Casa Elora / Atelier Bertiga

Casa Elora / Atelier Bertiga

© Ernest Theofilus© Ernest Theofilus© Ernest Theofilus© Ernest Theofilus+ 21

Bekasi, Indonésia
  • Equipe De Projeto:Dhidhot Bima, Andrea Daniswara, Azhar Rahman, Firman R. Faza, Aldana A Z
  • Cidade:Bekasi
Mais informaçõesMenos informações
© Ernest Theofilus
© Ernest Theofilus

Descrição enviada pela equipe de projeto. Partindo de um complexo habitacional em North Bekasi, na Indonésia, uma família de quatro pessoas, fez o projeto de uma habitação que precisava se tornar diferente e se destacar na vizinhança. A casa foi implantada em um terreno de 130 m² e sua reforma foi feita a partir de um conceito que prioriza os requerimentos espaciais, circulação de ar saudável, luz natural e um apelo estético que não perde a atmosfera aconchegante.

© Ernest Theofilus
© Ernest Theofilus
Corte 04
Corte 04

Tirando partido do terreno, o projeto foi dividido em duas zonas. O primeiro volume foi implantado no lado oeste do terreno, se protegendo do sol, enquanto o segundo volume está no sudeste. O espaço que os separa tem como objetivo separar o jardim e algumas funções de apoio das funções principais que funcionam a oeste. Com essa configuração é possível maximizar o uso da terra, ao mesmo tempo que o volume maior, no oeste, consegue receber mais luz do leste e do sul. Aberturas zenitais também são usadas para permitir a luz natural adentrar no projeto, mas não excessivamente, por isso são colocadas iluminando as escadas a oeste. O arranjo de tijolos vazados como uma segunda pele é também aplicado pela casa para reduzir o calor que entra no leste durante o dia. 

© Ernest Theofilus
© Ernest Theofilus

Os elementos vazados também estão equipados com janelas venezianas, que garantem a circulação natural de ar na casa. Ao optar por usar o efeito chaminé, a brisa natural é direcionada para o vazio no meio, enquanto o ar quente sai por uma abertura na cobertura, mantendo a temperatura do cômodo fresca. A existência de um grande vazio no meio da casa não é somente para ser usado para iluminação e ventilação, mas também para ser preenchido por construções de acordo com necessidades futuras. 

© Ernest Theofilus
© Ernest Theofilus

A presença de um mezanino no quarto principal é um exemplo. Ele funciona como uma área de escritório. O conceito de triplo tom também é aplicado a esta casa usando cores naturais, como cinza escuro, terracota e branco. A cor cinza escuro domina a fachada principal do edifício o segundo andar, não só definindo um visual masculino reto, mas também podendo minimizar percepção da poeira para fins de manutenção, ainda mais considerando que o terreno da casa está localizado próximo a uma área industrial. A cor cinza escuro também é combinada com uma série de tijolos maciços vazios começando de sul para norte e terminando com um arco para suavizar a aparência da fachada principal pontiaguda.

© Ernest Theofilus
© Ernest Theofilus

A contrastante cor terracota  é colocada no primeiro andar, mas ainda usando o arranjo de tijolos maciços vazios para que tenham a mesma linguagem. Enquanto isso, a cor branca é aplicada mais profundamente no interior para apresentar uma impressão brilhante e natural que reflete a família. A  sala de estar, a sala de jantar e a cozinha, foram organizadas em uma linha no primeiro andar para facilitar as atividades relacionadas entre si. Além disso, essas três salas são expostas a um jardim sombreado por vinhas lee kwan yeu para mostrar a conexão entre o exterior e o interior reconfortante.

© Ernest Theofilus
© Ernest Theofilus

Galeria do Projeto

Ver tudoMostrar menos
Sobre este escritório
Cita: "Casa Elora / Atelier Bertiga" [Elora House / Atelier Bertiga] 23 Fev 2021. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/957230/casa-elora-atelier-bertiga> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.