© CreatAR
© CreatAR

O diálogo constante entre o interior, o exterior e a sutil articulação arquitetônica da composição com a paisagem, se refletem na modelagem escultórica do jardim botânico, que se funde organicamente com a infraestrutura construída.

© CreatAR
© CreatAR

Galeria do Projeto

Ver tudoMostrar menos

Localização do Projeto

Endereço:Jinyuan District, Taiyuan, Shanxi, China

Clique para abrir o mapa
Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato.
Sobre este escritório
Cita: "Jardim Botânico de Taiyuan / Delugan Meissl Associated Architects" [Taiyuan Botanical Garden / Delugan Meissl Associated Architects] 13 Jun 2021. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/963151/jardim-botanico-de-taiyuan-delugan-meissl-associated-architects> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.