Casa Manneriehof / Philippe Samyn and Partners

Casa Manneriehof / Philippe Samyn and Partners

© Laurent BRANDAJS© Steven MASSART© Steven MASSART© Steven MASSART+ 51

Liège, Bélgica
  • Arquiteto Responsável:Philippe Samyn
  • Responsável Administrativo :Denis MÉLOTTE
  • Associados :E. LORAND, M. NAUDIN, S. TOURBACH, F. DEFRENNE
  • Serviços De Construção:Philippe SAMYN and PARTNERS sprl, architects & engineers
  • Estrutura:Philippe SAMYN and PARTNERS sprl, architects & engineers
  • Topografia:De Ceuster & Associés
  • Construtora:Maison Patze sprl.
  • Estrutura Em Madeira:Jonckheere wood s.a.
  • Cobertura Em Pvc:Serviplast
  • Instalações Elétricas, Hidrossanitárias E Climatização:Arnaud Walravens sprl
  • Alvenaria Ciclópica, Terraços Ao Ar Livre:Nelles Frères
  • Hammam, Spa E Piscina:Qualiconstruct s.a (Eric Bellaiche)
  • Lareiras Abertas:Dossin cheminées (Gregory Libion)
  • Paisagismo:Die Gärtnerei Hermann
  • Gestão De Documentação:Philippe SAMYN and PARTNERS (André Charon and Quentin OLBRECHTS)
  • Cidade:Liège
  • País:Bélgica
Mais informaçõesMenos informações
© Steven MASSART
© Steven MASSART

Descrição enviada pela equipe de projeto. O terreno está situado perto de uma pequena aldeia no East Cantons. Ele possui um declive íngreme em um pequeno vale cercado por uma encosta arborizada. A vista é espetacular, apresentando uma paisagem rural. A qualidade visual e ecológica do local deve ser preservada e desenvolvida tanto quanto possível.

© Laurent BRANDAJS
© Laurent BRANDAJS

O objetivo é construir uma casa que respeite o meio ambiente no sentido lato do termo. A intenção arquitetônica, em particular, é integrar a casa da melhor forma possível, não só na paisagem - com o mínimo impacto visual - mas também no meio rural e local.

© Laurent BRANDAJS
© Laurent BRANDAJS
Plantas 01
Plantas 01
© Laurent BRANDAJS
© Laurent BRANDAJS

A casa térrea foi construída na parte posterior do lote. Desde a sua posição na encosta, funde-se com a paisagem. Na verdade, o topo da propriedade está quase três metros abaixo do caminho comum, o que significa que a vista para os transeuntes e vizinhos existentes ou futuros não é obstruída pela casa.

© Laurent BRANDAJS
© Laurent BRANDAJS

O jardim tem o estilo de uma fazenda com pomar e horta, implantado no limite de uma estrada de acesso. É circular, o que o torna altamente eficiente em termos de espaço. O caminho de acesso junta-se à curva da pérgula que circunda o jardim e é ladeado por uma fileira de árvores autóctones, proporcionando uma ligação visual entre a casa e o domínio público. A entrada desde a estrada de acesso, marcada por três nogueiras, é recuada de forma a ficar próxima do centro da vila.

© Laurent BRANDAJS
© Laurent BRANDAJS

A casa se estende ao redor do jardim circular. A curva oferece aos moradores uma vista panorâmica para o norte, sobre o vale. Ao sul, a casa se fecha em um terraço mais privado, protegido do vento e prolongado pelo jardim.

© Steven MASSART
© Steven MASSART

A casa é formada pelo volume principal que se prolonga por duas coberturas, que funcionam de um lado como telhado e do outro como terraço coberto.

O volume principal é formado por dois arcos paralelos. Ao sul, uma galeria envidraçada é protegida por beirais. Sem climatização mecânica, ela serve tanto como corredor para os diferentes cômodos da casa quanto como amortecedor térmico para a parte norte da casa. A parte norte, por sua vez, é formada por um volume com substancial isolamento térmico, contendo as salas com vistas excepcionais ao norte.

Corte 01
Corte 01

Os dormitórios são dispostos de oeste a leste - do público ao privado. A entrada, o escritório, o “Bierkeller”, a sala de estar, a sala de jantar e a cozinha se abrem para a área maior da galeria. Uma câmara de descompressão separa a área “pública” da área mais privada que contém os quartos e uma área “termal” (banho turco e ducha) localizada na extremidade leste da casa. 

A casa é completada por uma banheira de hidromassagem ao ar livre com vista para a paisagem.

© Steven MASSART
© Steven MASSART

O objetivo da casa é um desempenho energético alinhado com o padrão passivo: isolamento de alto desempenho, estanqueidade, ventilação mecânica controlada com recuperação de calor, recuperação de águas pluviais e utilização de fontes renováveis de energia.

A estrutura, as fachadas e as esquadrias exteriores são em madeira, a cobertura curva é revestida por uma membrana cinzenta.

© Laurent BRANDAJS
© Laurent BRANDAJS

Galeria do Projeto

Ver tudoMostrar menos
Sobre este escritório
Cita: "Casa Manneriehof / Philippe Samyn and Partners" [MANNERIEHOF / Philippe Samyn and Partners] 15 Out 2020. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/949175/casa-manneriehof-philippe-samyn-and-partners> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.