Casa Mague / Mauricio Ceballos X Architects

Casa Mague / Mauricio Ceballos X Architects

© Diego Padilla Magallanes© Diego Padilla Magallanes© Diego Padilla Magallanes© Diego Padilla Magallanes+ 23

  • Área Área deste projeto de arquitetura Área:  270
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano:  2020
  • Fotógrafo Fotografias:  Diego Padilla Magallanes
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes: Adobe, AutoDesk, Brillante, Gaia Design, Helvex, Illux, LG, Retromobili, Trimble, Ventor
  • Arquitetos Responsáveis:Mauricio Ceballos Pressler, Marco Antonio Severino Carvajal, Francisco Vázquez
  • Equipe De Projeto:Mauricio Ceballos Pressler, Francisco Vázquez
  • Cidade:Malinalco
  • País:México
Mais informaçõesMenos informações
© Diego Padilla Magallanes
© Diego Padilla Magallanes

Descrição enviada pela equipe de projeto. Localizado em um terreno ancestral em Malinalco, México, rodeado de vegetação abundante, ao lado de uma colina junto a uma das três pirâmides monolíticas do mundo, um centro cerimonial asteca, o terreno foi cuidadosamente escolhido pelos clientes por conta de seu microclima único e grandes árvores.

© Diego Padilla Magallanes
© Diego Padilla Magallanes
Conjunto
Conjunto
© Diego Padilla Magallanes
© Diego Padilla Magallanes

Nos aproximamos do projeto fazendo as seguintes perguntas: Como criar uma construção com linguagem contemporânea em um contexto pré-hispânico, que consegue se fundir com o ambiente natural e cultural, respeitando 100% da vegetação existente? Como desenvolver uma casa flexível e atemporal? Como desenvolver uma construção que imita a natureza. 

© Diego Padilla Magallanes
© Diego Padilla Magallanes
© Diego Padilla Magallanes
© Diego Padilla Magallanes

Partindo do contexto cultural pré-hispânico e da conexão predominante com a natureza, o conceito do projeto é baseado na cosmovisão mesoamericana, onde as árvores têm um significado ritual. As raízes simbolizam a conexão com o submundo, os troncos a vida humana terrestre e as copas a conexão com os Deuses. Para enfatizar esta ideia, o projeto é dividido em três pavimentos: o primeiro, uma base espelhada que dá continuidade ao terreno natural e às raízes das árvores, e permite que o volume principal da casa pareça flutuar; depois, o espaço de convivência, todo em um mesmo nível, onde ocorre a vida diária; finalmente, a cobertura aberta natural formada pela folhagem das árvores.

© Diego Padilla Magallanes
© Diego Padilla Magallanes
Cortes
Cortes
© Diego Padilla Magallanes
© Diego Padilla Magallanes

Para não afetar as árvores, o terreno foi cuidadosamente escaneado e diferentes volumes foram distribuídos ao redor delas. Nenhuma raiz, troncos ou galhos, cuidadosamente protegidos, foram afetados. Desta forma, surgiram espaços labirínticos, mudando continuamente sua percepção de acordo com a luz e a hora do dia. Os interiores da casa tornam-se exteriores e, analogamente, as áreas externas também dialogam com o interior para manter os habitantes em contato com a natureza. Os espaços multifuncionais foram projetados para que possam ser transformados de acordo com as necessidades momentâneas, onde todos os tipos de atividades podem ser realizadas, desde descansar até trabalhar em casa; esta flexibilidade funcionou perfeitamente durante os tempos da COVID-19. O uso de materiais naturais e locais como madeira, pedra e Chukum (antigo estuque maia), enquanto integra espelhos ao redor das fachadas para tornar o edifício leve e contínuo, cria uma integração perfeita com o ambiente e a cultura arquitetônica locais. O projeto faz referência a seu contexto histórico de várias maneiras: a pirâmide, reinterpretada no espaço externo principal, é construída com blocos de madeira. A pedra monolítica esculpida que funciona como uma fogueira representa a cultura gastronômica mexicana "el Molcajete" usada como argamassa, e as vistas diretas para o aqueduto que limita o terreno criam uma combinação harmoniosa que funciona como unidade.

© Diego Padilla Magallanes
© Diego Padilla Magallanes
© Diego Padilla Magallanes
© Diego Padilla Magallanes

De um ponto de vista sustentável, várias necessidades foram atendidas: pegada mínima, coleta de água da chuva, tratamento de água cinza e preta, reutilização para irrigação, redução do consumo de energia através de luzes e sensores, manejo de resíduos para compostagem e reciclagem de vidro, alumínio e papel, utilizando apenas materiais locais com baixos níveis de CO2.

© Diego Padilla Magallanes
© Diego Padilla Magallanes
Diagrama 3D
Diagrama 3D
© Diego Padilla Magallanes
© Diego Padilla Magallanes

Galeria do Projeto

Ver tudoMostrar menos
Sobre este escritório
Cita: "Casa Mague / Mauricio Ceballos X Architects" [Casa Mague / Mauricio Ceballos X Architects] 19 Fev 2021. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/957212/casa-mague-mauricio-ceballos-x-architects> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.