Escola ASA STEAM / Equipo de Arquitectura

Escola ASA STEAM / Equipo de Arquitectura

Cortesía de Equipo de Arquitectura© Leonardo Méndez© Leonardo Méndez© Leonardo Méndez+ 48

Assunção, Paraguai
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área:  3090
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano:  2020
  • Fotógrafo Fotografias :  Leonardo Méndez, Cortesia de Equipo de Arquitectura
  • Projeto:Horacio Cherniavsky, Viviana Pozzoli, Roque Fanego, Amin Mareco
  • Cliente:American School of Asunción
  • Cálculo Estrutural:Federico Taboada
  • Instalações Sanitárias:Luis Samaniego
  • Instalações Elétricas:Francisco Arrom
  • Construção :Gómez Abente
  • Cidade:Assunção
  • País:Paraguai
Mais informaçõesMenos informações
© Leonardo Méndez
© Leonardo Méndez

“Recebi um aviso do conselho escolar dizendo 'Temos uma ótima ideia. Não devemos colocar janelas na escola porque as crianças precisam de espaço nas paredes para suas pinturas, e também as janelas podem distrair a atenção do professor”. Pois bem, qual professor merece tanta atenção? Afinal, os pássaros lá fora, as pessoas correndo para se proteger na chuva, as folhas que caem das árvores, as nuvens que passam, o sol que penetra - todas essas coisas são importantes. Elas próprias são lições". - Louis Kahn

© Leonardo Méndez
© Leonardo Méndez
Planta - Térreo
Planta - Térreo
Cortesía de Equipo de Arquitectura
Cortesía de Equipo de Arquitectura

Em vez de criar um bloco pesado, agressivo e fechado, que representa de certa forma o antigo e obsoleto modelo de educação, o projeto propõe dois elementos longitudinais, permeáveis ​​e transparentes, que se adaptam à nova visão educativa. Aberta e permeável, a proposta conecta e relaciona os elementos que compõem a estrutura funcional e espacial existente na escola.

© Leonardo Méndez
© Leonardo Méndez

Todas as salas de aula permitem a continuidade espacial dos pátios de ambos os lados, com os quais se relacionam de diferentes maneiras. Em relação aos jardins, esta continuidade visual é integral, permitindo que a luz e as sombras da natureza penetrem no espaço interno. Em direção aos corredores, os visuais são obstruídos por paredes intercaladas, que protegem a sala de aula do ruído, mas permitem ventilação cruzada e luz natural.

Cortesía de Equipo de Arquitectura
Cortesía de Equipo de Arquitectura
Cortesía de Equipo de Arquitectura
Cortesía de Equipo de Arquitectura
© Leonardo Méndez
© Leonardo Méndez

A estrutura é resolvida por meio de uma malha ortogonal de vigas e pilares de concreto armado. Cada bloco contém 4 fileiras de dois pilares, que correspondem aos eixos do bloco anexo, permitindo uma ordem precisa. No último nível, as vigas são invertidas e contraventadas entre os dois volumes, estruturando a rampa que pende dessas vigas transversais. Todo o elemento de tração é ancorado, por sua vez, com as vigas de perímetro interno dos blocos adjacentes.

© Leonardo Méndez
© Leonardo Méndez
Cortesía de Equipo de Arquitectura
Cortesía de Equipo de Arquitectura

Os brises respondem não somente às condições climáticas, mas também dialogam com o entorno imediato do edifício, tomando como referência os elementos de tijolos localizados ao longo da circulação da escola. Estes elementos delgados criam uma pele que protege o interior em todas as direções: leste, oeste e norte devido à inclinação do sol, e sul devido às chuvas e para dar maior privacidade ao interior. A estrutura dos brises, cantoneiras e tubos de metal são ancorados nas vigas do perímetro externo. Os tijolos, estruturados por hastes internas que servem de guias, se apoiam nas cantoneiras que, por sua vez, transmitem as cargas à estrutura de concreto armado.

Cortesía de Equipo de Arquitectura
Cortesía de Equipo de Arquitectura
Corte BB
Corte BB
© Leonardo Méndez
© Leonardo Méndez

Todos os materiais utilizados são aqueles que caracterizam não só a imagem da escola, mas também a arquitetura paraguaia contemporânea. Tijolos, concreto, madeira e metal são materiais nobres, duráveis ​​e acessíveis.

Cortesía de Equipo de Arquitectura
Cortesía de Equipo de Arquitectura
© Leonardo Méndez
© Leonardo Méndez

A arquitetura do próprio edifício expressa seu significado e incorpora os valores de abertura, inclusão, permeabilidade e acessibilidade. Lógica estrutural e funcional, honestidade material e qualidade espacial são as respostas oferecidas por este novo edifício.

© Leonardo Méndez
© Leonardo Méndez
Cortesía de Equipo de Arquitectura
Cortesía de Equipo de Arquitectura

Galeria do Projeto

Ver tudoMostrar menos

Localização do Projeto

Endereço:Assunção, Paraguai

Clique para abrir o mapa
Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato.
Sobre este escritório
Cita: "Escola ASA STEAM / Equipo de Arquitectura" [Colegio ASA STEAM / Equipo de Arquitectura] 02 Out 2020. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/948721/escola-asa-steam-equipo-de-arquitectura> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.