DISLOCAL: Estruturas irreverentes e sustentabilidade no mundo periférico, lideradas por arquitetos venezuelanos e uma rede global de cooperação gentil

DISLOCAL: Estruturas irreverentes e sustentabilidade no mundo periférico, lideradas por arquitetos venezuelanos e uma rede global de cooperação gentil

Arquitetos venezuelanos de diferentes latitudes se uniram a seus aliados no mundo, por meio de uma universidade experimental que busca “construir e não simular a realidade com os olhos na periferia global”.

O programa está aberto a estudantes de todos os níveis e de qualquer lugar, que terão a oportunidade de se formar em projetos locais, explorando as periferias da cidade em um contexto fértil, onde se abrem novos espaços de arquitetura na América Latina e o mundo emergente.

O ciclo 2021-2022 terá início com um formato de Comunidade Virtual, que oferece créditos acadêmicos adaptáveis a diferentes sistemas universitários: um semestre, um curso de verão, uma experiência de estágio, um projeto de pesquisa ou um trabalho de acreditação científica para estudos de pós-graduação. Seguido por um laboratório experimental na América Central, onde os alunos terão contato com projetos sensíveis em comunidades. E, finalmente, culminará com a implementação de um projeto construído em numa comunidade em Caracas, Venezuela.

O programa conta com o apoio de Global Research Programme on Inequality, diferentes universidades e instituições da América Latina e do mundo, e uma equipe de profissionais especialistas em arquitetura, planejamento urbano, antropologia, sociologia, engenharia e sustentabilidade, que orientarão o trabalho da rede e irão certificar os conhecimentos em sustentabilidade, regeneração urbana, optimização energética, tecnologias eficientes na construção e desenvolvimento de capacidades, aplicadas pela Dislocal.

Primeira etapa
Comunidade Virtual / agosto - dezembro de 2021
16 semanas_ 5 blocos de conteúdo_ 5 temas de regeneração urbana e sustentabilidade.
Bloco 1. Resiliência, regeneração urbana e transformação de habitat em tecidos emergentes.
Bloco 2. Ecologia, gestão de recursos, natureza e otimização energética nos trópicos.
Bloco 3. Implementação tecnológica, sistemas e estruturas endógenas eficientes.
Bloco 4. Habilidades locais, desenvolvimento de capacidade e autossuficiência em assentamentos populares.
Bloco 5. Experimentos na periferia global. Inteligências escaláveis para a prototipagem de estruturas sustentáveis em Caracas.

Segunda etapa
Laboratório Experimental na América Central / março de 2022
Implementação do Projeto em Caracas, Venezuela / abril - dezembro 2022

  • Título

    DISLOCAL: Estruturas irreverentes e sustentabilidade no mundo periférico, lideradas por arquitetos venezuelanos e uma rede global de cooperação gentil
  • Tipo

    Workshop
  • Organizadores

  • De

    02 de Agosto de 2021 09:38 AM
  • Até

    16 de Dezembro de 2021 09:38 AM
  • Onde

    mundo periférico, arquitetos venezuelanos, rede global de cooperação gentil
  • Endereço

#Tags

Este evento foi enviado por um usuário de ArchDaily. Se você quiser, pode também colaborar utilizando "Enviar um evento". As opiniões expressas nos anúncios enviados pelos usuários archdaily não refletem necessariamente o ponto de vista de ArchDaily.

Cita: "DISLOCAL: Estruturas irreverentes e sustentabilidade no mundo periférico, lideradas por arquitetos venezuelanos e uma rede global de cooperação gentil" 20 Mai 2021. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/962077/dislocal-estruturas-irreverentes-e-sustentabilidade-no-mundo-periferico-lideradas-por-arquitetos-venezuelanos-e-uma-rede-global-de-cooperacao-gentil> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.