The Financial Park Offices / Helen & Hard + SAAHA

The Financial Park Offices / Helen & Hard + SAAHA

© Sindre Ellingsen © Sindre Ellingsen © Sindre Ellingsen © Sindre Ellingsen + 90

  • Arquitetos: Helen & Hard, SAAHA
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área:  22500
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano:  2019
  • Fotógrafo Fotografias:  Sindre Ellingsen, Jan Inge Haga
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes: Hunter Douglas, Faber Bygg AS / Moelven Limtre AS, GRAPHISOFT, HESS TIMBER, Hege Tapio, i/o/lab Senter for fremtidskunst, Joachim Sauter, Kontorkompaniet, Makustik, McNeel, Moelven, Moelven Modus, Moelven Modus AS, Okalux, Pollmeier, Q-railing, Schiico, Schuco, Senab Eikland, Treprosjekt, Zublin Timber
  • Equipe Helen & Hard Design: Siv Helene Stangeland, Reinhard Kropf, Peter Feltendal, Njål Undheim, Guillermo Ramirez, Mariana Calvete and Håvard Auklend.
  • Equipe Saaha Design: Thor Olav Solbjør, Adnan Harambasic, Aasmund Vinje, Zsuzsanna Tolnai, Florian Müller
  • Clientes: Sparebank 1, SR-Bank
  • Engenharia: Creation Holz; Hermann Blümer.
  • Paisagismo: Asplan Viak
  • Consultores: RIB concreat:
  • Mobiliário: IARK
  • Engenharia De Estruturas: Degree of Freedom together with Creation Holz
  • Riv Og Rie: DNF
  • Ri Aku: Sinus
  • Ri Geo Og Ri Miljø: Multiconsult
  • Ri Br: Cowi
  • Ri Energi: Erichsen & Horgen
  • Lca/Lcc: Niras
Mais informações Menos informações
© Sindre Ellingsen
© Sindre Ellingsen

Descrição enviada pela equipe de projeto. Concebido em parceria pelos escritórios noruegueses Helen & Hard e SAAHA, o Financial Park Offices de Stavanger acaba se ser inaugurado como a nova sede do SR-Bank na Noruega. Como uma das principais instituições financeiras da Escandinávia e um dos maiores bancos do país, o SpareBank passará a usufruir de uma localização privilegiada em meio ao novo parque financeiro e cultural do centro de Stavanger. Além disso, a inovadora sede administrativa do banco foi construída inteiramente em estrutura mista de madeira, passando a ser reconhecida como uma das maiores estruturas deste tipo na Europa. A nova sede do SpareBank desafia as tradicionais normativas de uma instituição financeira, questionando a noção de uma entidade segura e protegida em detrimento de uma atitude mais aberta e transparente. Somando-se a isso, com mais de 13 mil metros quadrados, a estrutura de sete pavimentos do banco representa um avanço enorme em direção à promoção dos sistemas construtivos e da industria da construção em madeira no país e no mundo, servindo de exemplo para o desenvolvimento de outros projetos similares no futuro.

© Sindre Ellingsen
© Sindre Ellingsen
© Sindre Ellingsen
© Sindre Ellingsen

Perfeitamente inserido em seu contexto específico, o Financial Park de Bjergsted procura construir relações diretas e entre o edifício e seus arredores. Implantado ao longo de uma rua em declive, o edifício se desenvolve gradualmente em altura até a esquina principal aonde faz frente a uma pequena praça que serve de elemento de conexão com o parque urbano oposto do outro lado da avenida principal. Em suas laterais, o térreo recuado da rua cria um espaço protegido sob o volume principal do edifício que se projeta sobre a calcada, integrando ainda um ponto de ônibus. No ponto mais alto do terreno, o edifício parte de um volume mínimo de três pavimentos até atingir sete pavimentos no lado oposto, marcando sua presença em frente ao parque e redefinindo a volumetria da esquina em um contexto urbano mais amplo. Com o corpo do edifício disposto ao longo das duas ruas secundárias, um pátio central foi criado no lado oposto deste terreno de forma triangular, permitindo organizar os espaços do edifício em torno de um átrio aberto que permite uma melhor iluminação e ventilação natural do edifício como um todo. Entre este espaço interior descontraído e os espaços de trabalhado de frente para a rua, foram implantados uma série de espaços informais de encontro que funcionam como um elemento de transição entre o espaço público e o ambiente de trabalho. Exteriormente, elementos translúcidos de proteção solar nas fachadas acentuam a aguda forma triangular do volume do edifício. Em contraste, do lado de dentro, o átrio e os espaços de circulação foram concebidos com formas orgânicas, acentuando a expressividade da estrutura de madeira que culmina em uma escultural escada aberta no vértice do edifício.

© Sindre Ellingsen
© Sindre Ellingsen
Planta - térreo
Planta - térreo
Courtesy of Helen & Hard
Courtesy of Helen & Hard

Desde o início, estávamos conscientes de que queríamos desenhar este projeto em estrutura de madeira, não apenas por ser uma solução construtiva sustentável, mas principalmente por seus efeitos positivos sobre os usuários; por suas qualidades espaciais e porque acreditamos que a madeira representa o futuro da arquitetura dos edifícios de escritórios. O apelo sustentável desta solução construtiva também serviu como um importante argumento para pleitearmos a certificação BREEAM-NOR. A vida útil de um edifício hoje depende diretamente da flexibilidade de seus espaços. Por isso concebemos uma organização que segue a grade estrutural do edifício, modulada a cada 5,4 metros. Nossa principal intenção com este projeto era criar uma experiência espacial, tectônica e estética única. Para alcançarmos este objetivo, contamos com a colaboração do escritório de engenharia suíço “Creation Holz”, liderado pelo engenheiro chefe Hermann Blümer, e da equipe de engenharia norueguesa do “Degree of freedom”. O apoio desta equipe de especialistas foi fundamental para o sucesso deste projeto. A principal característica da estrutura de madeira do edifício são suas formas orgânicas que proporcionam uma sensação de continuidade e fluidez, além das juntas de dilação aparentes executadas com cavilhas de madeira de faia. A estrutura global de madeira é reforçada pelas quatro escadas que fazem a amarração dos diferentes pavimentos, além de uma viga de borda contínua que percorre toda a extensão das fachadas em cada pavimento. As colunas e vigas do térreo foram executadas em madeira laminada colada para permitir o balaço que se transforma em beiral no nível da rua. O restante da estrutura foi completamente pré-fabricada em CLT de madeira de abeto. O elemento focal, no vértice da planta triangular do edifício, é a escada escultural do térreo suspensa por duas vigas monumentais que permitem vencer um vão de cinco metros. A grande variedade de madeiras utilizadas na estrutura do edifício, suas cores, tons e texturas, permitiram construir um espaço com características únicas e qualidades espaciais incomparáveis.

© Sindre Ellingsen
© Sindre Ellingsen
© Sindre Ellingsen
© Sindre Ellingsen

Galeria do Projeto

Ver tudo Mostrar menos

Localização do Projeto

Endereço: Bjerksted, Noruega

Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato.
Sobre este escritório
Escritório
Cita: "The Financial Park Offices / Helen & Hard + SAAHA" [The Financial Park Offices / Helen & Hard + SAAHA] 23 Mar 2020. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/935949/the-financial-park-offices-helen-and-hard-plus-saaha> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.