Acesso ao Liceu Francês em Barcelona / COMA Arquitectura

Acesso ao Liceu Francês em Barcelona / COMA Arquitectura

© Jose Hevia© Jose Hevia© Jose Hevia© Jose Hevia+ 23

Barcelona, Espanha
  • Arquitetos: COMA Arquitectura
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área:  1545
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano:  2018
  • Fotógrafo Fotografias :  Jose Hevia
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes: Arquima, Breinco, Ferrimax, K-Line France, Lamp Lighting, Muroxs
  • Arquiteto Responsável:Lluis Corbella
  • Cliente:AEFE – Liceo Francés Barcelona
  • Colaboradores:Juanjo Puig Disseny d’Espais
  • Paisagismo:Laia Mestre (Mirla Studio)
  • Estrutura :Oscar Cabrera (CVC Ingenieros)
  • Construtora:Betarq Group
  • Construção Em Madeira:Arquima
  • Segurança Do Trabalho:Ferrimax
  • Cidade:Barcelona
  • País:Espanha
Mais informaçõesMenos informações
© Jose Hevia
© Jose Hevia

Descrição enviada pela equipe de projeto. Após os recentes atentados ocorridos em Nice, a comissão do Liceu Francês de Barcelona expressou sua preocupação com a segurança, encomendando um projeto para reforçar as principais entradas do local. Os 70m² de pavilhões, juntamente com toda a intervenção no espaço público, devem ser responsáveis ​​pelo controle do fluxo nos mais de 27.500m² de área da escola. Os arquitetos trabalharam em conjunto com técnicos especializados em segurança indicados pelo governo francês. O resultado reflete a necessidade de implantar uma área de segurança máxima logo na entrada do recinto da escola. Esta área deve conter: um espaço seguro para os guardas de segurança do complexo (blindados); um portão (SAS) que permite a identificação do pessoal de acesso; uma área controlada para acesso rodoviário e sistemas para impedir a passagem de veículos.

© Jose Hevia
© Jose Hevia

O objetivo do projeto é combinar a necessidade de segurança com a vida cotidiana de um complexo escolar com mais de 2.000 alunos e a estética de uma arquitetura de pavilhões e jardins. O foco do projeto é o acesso à escola, a recepção, o ponto de boas-vindas, por isso deve ser um local acolhedor e amigável. Neste projeto, o espaço de segurança impenetrável foi integrado a um ambiente aberto sem se tornar uma barreira física e visual difícil. Tanto os novos edifícios quanto as áreas adjacentes dialogam entre si com uma materialidade marcada por madeira, pedra e vegetação e se integram organicamente ao ambiente existente. O ponto de partida foi criar os pavilhões de acesso através de um núcleo reforçado por painéis de aço, concreto e vidro blindado. Essa estrutura está localizada em um plano de alto acesso em relação à praça interna existente, razão pela qual existem várias rampas e escadas que conectam os níveis. Todo o complexo é coberto por painéis de madeira, onde são colocados o isolamento e a impermeabilização. O acabamento consiste em um revestimento natural de madeira de ripas em pinho natural. A área de acesso da escola está localizada nos jardins lineares ao longo da Rua Bosch i Gimpera. A vontade era preservar ao máximo o ambiente e o espaço arborizado existente. Outro ponto importante do projeto foi o cumprimento das rigorosas medidas de segurança impostas e, por sua vez, integrar-se organicamente ao seu próprio ambiente.

© Jose Hevia
© Jose Hevia
Axonométrica
Axonométrica
© Jose Hevia
© Jose Hevia

Adjacente aos pavilhões de acesso, são criados novos espaços urbanizados, como bancos, muros de arrimo e uma área elevada como teatro ao ar livre. Os muros de contenção em gabião ziguezagueiam para formar escadas e rampas, bancos externos e espaço para teatro ao ar livre. Uma pérgola grande de metal termina o espaço da plataforma e serve para apoiar os elementos técnicos da luz e do som. Os pavimentos exteriores foram completamente renovados para criar áreas de travessia de pedestres marcadas por um caminho de pedra iluminado através da superfície geral do concreto impresso. Os detalhes cuidadosos na definição da arquitetura da paisagem, o plantio de novas espécies de arbustos, a atenção às árvores existentes e o redesenho dos jardins também foram essenciais para criar uma atmosfera natural e acolhedora. Em relação às fachadas exteriores, no lado público do projeto, é criado um fechamento que se integra às fachadas dos pavilhões. Trata-se de uma cerca com acabamento em ripas de madeira vertical (semelhante aos pavilhões). Os acessos para pessoas e veículos são assim integrados a uma linha da fachada externa que é quebrada para permitir espaços de acesso seguros e protegidos. Todo o tratamento da fachada é cuidadosamente projetado para preservar a privacidade das instalações.

© Jose Hevia
© Jose Hevia
Axonométrica
Axonométrica
© Jose Hevia
© Jose Hevia

Galeria do Projeto

Ver tudoMostrar menos

Localização do Projeto

Endereço:Barcelona, Provincia de Barcelona, Espanha

Clique para abrir o mapa
Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato.
Sobre este escritório
Cita: "Acesso ao Liceu Francês em Barcelona / COMA Arquitectura" [Acceso Liceo Francés / COMA Arquitectura] 30 Jul 2020. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/944713/acesso-ao-liceu-frances-em-barcelona-coma-arquitectura> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.