Casa CS / Marcos Bertoldi Arquitetos

Casa CS / Marcos Bertoldi Arquitetos

© Alessandra Okazaki© Alessandra Okazaki© Alessandra Okazaki© Alessandra Okazaki+ 16

Pinhais, Brasil
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área:  663
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano:  2002
  • Fotógrafo Fotografias:  Alessandra Okazaki
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes: Artesian, Chácara, Flor da Suissa, Interpam, La Lampe, Móveis França, Npk Mármores, Perfacto, Punto e Filo, Tecer, Vidrotil
© Alessandra Okazaki
© Alessandra Okazaki

Descrição enviada pela equipe de projeto. O projeto fica localizado em um terreno de aproximadamente 1.400 m², o qual apresenta um desnível de 3,5 metros em relação ao nível da rua. Somado a isso, faz divisa, em sua porção posterior, com uma extensa área verde: parque de mata nativa, composto de muitas araucárias. Apresentados esses fatores, o partido arquitetônico buscou acomodar o programa de modo a explorar a declividade, dando ênfase ao bosque situado nos fundos do terreno. O conceito e volumetria apontam certa economia formal ajustada à plasticidade do material (tijolo cerâmico, utilizado a pedido dos clientes), em que a forma de cada unidade fosse remetida ao todo e vice-versa. A presença de poucas aberturas – voltadas, principalmente, ao poente e ao parque – e vazios esparsos conferiram, por fim, um aspecto robusto e maciço à obra.

© Alessandra Okazaki
© Alessandra Okazaki
Corte
Corte
Planta - Térreo
Planta - Térreo

Pensada para um casal com dois filhos, sendo um terceiro uma hipótese, a casa se divide em dois blocos retos, de base retangular, estando o programa quase totalmente contido no de maior volume. Tais blocos conectam-se por meio de uma laje de concreto, a qual abriga uma sala íntima totalmente envidraçada, de pé-direito duplo, um pavimento abaixo do nível da rua. Desse modo, um negativo é conformado entre os dois volumes, e é justamente esse elemento que permite a ênfase e visualização do bosque, através da casa, desimpedindo a vista de quem chega pelo nível da rua e mantendo, ao mesmo tempo, a privacidade dos moradores. Para o aproveitamento da declividade natural do terreno, as salas distribuem-se em meios níveis ocasionando ambientes integrados visual e verticalmente - através de mezaninos.

© Alessandra Okazaki
© Alessandra Okazaki

O acesso se dá por meio de uma passarela, que propõe um caminhar elevado do solo e que em certo momento encontra um espelho d’água rebaixado ao nível da sala íntima. A entrada leva ao jantar, o qual está separado por parapeito da sala de estar principal localizada na fachada posterior. Essa projeta lajes e terraços em concreto armado em direção ao parque, e onde, ainda, foram instaladas janelas de canto, nos ambientes da sala principal e o quarto de casal, logo acima. Os demais quartos estão localizados a norte.

© Alessandra Okazaki
© Alessandra Okazaki

Quanto aos detalhes desse projeto, alguns que se destacam são: uma área de hóspedes independente da área íntima da casa, o que contribui também para um bom funcionamento dos ambientes em dias festivos e uma boa estrutura para receber amigos; o home-cinema, que conta com uma mesa desenhada em nível rebaixado, própria, também, para jantares orientais; por fim, uso de mobiliário modernista, peças projetadas para o local e luminotécnico que procuram evidenciar a arquitetura proposta.

© Alessandra Okazaki
© Alessandra Okazaki

Galeria do Projeto

Ver tudoMostrar menos
Sobre este escritório
Cita: "Casa CS / Marcos Bertoldi Arquitetos" 14 Abr 2021. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/959819/casa-cs-marcos-bertoldi-arquitetos> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.