Pavilhão Safezone / Shma Company Limited

Pavilhão Safezone / Shma Company Limited

© Napon Jaturapuchapornpong© Napon Jaturapuchapornpong© Napon Jaturapuchapornpong© Napon Jaturapuchapornpong+ 26

  • Área Área deste projeto de arquitetura Área:  150
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano:  2020
  • Fotógrafo Fotografias:  Napon Jaturapuchapornpong
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes: AutoDesk, Benetech Product Co.,Ltd, D63, L&E, MJ GARDENS, Sapaengineer Company Limited
  • Equipe De Projeto:Yossapon Boonsom, Katavet Sittikit, Phat Chapanon, Thita Cherdkiadtikul, Rattapong Luangpiansamut, Chisanucha Ravinantapreecha, Nattapreeya Worawicharwong, Montrakarn Poonsang, Suphannipha Khamma, Montree Sommut, Onkamon Nilanon
  • Clientes:Creative Economy Agency (CEA)
  • Engenharia :D63
  • Paisagismo:Shma Company Limited
  • Consultoria:Asst. Prof. Dr.Prapat Pongkiatkul, Head of the Department of Environmental Engineering, Faculty of Engineering, King Mongkut’s University of Technology Thonburi
  • Execução Paisagismo:M.J. Gardens Company Limited
  • Acústica:VWW
  • Apoio Iluminação:Lighting & Equipment
  • Apoio Execução Paisagismo:Public Park Division, Department of Environment, BMA
  • Cidade:Khet Bang Rak
Mais informaçõesMenos informações
© Napon Jaturapuchapornpong
© Napon Jaturapuchapornpong

Descrição enviada pela equipe de projeto. Situado em frente ao Grand Postal Building durante a Bangkok Design Week 2020, este pavilhão é uma intervenção efêmera com o objetivo de purificar o ar e proporcionar conforto para as pessoas, ao mesmo tempo em que aumenta a conscientização sobre a poluição que tem se tornado uma preocupação inerente para muitas sociedades. A cidade Bangkok, de acordo com o Índice Mundial de Qualidade do Ar de 2019, possui 54% do total de dias em um ano em que o material particulado (MP) foi medido acima do nível padrão da OMS, ameaçando mais de um terço dos habitantes.

© Napon Jaturapuchapornpong
© Napon Jaturapuchapornpong
Planta
Planta
© Napon Jaturapuchapornpong
© Napon Jaturapuchapornpong

A cidade também tem enfrentado constantemente o "efeito ilha de calor" causado pela densa ocupação urbana e falta de espaços verdes. No entanto, como Bangkok foi selecionada pela UNESCO Creative Cities Network como "cidade criativa do design", esta era uma boa oportunidade para criar um espaço experimental a fim melhorar a qualidade da cidade e alcançar o objetivo de desenvolvimento sustentável Nº 11 da Organização das Nações Unidas (ONU). Inspirado em uma "nuvem", o pavilhão foi projetado em uma forma orgânica futurista, retratando uma atmosfera limpa e refrescante, ao mesmo tempo em que forma um agradável microclima, dialogando com vegetação e tecnologia.

© Napon Jaturapuchapornpong
© Napon Jaturapuchapornpong

A qualidade do ar é um fator importante para ser cuidadosamente controlado. Neste sentido, a instalação faz com que, primeiro, o ar quente e poluído seja puxado para dentro por um ventilador, ali ele passa por uma massa de vegetação que captura as partículas, assim como as plantas que absorvem substâncias tóxicas no solo. Depois disso, o ar pré-filtrado flui através de outro filtro e da placa de resfriamento conseqüentemente, saindo como uma brisa purificada ao final. Como proporcionar conforto térmico também é outra circunstância importante, várias técnicas são adotadas para manter a temperatura no interior do pavilhão em torno de 22-29 graus Celsius, adequada ao clima tropical da Tailândia.

© Napon Jaturapuchapornpong
© Napon Jaturapuchapornpong
Corte 01
Corte 01
© Napon Jaturapuchapornpong
© Napon Jaturapuchapornpong

Elas incluem o uso de ventiladores para liberar calor e criar fluxo de ar, placas de Nylon fixadas ao redor da estrutura para obter uma luz interior com efeito difuso e esfumaçado - agradável para nossos olhos, e utilização de um umidificador para manter o nível de umidade entre 50-70%. Além disso, aromas naturais das plantas e música experimental - composta por sons da natureza (brisa, água, pássaros) - são empregados para proporcionar uma experiência relaxante enquanto se caminha por dentro do pavilhão. Todos esses métodos inventivos poderiam ser aplicados para resolver a poluição do ar em outros tipos de projetos.

© Napon Jaturapuchapornpong
© Napon Jaturapuchapornpong

A nível individual, um celular pessoal equipado com um filtro de ar portátil poderia ser fabricado. Visando uma escala urbana, pontos de ônibus, espaços recreativos sob vias expressas e calçadas também têm potencial para serem revitalizados com tais sistemas de purificação. No final, mesmo os arranha-céus podem se tornar antiquados quando uma torre purificadora de ar pode ser construída no lugar. Concluindo, este pavilhão pode ser visto como um ponto de partida para obter tais benefícios vindos das espécies naturais e do avanço tecnológico, a fim de revitalizar Bangkok criando uma cidade sustentável, na qual todo habitante possa respirar fundo.

Galeria do Projeto

Ver tudoMostrar menos

Localização do Projeto

Endereço:2 Charoen Krung Rd, Khwaeng Bang Rak, Khet Bang Rak, Krung Thep Maha Nakhon 10500, Tailândia

Clique para abrir o mapa
Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato.
Sobre este escritório
Cita: "Pavilhão Safezone / Shma Company Limited" [Safezone Shelter / Shma Company Limited] 26 Mai 2020. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/940347/pavilhao-safezone-shma-company-limited> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.