Casa Pátio M.A. / Studio AFS

Casa Pátio M.A. / Studio AFS

© Estúdio São Paulo - Guilherme Marcato© Estúdio São Paulo - Guilherme Marcato© Estúdio São Paulo - Guilherme Marcato© Estúdio São Paulo - Guilherme Marcato+ 31

Araraquara, Brasil
  • Arquitetos: Studio AFS
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área:  404
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano:  2018
  • Fotógrafo Fotografias:  Estúdio São Paulo - Guilherme Marcato
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes: Colorado Temperados Forros e Divisórias, Estrutubo Estruturas Metálicas Ltda., Irriga Dantas Comercial Ltda., MM Gesso Ltda., Manini Marmoraria, Trovatti e Trovatti, Vest Móveis Industria Comércio Ltda. ME.
  • Arquitetos Responsáveis:Adriano Ferraz Scatolin / Willian Teixeira Sormani
  • Equipe De Projeto:Camila Magno de Mattos
  • Construção:Augusto Cyrino Nogueira
  • Engenharia:Ferriani Projetos
  • Projeto De Iluminação:Studio Adriano Ferraz Scatolin
  • Cidade:Araraquara
  • País:Brasil
Mais informaçõesMenos informações
© Estúdio São Paulo - Guilherme Marcato
© Estúdio São Paulo - Guilherme Marcato

Descrição enviada pela equipe de projeto. Um lote de formato triangular e irregular, uma árvore e uma vontade enorme de estar mais integrado, de ser mais responsável com o meio onde vivemos, de construir com mais limpeza. Já existia um outro projeto para o mesmo lote, com os mesmos desejos, mas outra interpretação. O novo projeto deveria ser fiel ao desnível suave do lote e valorizar a vista da área reflorestada a frente da casa e dividir com o Angico Vermelho o status de principal atração no terreno.

© Estúdio São Paulo - Guilherme Marcato
© Estúdio São Paulo - Guilherme Marcato
Planta Nivel 02
Planta Nivel 02
© Estúdio São Paulo - Guilherme Marcato
© Estúdio São Paulo - Guilherme Marcato

O programa da casa se acomoda em quatro patamares intermediários, com diferença de meio pé-direito entre eles, onde o pavimento térreo, que comtempla as áreas comuns e o lazer, é suspenso do chão, deixando o terreno praticamente intacto com seus desníveis. A garagem e área de serviços ficam localizados na cota de nível mais baixa a direita do lote. Logo acima e a esquerda, ficam as áreas sociais e lazer, por onde se acessa o pavimento intermediário com acomodação para vistas e escritório. Mais acima, no último nível, fica a suíte principal e o terraço na altura da copa do Angico e de onde é possível avistar o bosque na altura da copa das árvores.

© Estúdio São Paulo - Guilherme Marcato
© Estúdio São Paulo - Guilherme Marcato

A escolha por um sistema construtivo misto, entre sistema metálico e vidros, juntamente com concreto armado e alvenarias de tijolos cerâmicos, conseguimos racionalizar o canteiro, equalizar custos ao mesmo tempo que pudemos fazer uma arquitetura mais leve e envidraçada com grandes vãos livres nas áreas sociais. A estrutura de vigas e pilares metálicos foi utilizada nas áreas onde a necessidade de grandes vãos era imprescindível. Já, onde a compartimentação seria inevitável, como na área os dormitórios e banheiros, a escolha pelo sistema de alvenarias e estrutura convencional em concreto armado foi a solução mais racional.

© Estúdio São Paulo - Guilherme Marcato
© Estúdio São Paulo - Guilherme Marcato

As áreas livres e as árvores podem ser vistas de praticamente todos os cômodos da casa. A integração com a área externa é sempre desejável nos locais onde isso é possível. E neste caso não só era possível como era praticamente uma imposição dos futuros moradores. Para isso, nas áreas sociais e íntimas voltadas para o bosque os fechamentos em vidro são quase sua totalidade.

© Estúdio São Paulo - Guilherme Marcato
© Estúdio São Paulo - Guilherme Marcato
Corte
Corte
© Estúdio São Paulo - Guilherme Marcato
© Estúdio São Paulo - Guilherme Marcato

A varanda com deck de madeira ipê faz a transição com o exterior e com a piscina, que possui spa-hidromassagem em nível mais elevado quase que como um acesso à piscina, e permite uma vista privilegiada do bosque a frente. Por fim, uma praça com paisagismo e banco foi implantada à sombra do Angico, de onde se avista toda a casa, piscina e área de lazer.

© Estúdio São Paulo - Guilherme Marcato
© Estúdio São Paulo - Guilherme Marcato

Galeria do Projeto

Ver tudoMostrar menos
Sobre este escritório
Cita: "Casa Pátio M.A. / Studio AFS" 01 Mar 2021. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/957654/casa-patio-ma-studio-afs> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.