Casa de Concreto / Markella Menikou Chartered Architect

Casa de Concreto / Markella Menikou Chartered Architect

© Charis Solomou© Charis Solomou© Charis Solomou© Charis Solomou+ 39

Limassol, Chipre
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área:  657
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano:  2018
  • Fotógrafo Fotografias:  Charis Solomou
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes: C.A Askotis, Condeana, DALIKO, Dark Architectural Lighting, Epiphaniou Bath & Floors, Osmaco, Rabel Aluminium Systems, Sogepa Elevators LTD
  • Engenheiro Estrutural:Gravitech Engineering LLC
  • Engenheiro Elétrico:Double N Consulting Engineers
  • Engenheiro Mecânico:DDA Mechanical Consulting Engineers LLC
  • Construtora:Nicodemou & Gavrias Construction Company Ltd
  • Cidade:Limassol
  • País:Chipre
Mais informaçõesMenos informações
© Charis Solomou
© Charis Solomou

Descrição enviada pela equipe de projeto. A Casa de Concreto é uma residência unifamiliar localizada na área suburbana, bastante densa, de Paniotis, em Limassol, e se destaca pelo contraste com as propriedades adjacentes. O lote linear proporcionou uma inserção longitudinal do projeto; perpendicular à fachada mais estreita da rua. Embora o terreno esteja cercado de propriedades pré-existentes nas proximidades, o projeto atinge uma fluidez orgânica dentro e fora, além de uma permeabilidade espacial e percepção de amplitude. A disposição da casa no entorno manipula as relações visuais com as propriedades adjacentes, aos esconder e revelar trechos estrategicamente.

© Charis Solomou
© Charis Solomou

Uma ousada tela de metal (estrutura de aço e painéis de malha expandida) foi posicionada na fachada oeste da rua, atuando como uma barreira de privacidade. A superfície também cria uma sensação de antecipação pouco antes de acessarmos e sentirmos a porosidade espacial, com a extensão contínua da casa para o exterior, e também fornecer sombra ao intenso sol de verão do oeste. A austeridade da fachada oeste é desafiada por um crescimento sazonal de trepadeiras. Estratégias espaciais, materialidade, paisagismo e vegetação celebram sazonalidade e temporalidade. Os cômodos internos se espalham por uma série de espaços intersticiais criados entre o envelope de concreto principal do edifício e uma camada secundária de painéis de ripas de madeira articulados com telas de malha expandida deslizantes.

Corte
Corte

Esses espaços atuam como interfaces para criar um microclima intermediário via sombreamento, controlando os ganhos de calor com bolsões de vegetação para resfriamento evaporativo e manipulação dos brises. Estes espaços pertencem tanto ao interior como ao exterior, sendo alguns íntimos, como os quartos externos. A paisagem externa proporciona um fluxo contínuo em torno do edifício, revelando o subsolo como um pavimento inferior com acesso direto ao exterior. Diversas áreas ao ar livre permitem diferentes padrões de habitação e conforto climático: um amplo jardim oriental (sombreado pelo volume da casa à tarde, quando é mais utilizado), uma sala ao ar livre que funciona como um espaço de vida central (captando os ventos do oeste), a área da piscina, um jardim escalonado que leva a um jardim rebaixado, uma rampa com vegetação que conduz à garagem inferior e um jardim de ervas voltado para o norte.

© Charis Solomou
© Charis Solomou

A abordagem tectônica consiste em uma estrutura primária de concreto armado (vigas e laje) preenchida por paredes externas de concreto, resultando em uma concha de concreto contínua. O projeto se concentrou na experimentação com o concreto marcado por tábuas de madeira exposta; visando a precisão das formas, da mistura de concreto, dos processos de cura e da obtenção de uma variedade de texturas impressas. A massa e a durabilidade do concreto estabelecem um diálogo com a madeira bruta e os metais. Uma série de elementos cinéticos manifestam ainda mais a apreciação de que as preferências e necessidades podem ser alteradas e permitem que os usuários se apropriem de seus espaços e modulem o ambiente.

© Charis Solomou
© Charis Solomou

Todos os espaços de estar foram voltados para a face sul com profundos beirais horizontais, que projetam sombras no verão. As aberturas para outras faces encorajam a ventilação cruzada. Uma parede interna de concreto aparente demarca uma zona amortecimento ao norte onde foram dispostos todos os espaços de apoio. As estratégias de resfriamento e aquecimento passivo foram empregadas em combinação com um envelope muito bem isolado termicamente e sistemas ativos, que contribuem para a excelente eficiência energética do projeto.

© Charis Solomou
© Charis Solomou

Galeria do Projeto

Ver tudoMostrar menos
Sobre este escritório
Cita: "Casa de Concreto / Markella Menikou Chartered Architect" [Concrete House / Markella Menikou Chartered Architect] 10 Mar 2021. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/958045/casa-de-concreto-markella-menikou-chartered-architect> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.