Casa para uma Artista / extrastudio

Casa para uma Artista / extrastudio
© Hugo Santos Silva
© Hugo Santos Silva

© Hugo Santos Silva© Hugo Santos Silva© Hugo Santos Silva© Hugo Santos Silva+ 29

  • Arquitetos: extrastudio
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área:  340
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano:  2017
  • Fotógrafo Fotografias:  Hugo Santos Silva
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes: Guardian Glass, Astral Pool, AutoDesk, CIN, Cortizo, GIRA, GSI, Hafele, JNF, Maxit, Represtor, Secil Argamassas
  • Arquitetos Responsáveis:João Caldeira Ferrão, João Costa Ribeiro
  • Equipe De Projeto:Sónia Oliveira, Madalena Atouguia, Rui de Jesus, Daniela Freire, Rita Rodrigues, Sonia Hernansanz
  • Fundações E Estruturas:PRPC Engenheiros
  • águas, Drenagens, Instalações Elétricas, Dados, Térmica, Acústica E Gás:Ohmsor Instalações Especiais lda
  • Cidade:Lisboa
  • País:Portugal
Mais informaçõesMenos informações
© Hugo Santos Silva
© Hugo Santos Silva

Descrição enviada pela equipe de projeto. Os nossos clientes, uma artista que trabalha com cerâmica e mosaicos e um músico reformado que em tempos andou em digressão com B.B. King, decidiram construir a sua nova casa no Alto da Ajuda, um bairro da classe operária construído nos anos 30. Apesar da sua proximidade com o centro de Lisboa, a zona mantém uma certa atmosfera de aldeia, com pequenos lotes de casas de dois andares com jardins orientados para o rio. Embora as restrições de planeamento locais tenham ditado a forma exterior e o aspecto da casa, esta foi a nossa segunda tentativa de criar experiências espaciais sobrepostas dentro de um invólucro comum, dando aos habitantes uma sequência de espaços inesperados.

© Hugo Santos Silva
© Hugo Santos Silva
Planta - Térreo
Planta - Térreo
© Hugo Santos Silva
© Hugo Santos Silva

A cave acomoda o estúdio da artista, um espaço bruto com um pé direito alto e uma clarabóia com 10m de comprimento, que proporciona luz constante ao longo do dia. Adjacente à cave existe um espaço escondido, uma sala de música com uma janela para a piscina.

© Hugo Santos Silva
© Hugo Santos Silva

O piso térreo é um quadrado perfeito, 10x10m, um espaço generoso com grandes janelas que abrem em três direcções. Todas as áreas sociais estão perfeitamente organizadas neste espaço, proporcionando uma atmosfera viva e generosa. O piso é ligeiramente afundado em relação ao terreno, criando uma escala invulgar no interior e transformando os parapeitos das janelas em bancos.

© Hugo Santos Silva
© Hugo Santos Silva
Corte
Corte
© Hugo Santos Silva
© Hugo Santos Silva

Três quartos estão dispostos numa de uma forma tradicional no primeiro andar. No andar de cima, por baixo do telhado, encontra-se um loft com vistas magníficas sobre o rio e o mar. A paleta de materiais seleccionados - pavimentos de alumínio polido, uma variedade de madeiras, vernizes, betão e uma variedade de estuques pigmentados de cor especialmente produzidos para o projecto - destinavam-se a acentuar as diferenças entre cada pavimento. 

© Hugo Santos Silva
© Hugo Santos Silva

A construção teve início após a candidatura de Portugal a uma ajuda do FMI e, tal como outros projectos contemporâneos, quaisquer elementos superficiais foram removidos, deixando uma arquitectura crua e elementar. Comprado no início da construção, o mármore da piscina age como uma memória de outras possibilidades, transformando a sala de música num lugar mágico.

© Hugo Santos Silva
© Hugo Santos Silva

Galeria do Projeto

Ver tudoMostrar menos
Sobre este escritório
Cita: "Casa para uma Artista / extrastudio" 17 Set 2020. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/947944/casa-para-uma-artista-extrastudio> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.