Casa Cavalcante / BLOCO Arquitetos

Casa Cavalcante / BLOCO Arquitetos

© Joana França© Joana França© Joana França© Joana França+ 27

  • Arquitetos: BLOCO Arquitetos
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área:  275
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano:  2019
  • Fotógrafo Fotografias:  Joana França
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes: AutoDesk, Gravia, Isoeste, Ladrilar, Vidromex
  • Arquitetos Responsáveis:Daniel Mangabeira, Henrique Coutinho, Matheus Seco, Marina Lira
  • Equipe De Projeto:Fernando Longhi, Guilherme Mahana
  • Engenharia:Vista Engenharia
  • Cidade:Cavalcante
  • País:Brasil
Mais informaçõesMenos informações
© Joana França
© Joana França

Descrição enviada pela equipe de projeto. A Casa Cavalcante foi construída no centro de uma área de 266 hectares, adjacente ao Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros que abriga um dos biomas mais importantes do mundo: o cerrado. Por isso, a intenção de minimizar o impacto da edificação no seu entorno norteou todo o processo de projeto. A limitada qualificação de mão-de-obra local, a enorme dificuldade de acesso ao terreno, o clima extremamente quente da região e o orçamento limitado para a construção foram os fatores que definiram sua forma e materialidade.

© Joana França
© Joana França
Isométrica
Isométrica
© Joana França
© Joana França

Definimos o processo de construção em duas etapas. A primeira delas utilizou elementos pré-fabricados remotamente e montados no canteiro, enquanto a segunda utilizou majoritariamente a mão-de-obra artesanal local. Optamos por erguer primeiro a parte “semi-industrializada” da obra: a cobertura. Sua macroestrutura é composta por uma sequência modular de perfis-caixa metálicos e coberta por telhas termoacústicas. Dessa forma, pudemos fornecer sombra aos trabalhadores e protegê-los do sol intenso enquanto eles trabalhavam na segunda fase da obra, que utilizou processos artesanais de construção.

© Joana França
© Joana França

O tamanho-padrão da telha que especificamos foi o gerador da modulação estrutural da casa e da inclinação do telhado. As medidas e inclinações foram definidas para que não houvesse corte de peças durante montagem, o que minimizaria a possibilidade de erros. O uso do beiral prolongado cria uma espaçosa área perimetral à casa que serve como circulação entre os cômodos e protege a casa da incidência direta do sol nos momentos mais quentes do dia. A circulação pelo lado “de fora” propicia o contato constante do morador com a paisagem ao redor.

© Joana França
© Joana França

Todos os ambientes têm iluminação e ventilação naturais. Além disso, os ambientes de longa permanência (quartos, cozinha e sala) também possuem ventilação cruzada constante e são protegidos da incidência direta do sol pelo brise com toras de eucalipto natural. Além de ser repelente de insetos, o eucalipto é uma árvore de fácil cultivo. A fachada nascente da residência tem uma faixa mais estreita de proteção, enquanto a fachada voltada para o sol poente tem quase a totalidade da superfície vertical protegida por esse sistema de sombreamento.

© Joana França
© Joana França

As paredes perimetrais foram construídas com tijolos de adobe feitos no local com barro da região e as internas foram erguidas com blocos tradicionais de 8 furos para propiciar a instalação das tubulações elétricas e hidráulicas, visto que as paredes de adobe não conseguem embutir tubulação.

© Joana França
© Joana França
Planta - Térreo
Planta - Térreo
© Joana França
© Joana França

A casa é levantada do solo por duas razões: para evitar a subida de animais rastejantes e para proteger as paredes de adobe contra o afloramento de água em estações de alto índice pluviométrico.

© Joana França
© Joana França
Cortes
Cortes
© Joana França
© Joana França

Situada no cerrado, um bioma onde queimadas naturais ocorrem regularmente, qualquer edificação precisa do ‘aceiro’, uma espécie de cinturão onde há supressão de forração e espécies arbóreas de pequeno porte. A ausência de plantas ao redor da casa é, portanto, parte da estratégia de proteção contra incêndios.

© Joana França
© Joana França

Toda a energia elétrica da casa é fotovoltaica. Ela é produzida por um sistema “off grid”, através de placas solares instaladas em uma área ligeiramente afastada.

© Joana França
© Joana França

Galeria do Projeto

Ver tudoMostrar menos
Sobre este escritório
Cita: "Casa Cavalcante / BLOCO Arquitetos" 28 Set 2020. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/948462/casa-cavalcante-bloco-arquitetos> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.