Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos

Residência Baraka / PAD10 Architects

Residência Baraka / PAD10 Architects

© João Morgado Architectural Photography © João Morgado Architectural Photography © João Morgado Architectural Photography © João Morgado Architectural Photography + 22

Al Ad'ami, Kuwait
  • Arquitetos: PAD10 Architects
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área:  3874
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano:  2019
  • Fotógrafo Fotografias:  João Morgado Architectural Photography
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes: Lutron Brasil, Adobe, Archicad, BFT, Brodex UK, EDFAN, EnGenius, Faraone, Focus, Forbes & Lomax, Hormann, KEIM, Kalamazoo Outdoor Gourmet, Kourasanit, MOEDING, Metalfire, OLIVARI, SSS Siedle, Samsung-Wisenet, Triad +2
  • Arquiteto Responsável: Naji Moujaes
  • Equipe De Projeto: PAD10 Architects, Peter Cleven, Mohammad Nizamuddin, Raymund Yadao, Yousef Nizami
  • Arquitetos Paisagistas: PAD10 Architects + Designers
  • Engenharia Mecânica, Elétrica E Hidráulica: Nadim Soueidy
  • Engenharia Estrutural: Vladimir Bauer, MBCo, Ahmad El Safory
  • Construtora Geral: Back Combined Company
Mais informações Menos informações
© João Morgado Architectural Photography
© João Morgado Architectural Photography

Descrição enviada pela equipe de projeto. Abordados pelo cliente que nos apresentou um antigo celeiro, nós decidimos exaltar essa estrutura em vez de suprimi-la, elevando-a de seu local original, enquanto tratamos todos os outros elementos como não arquitetônicos; submergindo-os na paisagem. Elevar o celeiro (agora, casa da família) maximiza suas vistas sem bloqueá-lo em relação às estruturas na parte posterior do terreno relativamente profundo.

© João Morgado Architectural Photography
© João Morgado Architectural Photography
Planta
Planta
© João Morgado Architectural Photography
© João Morgado Architectural Photography
© João Morgado Architectural Photography
© João Morgado Architectural Photography

O celeiro elevado, entre o núcleo de serviços de um lado e a paisagem elevada do outro, fornece uma passagem transparente e uma subterrânea que conectam duas paisagens; o jardim central e a praia de areia / piscina. A porta do celeiro desliza ao longo do térreo para recuperar a privacidade do diwaniya oposto (área de recepção), entre as salas de estar e de entrada/saída. A cozinha está centralizada entre a sala de jantar, que se abre para a vista em direção ao mar, e o deck para churrascos ao ar livre no jardim central. As áreas de apoio (cozinha, banheiro de hóspedes e adega) estão abaixo dos outros lugares de serviço (quarto para funcionários domésticos, lavanderia) no mezanino oculto abaixo das áreas familiares do primeiro pavimento (salas de estar, salas de jogos, suíte master e banheiros para crianças).

© João Morgado Architectural Photography
© João Morgado Architectural Photography

O acesso ao pavimento superior é feito por meio de uma escada de serviço lateral e uma escada central oculta dentro de uma biblioteca, separando a sala de estar da sala de TV. A 'casa de hóspedes', cunhada entre duas paisagens, está conectada aos outros ambientes em vários níveis: os cômodos gerais (sala de estar, sala de jantar, cozinha aberta e biblioteca com sua própria fachada) pelo térreo, os dormitórios (suíte master, três suítes, quartos de hóspedes, área de estar e despensa) - por meio de um pátio ao lado do quartos de hóspedes - no primeiro andar, e o estúdio por meio de um jardim na cobertura. A sobreposição geométrica entre as duas estruturas (área de hóspedes e celeiro) é uma interpretação direta de uma programática frequentemente necessária; conectando a área de hospedagem à sala de jogos das crianças no celeiro. Isso é alcançado por meio de um 'corredor secreto', incorporado na biblioteca, revestido de madeira que serpenteia as duas estruturas.

© João Morgado Architectural Photography
© João Morgado Architectural Photography
Cortes
Cortes
© João Morgado Architectural Photography
© João Morgado Architectural Photography

O diwaniya é uma área de encontro, geralmente para o pai, para hospedar e divertir seus amigos. O térreo tem um salão principal, aberto em 3 lados da paisagem que serve como entrada separada. A lateral voltada aos espaços de serviço tem os aposentos para os casais, a cozinha, o banheiro de hóspedes e a academia. O primeiro pavimento abriga os dormitórios; uma suíte master e outras quatro suítes. O subsolo do estacionamento, com 20m de extensão e 4m de altura, é adequado para carros e barcos. Por uma rampa, o subsolo também é acessado diretamente de dentro da área de hóspedes, diwaniya e jardim central. Além do estacionamento, este espaço abriga áreas técnicas, salas de estar dos funcionários e home theater.

© João Morgado Architectural Photography
© João Morgado Architectural Photography

Galeria do Projeto

Ver tudo Mostrar menos
Sobre este escritório
Cita: "Residência Baraka / PAD10 Architects" [Baraka Seaside Residence / PAD10 Architects] 08 Abr 2020. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/937157/residencia-baraka-pad10-architects> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.